Entrevista com a Bruxa Malvada sobre Jogos de Futebol

Nesse programa nós entrevistamos a Tanniah, mais conhecida como Bruxa Malvada.

O tema foi jogos de futebol, mas infelizmente a internet cortou depois de meia hora.

Depois da entrevista eu dou alguns comentários explicativos.

 

Posted in podcast Tagged with: , , , , ,

4 a 7 de setembro eletiva semanal

Posted in eletiva, semanal

Astrologia de Setembro 2017

 

A primeira metade do mês a lua está no hemisfério ocidental, dando ênfase à dança entre vênus, mercúrio e marte.

Na primeira semana temos mercúrio retrógrado parado nos céus indo para movimento direto. O mensageiro escolheu parar bem em Regulus, estrela de poder, honra, guerra e realeza, junto a Marte. Os dois criam uma temática de mistérios e mentiras, injustiças, espiões e conluios secretos.

No centro do império, Trump está duplamente cercado por mercúrio, seja pelas bobagens que solta diariamente e que pararam de encontrar ouvidos ocos, e também com a questão da espionagem que supostamente aconteceu.

O que quer que aconteça nessa área vai dar seus reflexos no dia 16, quando mercúrio já direto alcançar a marte, repassando a mensagem que ele recebeu do próprio, seja segredos, mentiras ou conflitos, o que ele passou provavelmente ficará mais claro ou terá suas consequências. Já estarão se afastando de Regulus e indo para zosma, e a narrativa muda para orgulho tolo, inflexibilidade, e ter que curvar-se sobre o peso da própria arrogância.

Enquanto isso, vênus vai passar por Regulus também no dia 20. Aqui temos uma imagem do Rei recebendo apoio ou presentes. Fique atento para reformas Temerárias na metade do mês, pois provavelmente passarão.

Na última terceira parte do mês, temos a lua nova aparecendo junto a Júpiter, mostrando um período no geral mais positivo ou otimista. Júpiter está com a estrela Spica, considerada a mais benéfica dos céus, com imagem de fertilidade, justiça, prosperidade e bondade.

Terminando o mês, temos mercúrio com Denébola, com uma narrativa bem mais perigosa de fracasso e desgraças. Mas a lua dá ênfase para Saturno ainda perto da cauda do escorpião.

Não é muito difícil entender a causa do escorpião como sendo a arma poderosa de veneno, corrupção e maldade. Enquanto o Rei Saturno estiver aí, todo tipo de verme tende a se revolcar.

 

 

Posted in astrology, Filosofia e Crítica

semana de 28 agosto a 3 de setembro 2017 – astrologia eletiva

Posted in eletiva

Agosto mês de desgosto versão 2017

Os eventos mais importantes do mês para nós mortais serão os eclipses… a dica principal é eletiva – não deixe as coisas importantes para fazer antes dos eclipses (dia 7 e dia 21 de agosto 2017). Como eles caem na segunda-feira, ajuda um pouco…evite o final de semana anterior e o dia do eclipse.

Então evite os dias 5 a 7 de agosto e também evite os dias 18 a 22 para o eclipse solar.

*O que significa “coisas importantes”? Coisas que mudam a vida e duram muito tempo como casar, assinar o contrato de um imóvel, comprar um carro, se mudar de casa ou país.

Outras coisas tente evitar caso seja a primeira vez… – eu por exemplo, vou viajar para o Brasil no dia 6 de agosto. O avião não vai explodir por isso, mas eu já vou mais cedo e esperando atrasos. Mas por exemplo um novo curso sobre retornos solares ou direções secundárias eu vou adiar para Setembro, justamente por ser um projeto novo.

Panorama de Agosto

Primeira parte de agosto foi marcada pela votação do Temer que ficou livre, leve e solto. Também demonstrou que liberando verbas ele pode conseguir o que quiser até 2018, desde anular eleições a mudar a constituição quantas vezes quiser. Durante o julgamento, a lua estava marcando Saturno, que está atualmente na cauda do escorpião.

Saturno representando os reis e os líderes, o poder e a ordem, mostra um poder corrupto, cheio de veneno. Nos EUA o tema foi mais de traição, outro tema do escorpião (ver a história do escorpião e do sapo), quando Trump brincou de trair seus assessores, despedindo um deles depois de 10 dias, virando piada nacional.

O primeiro eclipse acontece no dia 7 de agosto, mas não afeta o Brasil diretamente. Além do eclipse ser apenas parcial, ele não será visível, acontecendo no meio do dia. A lua cheia será entre as estrelas do rabo do capricórnio, dando temas como escapar de perigos, naval, mar e ondas. A mansão lunar do eclipse tem a temática de escondido.

Já pra terceira semana do mês temos marte saindo dos raios do sol e ficando visível nos céus matinais. Depois das últimas semanas com marte escondido, tramando e fazendo acordos, ele renasce e com o passar das semanas vai ficando cada vez mais brilhante. Estando no hemisfério oriental acompanhado apenas por vênus, demonstra um período em que o demônio da astrologia babilônica Nergau está descontrolado e poderoso, pois não tem o controle do “poder” – júpiter e saturno.

No dia 13 também temos mercúrio ficando retrógrado… ele dança um pouco no lugar, perto das costas do leão e vai para os raios do sol, onde só saíra, no papel de mensageiro. Nas costas do leão o jornalista está preocupado com temas de orgulho e teimosia. Que mensagem ele leva? Não sabemos, mas ele se unirá a marte no começo de setembro, exatamente no ponto onde ficará direto, dando mensagens de corrupção e violência.

Logo depois na semana, a lua ilumina os temas de vênus, que está preocupada com dualidade. Talvez casos amorosos e traições?

Dia 21 começa a semana com um eclipse solar total. Ele não é visível no Brasil, mas eclipses totais costumam ter efeitos notórios, mas é necessário ver que aspectos ele faz com as cartas. O eclipse solar vai pegar o DSC da posse de Temer.

A popularidade do eclipse é porque passará por todo o território americano, principalmente porque o eclipse cai no ASC de Trump. Há todo tipo de teoria sobre isso, mas estou com preguiça de entrar na onda também.

Finalmente o final do mês será mais esperançoso com a lua iluminando (mesmo que fracamente) a júpiter perto da estrela de spica, considerada a mais benéfica dos céus.

 

Posted in astrology, Eventos e política

O quanto muda o ingresso solar entre dois países?

Cartas mundanas

As chamadas cartas mundanas são usadas para a previsão no nível mundano ou mundial: as cartas de lunações e entrada do sol em áries (e às vezes em outros signos) são as cartas mais usadas pelos antigos seguindo a linha de Ptolomeu, que por sua vez tinha fontes desconhecidas, mas que de alguma forma também chegaram à Índia.

Essas cartas são usadas para prever o período que virá para o país, tendo como convenção usar a capital do país para criar uma carta do momento exato.

Um dos problemas básicos com esse tipo de carta é que as pessoas querem tirar conclusões sem saber o básico, as limitações astronômicas.

Vamos então hoje tratar de alguns desses básicos.

O quanto que as cartas mudam de um país para outro?

O MC não deve mudar para países que basicamente seguem um meridiano (Por exemplo Chile, Equador, Peru, Colômbia. estão todos mais ou menos na mesma linha meridiana. Já o Ascendente é menos confiável, mas ele muda principalmente nos movimentos para leste e oeste. É necessário, geralmente, mudar dois fusos horários para leste ou oeste para mudar um ascendente completamente. Exemplo – se o ascendente na nossa localidade for em áries, se movimentar 2 fusos horários para o leste vai dar um ascendente (para o mesmo momento) em touro, se movimentar dois fusos horários para oeste vai dar algo em peixes. Isso, obviamente, tudo aproximado, para melhor entendimento.

Países como Estados Unidos, Rússia, Alemanha têm mapas muito diferentes entre si… mas o quão eles são parecidos com outros mapas que não nos demos ao trabalho de levantar?

Exemplo de alguns mapas na América Latina

Como dito antes, planetas que mais ou menos seguem a linha de longitude vão ter aproximadamente mesmo MC e ASC, como exemplo das variações, vamos pegar a entrada do sol em Câncer para 2017. Portanto, todas essas cartas são do mesmo momento, com sol a 0 grau câncer, mas em localidades diferentes.

PaísASCMC
Bogotá, Colômbia20 peixes22 sagitário
Quito, Equador16 peixes18 sagitário
Lima, Peru18 peixes19 sagitário
Brasilia, Brasil17 aries16 capricórnio

Na tabela acima vemos que para os países que seguem basicamente uma longitude de 70º a 80º oeste, temos ASC e MC quase idênticos. Como o Brasil está cerca de 2 fusos horários para o leste, o ASC vai de peixes para áries.

Exemplo de alguns países da Europa

Os países da Europa são geralmente importantes na macropolítica mundial, mas são muito pequenos. A variação em ascendentes vai ser no geral um pouco mais pronunciada do que a que vimos nos países da parte oeste da América do Sul, já que a Europa se estende mais no eixo leste-oeste.

PaísASCMC
Lisboa/Portugal17 gêmeos24 aquário
Paris/França6 câncer6 peixes
Londres/Inglaterra7 câncer3 peixes
Berlim/Alemanha19 câncer18 peixes

Note como a medida que vamos para o leste, o ascendente e o MC vão avançando na direção dos signos. Como mencionado acima, a diferença foi maior, mas mesmo assim a distância de apenas um fuso horário raramente causa mudanças drásticas. Se pegarmos a linha de longitude de Greenwich, e ir descendo até a África, o MC não deve mudar muito, e o ASC, como sempre, é menos comportado, mas para muitas regiões deve ser bem regulado.

Moral da história

Não se pode fazer com que funcione uma técnica com a qual a pessoa não tem intimidade sobre cada parafuso e porca. Já vi pessoas comentando coisas como “ah, a lua não deve ser muito diferente mudando o país” mostrando que mal conhece os fundamentos. Ingressos solares, luas cheias, etc, têm cartas bem parecidas com a de outros países, e a técnica que você vai usar para analisar o ingresso deve levar isso em consideração.

Algumas sugestões de interpretação

Interpretar o mapa apenas em relação ao contexto conhecido – por exemplo, no ingresso de câncer 2017, o Brasil estava prestes a passar pela reforma trabalhista, enquanto outros países com mapas possivelmente semelhantes não. Alguns podem estar tendo eleições, outros reformas constitucionais, etc…

Procurar pontos realmente diferentes – No exemplo para a América Latina, Equador e Peru teriam o ASC nos termos de mercúrio, mas Equador teria um sextil mais próximo a vênus e Peru um sextil exato com a lua do ingresso. Já Colômbia tem o ASC nos termos de marte e o aspecto mais próximo sendo uma quadratura com Saturno.

Estrelas fixas – usando a posição das estrelas fixas, não a posição zodiacal, mas as estrelas próximas aos grandes círculos do horizonte e do meridiano (é fácil usando um programa como o Stellarium), podemos diferenciar um pouco mais cartas muito próximas.

Na imagem acima, que peguei o exemplo de quando escrevo isso, a linha azul é a do meridiano (corta do norte ao sul, passando pelo zenith), e as duas estrelas mais importantes em seu caminho são Vega e a estrela polar, no rabo do ursinho. Também a cauda do escorpião cruza o horizonte. Alguns minutos mais tarde e você teria outras estrelas em destaque.

Uma última possibilidade seria usar os mapas mundanos a partir de mapas de fundação, do mesmo jeito que analisamos retornos solares comparados com mapas natais, mas essa técnica não era usada por Ptolomeu e seguidores, e vem mais da linha indiana – Abu Mashar e tem suas próprias regras, por isso não tratei aqui.

 

Posted in astrology, Eventos e política, Previsao e Técnicas

Lua cheia de 8 Julho 2017

A notícia é boa ou ruim dependendo da pessoa: passamos pela metade do ano.

Abaixo a lua cheia que rege os próximos 15 dias…

Para ter uma visão melhor dos eventos para o país, nós comparamos a lua cheia com o ingresso solar em Câncer.

Estado geral da nação – representado por  marte, que está em queda e indo para combustão com o sol. Ruim.

Passivo agressividade nas redes sociais deve ser o mínimo. Acidentes em áreas de transporte. Polêmicas na imprensa ou sobre comunicação. Temas de agressividade, irmãos, policiais, militares ou falta de moral na mídia. A mídia tende mais ao contra o governo.

Reforma trabalhista ou previdenciária – ainda não sai nos próximos 15 dias com júpiter na casa 6.

Saúde pública – surto de doenças da garganta, faringites, imagino.

Dinheiro – notícias sobre consumo de produtos muito caros, de beleza ou luxo.  Possível aumento de bolsa de valores no período.

Crise política continua em seu caminho, presidente fraco, congresso fraco.

A lua na casa 9 lembra a polêmica com emissão de passaportes. Justiça parada. Eu acredito que saturno em sagitário e júpiter em libra representa Temer colocando na Promotoria sua amiga. Eu tenho dúvidas porque vênus que é representante geral das mulheres, vai se opôr a saturno, mas o trígono com júpiter deve fechar com ela mesmo.

Editado (10/7/2017) – em dúvida, acho que provavelmente estou errado sobre reforma trabalhista. A votação vai ser nessa terça no senado, e a Clélia Romano deu um bom argumento sobre a reforma no ingresso em Câncer. Como o ingresso é superior à uma lunação, então o provável é que saia mesmo, pelo menos em parte.

Posted in astrology

Entrevista com Clélia Romano Podcast

Nesse podcast eu entrevisto a astróloga Clélia Romano sobre o ingresso solar em câncer. A carta do ingresso solar é usada por astrólogos tradicionais para interpretar o período em astrologia mundana (dos países e povos). Falamos um pouco sobre a técnica e algumas coisas pressagiadas na carta para o período dos próximos 3 meses.

A carta do ingresso solar para Brasília (ela usa São Paulo, mas é quase a mesma carta) está abaixo

 

Posted in astrology, Eventos e política Tagged with: ,

Bebendo na fonte – aspectos em Abu Mashar

Abu Mashar em seu livro “abreviação  de uma introdução à astrologia” – tradução de Charles Burnett, tem na página 21, capítulo 3, considerações sobre os tipos de aspectos e configurações que ficaram conhecidas como as 16 configurações. Nós encontramos isso anteriormente em Sahl, e ela também sobreviveu em Tajika, a astrologia persa que foi integrada com a astrologia védica.

Há algumas configurações especiais que a maioria dos astrólogos modernos nunca ouviu falar. Elas demora tempo para se acostumar e são usadas em astrologia horária.

Então para começar algumas regras básicas – Abu Mashar e os outros mencionados obviamente não usavam planetas exteriores, asteróides e bobagens do tipo. Eles não usavam aspectos fora de signo (exemplo  – um planeta em 5 aries não forma trígono com um planeta em 29 câncer). Não tinham sido criados os tais “aspectos menores” como quincúncios e outros.

 

Aspectos são bons e ruins

[34] Empurrar conselho é quando um planeta se aplica a um outro planeta, se é sextil ou trígono, principalmente com recepção, é favorável. Se for por quadratura ou oposição é desfavorável.

(Coloquei 34 na frente porque é a definição mais básica entre aspectos positivos e negativos. Basicamente os aspectos trígono e sextil são melhores. Todo aspecto melhora se tiver recepção).

(note que em 80% dos casos em horária, o resultado será dado por um aspecto. Aspectos por quadratura podem trazer resultados positivos, mas só depois de muito trabalho e frustração. Só em casos especiais você vê uma horária dando resultado positivo por oposição)

 

Definição de recepção – chamado de “empurrar a natureza”

[30] – “empurrar a natureza” (recepção) é quando o planeta A aplica ao planeta B, que é dispositor de A (exemplo: planeta A está em áries e se aplica a marte). O mesmo ocorre quando A está na exaltação de B (exemplo: planeta A está em áries e se aplica ao sol) e também quando A está em duas dignidades menores, como por exemplo nos termos e triplicidade de B, ou triplicidade e decano (exemplo, planeta A está em áries nos termos e triplicidade de Júpiter e se aplica a júpiter).

Quando isso for verdade, se diz que o planeta A empurra a sua natureza para o planeta B. (ou seja, o que conhecemos como recepção, ver Sahl)

(como mencionado acima, qualquer aspecto é melhorado por uma recepção. Exemplo, planeta A é vênus em aquário aspectando saturno em leão por quadratura. A quadratura, que é dificil, é melhorada pela recepção).

 

Levando em consideração a dignidade do planeta que aplica

[31] empurrar poder – é quando o planeta A está em seu signo, exaltação ou em duas dignidades menores e aplica a outro planeta (B)

(Exemplo – sol em leão tem dignidade onde está  e se aplica a B, qualquer que seja planeta e não importa se ele tem dignidades em leão)

(A lógica é que se o planeta A tiver dignidade, por exemplo vênus em peixes – sua exaltação – ela tem poder e portanto jogará esse poder para o planeta B ajudando este a resolver a pergunta de forma positiva)

 

Quando um planeta digno se aplica com recepção

[32] Empurrar duas naturezas – tem dois tipos.

O primeiro tipo é quando o planeta A tem dignidades no signo em que está (exemplo – vênus em peixes está em exaltação) e se aplica ao planeta B, que também tem dignidades no signo em que A está (exemplo – Vênus está em peixes e se aplica a Júpiter).

[33]O segundo tipo é quando um planeta diurno se aplica a um planeta diurno, e os dois estão em um signo diurno, ou o contrário para os planetas noturnos. (Os planetas diurnos são – sol, júpiter e saturno. Os planetas noturnos são lua, vênus e marte. Os signos diurnos são os ímpares – áries, gêmeos, leão, etc, e os signos noturnos são os pares – touro, câncer, virgem, etc.)

(Um exemplo seria então sol em um signo masculino se aplicando a um trígono com júpiter, também em signo masculino – exemplo, sol em libra trígono com júpiter em aquário).

 

(o segundo tipo nunca vi usado ou exemplificado em horárias, mas seria um interessante ponto para pesquisa. Sugiro que não se use cegamente e sim que se coloque para estudos)

(o primeiro tipo é nada mais do que o planeta A sendo recebido por B, e além de tudo também tem dignidades. O fato de terem se dado ao trabalho de dar um nome pra esse caso é pra demonstrar que “duas coisas” estão sendo empurradas – uma a natureza do planeta – benéfico, venusiano, regente da casa 1, etc – e a segunda é o seu poder, dado pela dignidade.

Aspectos a planetas combustos ou retrógrados causam retorno do  tema perguntado de volta ao planeta original

[35] Retorno acontece de duas maneiras:

A primeira é quando o planeta A se aplica ao planeta B que está combusto. Então B retorna o aspecto para A, devido à fraqueza de B.

A segunda [36] é quando o planeta A se aplica ao planeta B, e B está retrógrado. Então B retorna o aspecto para A.

(Note que em 80% dos casos em horária, a pergunta é resolvida por um planeta A mais rápido que se aplica ao planeta B mais lento. B é que resolve o tema para bem ou para mal. No entanto quando o planeta está combusto ou retrógrado, ele está num estado tão miserável que “vomita” tudo de volta para A. É como um soldado fazendo requisição para um general que responde com um “no momento estou ocupado, vocês decidem isso entre vocês”. O resultado positivo ou negativo vai depender da capacidade de A de resolver o tema sozinho).

 

Retornos do aspecto podem ser positivos  para a pergunta

Às vezes o retorno é com melhoramento (ou seja, positivo para nossa pergunta) e às vezes é devolvido com corrupção (ou seja, ruim para o resultado da pergunta). [37 ]Há 3 formas de retornar com melhora:

1 – A primeira forma de melhoramento [38] é se o planeta B está recebendo o planeta A.

2 -A segunda forma de melhoramento [39] é se o planeta A e B estão em casas angulares ou sucedentes.

3 – A terceira forma de melhoramento [40] é se o planeta B está cadente  e o planeta A está em casa angular ou sucedente. Ou seja, se o planeta B retorna o aspecto para A, e A está em uma casa positiva, o tema da pergunta terá um bom resultado depois de um início problemático.

(O primeiro caso é fácil, como dissemos recepção sempre melhora a situação. Então mesmo que o planeta B esteja combusto ou retrógrado, portanto f%¨&*o, ele vai tentar resolver o problema de A como se fosse seu.)

(o segundo e terceiro casos na verdade é apenas um caso. O planeta B deve estar em um casa positiva, de preferência angular. As casas “cadentes” é um pouco difícil de interpretar – podem ser as casas 3,6,9 e 12 OU podem ser as casas que naturalmente são malignas por estarem em aversão com o ascendente – as casas 6, 8 e 12. Eu uso a segunda interpretação. A idéia é que mesmo que B esteja combusto, ele vai devolver o aspecto com melhoramento se ele estiver em uma casa boa).

 

Retornos do aspecto podem ser negativos  para a pergunta

[41] o retorno com corrupção é de duas maneiras:

1 – o primeiro tipo de corrupção é quando o planeta A que se aplica é o que está retrógrado ou combusto e está cadente. O planeta B está angular ou sucedente. Isso faz com que o tema da pergunta dê resultados negativos.

2 – o segundo tipo de corrupção é quando tanto o planeta A quanto o B estão cadentes ou combustos e portanto nenhum deles tem força suficiente para o avanço do tema. Isso indica uma pergunta que não tem início nem fim.

(Se o planeta A estiver também aflito, combusto, retrógrado ou em uma casa negativa, quando o aspecto que ele enviou pra B for retornado, ele será com pioras, e o resultado final da pergunta é negativo.

Leia mais

Posted in Bebendo na fonte

Junho 2017

O Mês de Junho começa com marte se separando definitivamente da oposição com saturno, indo no dia 4 para câncer, sua queda. Não é uma posição favorável para o maléfico. Logo depois vai formar a quadratura com júpiter.

Vênus vai pra touro logo no dia seguinte. Touro é seu domicílio então é uma relação mais favorável. Também põe ao final o ciclo de retrogradação de vênus, que fez com que ela ficasse um tempo anormalmente grande em áries, praticamente desde fevereiro.

Júpiter também acaba seu ciclo de retrogradação em Libra no dia 3 de Junho, quando o sol realiza seu trígono com júpiter. O grande benéfico entrou no grau 13 de libra em 17 de Maio, e estacionou nesse grau até 2 de julho, realmente uma grande espera. Quem tem planetas no grau 13 devem sentir algum efeito, já que o trânsito é tão lento.

O movimento NÂO é bom para Moro. Desde que Júpiter saiu de virgem para Libra eu notei que ele estava muito quietinho, e a dúvida era se durante a retrogradação ele ia voltar. Como isso funcionou como relógio, a interpretação mais lógica é que o movimento direto vai resolver e concluir a tendência que foi primeiro tentada na primeira parte do movimento.

6 de Junho mercúrio entra em gêmeos onde fica até 5 de julho. 8 de Junho há um sextil entre vênus e marte.  No dia 12 mercúrio forma um trígono com Júpiter bem favorável. Dia 14 a oposição com Saturno é maléfica. É um marco geral para mudanças em clima econômico e político do ano. Do ponto de vista econômico, mudanças de clima de austeridade ou pessimismo, o que marca fundos e topos no mercado financeiro. Do ponto de vista político, alianças que se mudam já que saturno passa do hemisfério oriental para o ocidental. 18 de junho mercúrio também segue com sua oposição a saturno.

No final do mês concluimos com marte, sol e mercúrio em câncer. O aspecto  de marte em quadratura com Júpiter  conclui no dia 24/6/2017.

É um aspecto complicado, então vamos dividir em pedaços. Marte em astrologia mundana é o significador de violência, que em queda fica “passivo-agressivo”, preferindo atos de agressão domésticos, covardes, contra vítimas mais fracas, indefesas ou em situações que o culpado não corra riscos.

Esse maléfico joga sua quadratura a Júpiter, um aspecto mostrando a luta entre os dois planetas. Júpiter em libra é a justiça/espiritualidade/ciência que tenta futilmente contentar aos dois lados, ter o maior número de pratos no ar, abraçar o mundo com as pernas, conciliar lados inimigos.

O que complica a situação é que júpiter é obrigado a receber marte que está em sua exaltação (de Júpiter). Isso significa que Júpiter é obrigado a receber a petição de marte de caos, passivo-agressividade e obras de violência ocultas. Marte – júpiter é uma assinatura de militarismo e expansão, a conjunção marte-júpiter marcou a entrada em outubro de 2015 da Rússia no conflito da Síria, tirando o controle da situação de Obama e criando sua própria “aliança” com egito, turquia e outros países. Minha hipótese é que essa aliança vai bater chifres com Trump.

 

 

 

Acima a lua nova para o período a partir de 25 de Maio que vai até o final do mês de Junho, feita para Brasília. Essa carta ativa a oitava casa do ingresso solar em áries, uma indicação negativa, que traz finais, mortes, acidentes e conflitos, queda de comércio ou problemas com instituições financeiras.

Saturno na 2 e júpiter na 12 mostram outro mês de queda e dificuldade financeira.

Júpiter na 12 é difícil para o judiciário ou pode ser ataque às instituições de ensino superior.

Marte dando suas voltas pela 8 prometem acidentes ou morte de uma mulher importante, ou traz a tona o tema de maltrato às mulheres.

Saturno em oposição a marte traz uma esperança de nos livrarmos de Voldemort.

 

 

Posted in astrology, Eventos e política

Aprenda mais astrologia

Veja o que perdeu

%d bloggers like this: