Depois da vitória esmagadora de Boris Johnson, o primeiro ministro finalmente conseguiu maioria para fazer o brexit instantâneo – então os países britânicos saíram oficialmente no dia 31 de janeiro de 2020, e a transição dura até o final do ano, mas já está valendo. O mapa está abaixo, às 23 horas para Londres.

Brexit oficialmente ás 23h de 31 de janeiro 2020

Pontos da carta – nenhuma carta eletiva deve ser lida sem uma carta que a enraize. Mas toda carta eletiva tem pontos gerais, entre eles o mais importante é a lua. A lua está crítica, em 29 áries. Seus últimos aspectos foram um sextil a mercúrio e uma quadratura a saturno. Agora ela muda de dignidade para touro e formará um sextil ao sol e um trígono a Júpiter – aspectos positivos.

Depois temos os planetas angulares ou de outras maneiras fortalecidos. Note que a lua é o único planeta acima do horizonte e recebe destaque em seus significados acidentais e naturais (mulheres, povo, mudança, irracionalidade, romantismo, maternidade, etc, etc). Temos saturno marcado (tradição, atraso, devagar, obstáculos, inverno, carência, solidão, escuridão, pragmatismo, medo), atravessando o IC (terra, do país, finais, edifícios, construção, partido da oposição). Os benéficos estão fracos, cadentes (e júpiter com o nodo sul – a queda não é importante em eletiva) – geralmente queremos benéficos angulares e maléficos cadentes.

No geral, a posição predominante de saturno na 4 mostra a vitória de tradicionalismo, fronteiras e muralhas em um processo de separação.

A posição do senhor do ascendente na 6 das doenças, inimigos, problemas em geral pode ser vista como a queda de status de parte da população – imigrantes europeus que não sabem como será sua residência na GB e ao mesmo tempo os britânicos perdem o poder de viajar e se estabelecer onde quiserem (na época antiga a casa 6 – e em certo ponto todas as cadentes – falavam de exílio, morar fora de sua terra, sem status ou propriedades, escravidão).

Posse de boris Johnson como primeiro ministro

Acima temos o mapa da posse de Boris, e ele serve como base, fundação ou “raiz” para as ações do Brexit. O mapa de Bóris também serviria, mas como Brexit foi uma ação multigovernantes, acho que assim é mais correto.

Brexit ativa com o ASC a casa 12 da Posse: acordos secretos, inimigos, maleficência, mas também separação e “estrangeiro”, uma boa imagem da separação da União Européia.

Os bancos vão começar a sair da Inglaterra? Marte de Brexit transita sobre Júpiter na casa 2 da Posse – há um efeito destruidor sobre as finanças populares e do país, já que marte é maléfico. É difícil saber o resultado real disso – por um lado há instituições financeiras que financiaram o Brexit porque queriam manter um status de quase paraíso fiscal, mas para outras, sair da Europa faz com que Hamburgo fique muito mais atraente.

Como fica o status dos imigrantes europeus/emigrantes britânicos? Saturno Brexit transita oposição a Vênus-mercúrio na 9 (posse). Os dois têm uma assinatura de artes, escrita e teatro, mas no contexto a interpretação mais simples são relações de direito, comerciais e de relacionamento social com a UE sofrendo um forte impacto. Interpreto como o parlamento querendo complicar a vida dos cidadãos da UE (ano passado uma primeira tentativa foi rejeitada logo por quem, pela câmara dos lordes, por ser xenofóbica…)

Resumo

Na carta do Brexit temos o Senhor do ascendente na 6a, mostrando a preocupação com estrangeiros, pobres e saúde (NHS). Saturno forte e angular no mapa mostra o movimento conservador, restritor ou criador de fronteiras. A lua passando para sua dignidade pode mostrar melhoras (pelo menos a indecisão passou) mas poder sendo transferido para o Primeiro Ministro. No longo prazo, o marte de Brexit ativando Júpiter na 2 da posse indica dificuldades financeiras (possivelmente a fuga de certas organizações, como as financeiras, que tinham status privilegiado em Londres e ao mesmo tempo podiam fazer comércio com a Europa. Saturno (conservatismo) do Brexit ataca a Vênus da posse, que representa o comércio e relações com outros países, que também serão afetados logo que o período de 1 ano passar (A Grã Bretanha não têm praticamente nenhum acordo internacional que não faça parte dos acordos europeus, e nesses três anos de Brexit tampouco se empenhou em criá-los).

Dia 5 de fevereiro começou oficialmente o ano do Rato para a astrologia chinesa – BaZi ou oito pilares. Para dar um gosto, vou analisar a carta de Bolsonaro usando o método acima.

O Senhor da carta é Yin metal -Xin, na coluna do dia, superior. A descrição geral do metal Yin no estilo horóscopo é

“adora atenção, gosta de estar em foco, ou então faz uma cena. Geralmente parecem rudes e difíceis, mas com prática podem ser facilmente persuadidos, mas geralmente com sutiileza. Valorizam relacionamentos e são sentimentais, mas sua tendência de roubar o show pode ser irritante. Gostam muito de aparências e isso pode ser um problema”

Joey Yap Destiny Code Revealed pag 37

O primeiro passo é determinar se o senhor é forte ou fraco (isso não é o mesmo que bom ou ruim – serve para escolher os elementos favoráveis). Apenas 3 elementos de terra na carta ajudam o metal, e a estação do Coelho é de primavera, que enfraquece o metal, que é outonal. A carta é fraca e portanto os elementos favoráveis são terra e metal.

Pilares da década e do ano do Rato

O Pilar dos 10 anos é Água yin (névoa) celestial e o Galo (metal de outono) no ramo. O galo é metal e ajudou Bolsonaro entre 2015 e 2020, não apenas por ser metal, mas por combinar com a Serpente no pilar do dia e criar ainda mais metal. O período no geral é fortuito.

2018

Ano de Montanha (yang terra) e Cachorro (terra outonal). As duas terras são bem propícias para Bolsonaro e dão força para o Senhor fraco. O Cachorro combina com o coelho da carta para gerar fogo. Fogo normalmente é ruim para uma Senhor metal fraco, mas lembre que o ano é favorável. Fogo para metal é o elemento de poder.

2019

Vamos explorar filhos, já que notoriamente Bolsonaro tem problemas com eles. Para um homem de Metal são representados por Fogo. Não há fogo na parte superior, mas há fogo escondido no Goat (cabra) e na serpente. A casa da HORA também representa filhos.

Em 2019, ano terra yin (celeste) e Porco (terrestre), a combinação entre a cabra na casa dos filhos e o porco cria o elemento madeira, ruim para bolsonaro. Além disso, faz uma colisão com a Serpente, retirando apoio no pilar do DIA.

Clashes ou colisões entre os ramos terrestres

Os dois ataques contra a carta explicam o ano ruim e a casa da HORA ajuda a especificar para filhos

2020

O ano de 2020 é de metal yang (armas) e do rato (água invernal). O metal ainda ajuda Bolsonaro mas a água do Rato exaure o elemento metal.

O rato cria uma configuração de Dano com a Cabra na casa da HORA. O dano traz repercussões emocionais longas, e dá sensação de traição.

O rato também cria uma combinação com o Coelho chamada de castigo ingrato e mostra que acontecem casos de falta de lealdade, morder a mão que o alimenta. Isso pode se referir a bolsonaro, seus filhos ou a outros aliados em geral.

Os dois fatores acima mostram que o ano de 2020 ainda vai ser complicado para as relações emocionais no clã Bolsonaro.

Muito se fala e escreve sobre eleições (geralmente depois delas) mas meu preferido é Chris Warnock que disse “astrólogos não devem prever eleições – a chance é de 50%, se você acertou é porque você teve sorte, se errou é porque você é estúpido” (parafraseando, claro).

O outro lado também vale, muita gente que se erra é porque “a eleição foi fraudada” ou etcs, mas se acerta por pura sorte, ele é o f#dão. Eu vi repetidas vezes o argumento de que “muitos astrólogos erraram a vitória de Trump por serem democratas”, mas o outro lado também funciona – muitos astrólogos que vi acertaram apenas por serem direitistas, ou seja, queriam que Trump ganhasse e “acharam” algo que dissesse isso.

No momento (janeiro) não sabemos sequer quem será o concorrente, mas é tradição americana que a pessoa em poder tente a reeleição, e mesmo sofrendo impeachment (e também por causa disso) seria um milagre que os republicanos simplesmente escolhessem outro candidato. Mas isso não é tão relevante quanto parece: como disse uma vez John Frawley, para uma reeleição, primeiro precisamos provar que o Rei vai cair, só a partir disso podemos interpretar sinais de vitória do contestante.

Além disso, a presidência é determinada por fenômenos da astrologia mundana, pois os ciclos menores são submissos aos ciclos maiores, e as cartas natais se submetem às cartas mundanas (Grandes Conjunções, Ingressos solares, eclipses, etc) e também à realidade política dos países – por exemplo nos EUA o presidente tem muita força para se reeleger, devido ao uso da máquina pública, e os poucos casos onde não consegue recebe o nome de “Lame Duck”. O último lame duck foi Bush pai em 92, quase 30 anos atrás. Mais sobre astrologia mundana terá que ser visto separadamente no futuro.

Para quem não está acostumado com astrologia natal, ao invés de se jogar em retornos solares ou trânsitos nós temos a hierarquia preditiva:

  1. promessas natais
  2. ativação e modificação por direções primárias
  3. períodos astrológicos ativando potenciais de planetas
  4. ativação menor por repetição em retornos solares, etc

Promessas natais
O sol rege o Ascendente dando uma promessa de personalidade atrativa, egotistica, chamativa. Isso é modificado pelo nodo norte, que traz malandragem, obsessão por fama, mentira, gostos terrenos, fraude (Trump tem vários processos, como as faculdades Trump, e além do impeachment, é investigado em Nova Iorque por fraude. Muitos de seus contratistas nunca foram pagos porque são jogados no limbo pelos advogados de Trump). Na casa 11, traz promessas em política ou sucesso por aliados e indicações. Em signo de ar, personalidade mutável que quer experimentar muito, sem interesses fixos mas gosta de aumentar horizontes, fala muito. As promessas de sucesso são ampliadas pelo trígono com Júpiter. Como Trump nasceu durante um eclipse sua vida acaba se misturando com eventos mundanos e é um pouco fora de seu controle.

Já a parte da fortuna está aflita por uma oposição ao maléfico marte, grandes quedas monetárias – Trump é famoso por várias bancarrotas e falências e há polêmicas se ele não evita mostrar seu imposto de renda porque teria dívidas gigantescas.

O MC que explicita promessas sobre carreira e seu relacionamento com poderosos, chefias e fama está em Algol, que é literalmente cortar a cabeça, e figurativamente pode ser toda uma gama de atitudes e acontecimentos, como agir irresponsavelmente, inimigos poderosos, violência sexual, mas que é mais fácil de entender com o nativo do que na vida pública. O regente está na 12 com saturno, mostrando problemas e preocupações e o regente por exaltação está eclipsado com o nodo sul – diminuição, infâmia, antipatia, problemas com mulheres.

Ativação das promessas

As promessas da carta funcionam todo o tempo em abstrato, mas para ter efeitos mais concretos precisam ser ativadas. A ativação é dada ao longo da vida, dividindo a vida em períodos astrológicos. Os que uso são firdaria e profecção, com alguns auxiliares como períodos das triplicidades.

Note que essas promessas dos períodos normalmente são cíclicas e simétricas, e são modificadas pela “influência maior” de direções primárias e progressões. Assim, a profecção se repete a cada 12 anos, e a cada 8 a 20 anos o mesmo planeta regerá a firdaria, mas os resultados serão modificados pelas direções primárias (e também pelas realidades da vida, entre ser criança e idoso, por exemplo).

O sol tem um segundo papel, separado de senhor do ascendente, que é de ser luminar da carta, e seus regentes de triplicidade governam grosseiramente a vida dividida em terços – a triplicidade do luminar no terceiro período da vida (velhice) é Júpiter (em trígono com o sol), marcando mais ou menos a época em que Trump ficou famoso com seu reality show e seus fracassos mais ou menos foram esquecidos pelo público americano e ficou a imagem de empresário vitorioso, cheio de dinheiro, com o famoso “you´re fired”.

A firdaria de 2016 era do Nodo norte que como vimos nas promessas dá fama, sucesso, trapaças, “fake news”, aumento, cobiça e está ligada à fama de Trump. Já esse ano há uma virada e vamos pra firdaria do Nodo sul, que é diminutivo, cansado, ligado ao passado, desvinculado do mundo, e diminui o senhor da exaltação da carreira e da popularidade. Voto negativo para este período comparado com a eleição.

Durante a eleição de 2016 Trump tinha uma boa lua progredida em câncer, separando de Vênus e se unindo a júpiter, com recepção. Em direções primárias o sol dirigido estava nos termos do combativo marte enquanto o sol natal recebia um trígono de marte (interpretando o trígono como os sinais positivos de marte, temos energia, competição e vitória sobre inimigos). Marte no Retorno solar de 2016 fazia trígono com Vênus natal (senhora do MC).

Em 2020 a lua progredida de Trump passou por um período crítico neste ano (estava Nova-escura) e agora vai reaparecer aos poucos, mas sem aspectos (fora de curso) uma ausência de forças contra ou a favor – Trump para vencer dependerá mais da inércia do que de qualquer força positiva. E as direções primárias? O SAN em sextil com Júpiter no começo do ano imagino que sinalize sua absolvição pelo senado com maioria republicana. Mas este ano também temos Marte dirigido a uma quadratura contra vênus (regente do MC natal) enquanto o sol está nos termos de mercúrio, apenas neutro. As promessas eram muito melhores em 2016,

Na próxima estudaremos o combo profecção-Retorno Solar.

A má notícia é que já acabou 1/12 do ano e a gente ainda não fez nada da lista de fim de ano! Só distribuímos memes.

Fevereiro surge sob as seguintes cores:

2/02 – mercúrio vai para peixes (sua queda); dia 17 fica retrógrado; 3 Março volta para aquário, onde só volta a ficar direto no dia 10 Março

7/02 – vênus sai de peixes, onde tinha exaltação, e vai para áries onde está corrupta, perdendo poder no processo, e fica lá até 4 de Março. Em peixes, vênus que representa umidade estava num signo de água, e ainda sobre quadratura de marte, sinal da chamada abertura dos portões (tempestades). Isso deve diminuir quando ela for pra Áries (signo seco). Durante o período vai fazer quadratura com Júpiter (23/02) e Saturno ( 3/03). A quadratura com Júpiter não é preocupante mas com Saturno é destrutiva para relacionamentos feitos no período.

9/02 – lua cheia em 20 leão com um trígono a marte promete calor para as próximas duas semanas. Se a lua cheia cai em contato com algum planeta natal, ele tende a ser ressaltado por uns 15 dias.

16/02 – marte vai para capricórnio, sua exaltação, onde está poderoso. Com ele, ficamos com todos os 3 planetas superiores (não usamos os 3 porquinhos em astrologia tradicional) em capricórnio, formando uma tremenda congestão até ele ir pra Aquário em 30/03. Todos eles em signo seco trazem desequilíbrio para o clima, no hemisfério norte mais frio, no sul, mais calor. Também são sinais de peste, e temos o coronavírus aí, mas atenção, nada de histeria! Até agora ele não tem tido um efeito nada comparado com pragas anteriores como SARS e MERS, e mesmo em estado de pandemia parece ser controlável.

18/02 o sol sai de seu exílio em aquário e passa para Peixes. Faz um sextil com marte (23/02), e em março sextis com Júpiter (11) e Saturno(19).

21/02 mercúrio fica retrógrado em 11 de Peixes. Mercúrio são os ventos, no signo silencioso de peixes prejudica bastante as comunicações. Sendo um signo de água, a retrogração traz chuvas e tempestades.

De 22 a 24 lua escura, com a Lua nova em 4 de Peixes, evitar coisas importantes até pelo menos a reaparição da lua. Se a lua nova cai em um planeta natal (ou mesmo em qualquer casa que caia no mapa natal), às vezes as pessoas sentem uma diminuição desse planeta ou casa durante duas semanas.

23/02 sol sextil com marte – o sextil não é violento como outros aspectos de marte, então pode ser um carnaval mais “sexual” se isso faz sentido. Mas note que qualquer aspecto de sol com marte é muito ruim durante o verão pra quem não gosta de calor.

25/02 – conjunção do sol com mercúrio retrógrado em 6 peixes. Outro sinal de chuvas, calor e tempestades.

Eletivas do mês

Lembre que as eletivas tem a ver com começos, e não com o que você faz no dia, e nem são horóscopos. Essas são algumas oportunidades gerais para começar eventos de maior importância ou de longo prazo.

02 de fevereiro – Lua em touro (exaltada) trígono com Saturno (estabilidade) e sextil com vênus exaltada (e já separada de marte).

13/02 – Lua em libra trígono com sol (mas sem recepção), quadratura com saturno (mas salva pela recepção)

19/02 Lua em conjunção com Júpiter (mas sem recepção, pega ele a partir da queda), Médio

20/02 Lua em conjunção com Saturno (apesar da lua exilada e saturno ser maléfico, há recepção). Médio, mas útil para coisas que você sabe que serão lentas, burocráticas ou “frias” independendo de seu esforço.

28/02 lua em touro trígono com marte, sextil com sol

As más notícias é que já passou um mês inteiro do ano e a gente ainda não fez nada útil! Abaixo a astrologia para fevereiro

Lua nova do dia 24 Janeiro

Nessa sexta tivemos a lua nova. Há polêmicas se devemos usar a lua nova, a nova e a cheia, ou apenas a lunação anterior à entrada no signo, mas na dúvida vou usar essa (acima). Todos os planetas estão no horizonte da direita, que sugere foco em relações exteriores. A lunação está angular, perto do Descendente, sugerindo a ativação do período e sua importância, e também que a lunação “ataca” o ascendente, trazendo dificuldades (talvez por isso coincidiu com forte chuvas e enchente em lugares como Belo Horizonte. Além disso os contatos de vênus com marte fazem parte da chamada “abertura dos portões” – sinais de chuva, basicamente.

Na carta para o verão (22 dezembro – ingresso do sol em capricórnio) temos Saturno angular para boa parte do país, representando frio. Como não se espera um verão frio, a ideia é que ele no verão traz tempo ruim, fechado, nevoeiros, chuvas.

O ASC da lunação está nos primeiros graus de Leão, na casa 10, do governo e governantes, oposto a Vênus do Ingresso, representando alianças, povo, câmbio, acidentes: aqui a
Carta Menor ativa um potencial da Carta Maior (ingresso) representado pelo que Vênus significava. Esses potenciais são expressos ou modificados pela Carta Menor (lunação).* Como vênus regia a casa 1, é um sinal ruim para o mês, sofrimento popular. Vênus regendo a casa 8, aumento juros ou diminuição comércio. Vênus naturalmente sendo festas e alegria, causa problemas nessa área (mas não vai pegar o período do carnaval, já no mês que vem).

*O grau da lunação também cai perto da Vênus do ingresso, mas isso é um fator para o mundo todo, não apenas para o Brasil.

Marte está transitando também a parte da fortuna do ingresso, em sagitário, afetando durante o mês as finanças populares. Isso é sinal de aflição – inflação, queda de poder de compra ou excessos.

Bolsonaro e outros governantes (nas esferas estadual e municipal) e pessoas de poder em geral – No ingresso estava em mau estado, representados pela Lua em queda, mas dentro da casa do povo, resguardados. Nesse mês estão exaltados, mostrando seu poder – mas por outro lado em quadratura com marte. Indicações contraditórias, mas no geral os poderosos estão sujeitos à cirurgias e a ser pegos em ações criminosas, mas protegidos pelo judiciário e medicina (júpiter).

Além dos problemas das enchentes e da crise hídrica do Rio de Janeiro, onde graças a desinvestimento do governo estão servindo esgoto nas torneiras, outra preocupação de saúde pública é a pandemia chinesa de coronavírus – Júpiter rege a casa 6 do ingresso, aflita pelo nodo sul, e na lunação esse júpiter volta para a casa 6 – sinal de preocupação da saúde, então eu diria que provavelmente teremos o primeiro caso até o final da lunação

O Ano novo chinês NÂO começa neste dia 25 de janeiro 2020, como você verá na mídia. Esse é o calendário cultural, que é lunar. O calendário usado para feng shui e 4 Pilares é solar, e sempre começa perto de 5 de fevereiro. Então apenas no próximo dia 5 de Fevereiro 2020 vai começar realmente o ano novo chinês.

Segunda coisa é, como sempre, não existe “rato de metal”. Rato é sempre de água, e é o “elemento terrestre”, representando a parte mais fria do ano. O outro elemento que faz casal é o “celeste” que este ano será Metal yang (bem entendido que não é o rato que de repente se torna metal do nada). O metal yang parece com o metal bruto e tem relação com lutas e armas; sistemas, lei e ordem; vontade de ferro; faça o que eu mando; concorrência e competição. Ele não deve ser um ano de conflito (ou pelo menos não tanto quanto se esperaria de yang metal) porque o rato sendo de água esvazia parte do poder do metal.

Como o Grande Duque está no Norte, tradicionalmente não se deve sentar para trabalhar olhando diretamente para o norte. O grande Duque no Rato prejudica as pessoas que nasceram nos anos do Rato e do Cavalo (no geralzão – na prática do mapa individual pode ser totalmente diferente).

Como San Sha está no sul, não faça reformas nesta área. Se reformar a casa toda, não comece com a parte sul.

Mapa das Estrelas voadoras 2020

Estrelas Voadoras

Estrelas Voadoras não são realmente estrelas, são “energias” que rodam pelos 9 cantos da casa. Divida sua casa ou apartamento de forma grosseira. Se um cômodo é dividido pelas linhas imaginárias, tente decidir se está mais para um lado ou outro.

IMPORTANTE – se você olhar em sites há milhões de “curas” que são usadas para vender quinquilharia – na prática, leia as descrições abaixo APENAS das estrelas que caírem nos 3 pontos – porta da rua, cozinha e quartos de dormir onde realmente se dorme. Se nunca cozinha de verdade também ignore a cozinha. Tudo que cair no banheiro, sala de estar, corredor, pode ser ignorado.

Norte – no norte cai a estrela 3 Madeira que é relacionada à disputas, bate boca. Se sua porta da rua está aqui, provavelmente fofocas no trabalho, se no quarto de dormir, traz brigas de casal.

Nordeste – cai a estrela 1 água – As estrelas 1 e 8 são as mais positivas. Estrela 1 no quarto de dormir dá felicidade para o casal. Na porta da Rua traz sorte para o trabalho, na cozinha traz prosperidade e sorte. Se cair no seu banheiro ou garagem, não invente, espere por um ano melhor).

Leste – a estrela mais maligna das Estrelas voadoras é a 5 terra. Se seu quarto de dormir estiver aqui traz problemas de saúde. A melhor situação seria usar outro quarto de dormir, mas a cura é usar uma garrafa com água e bastante sal e 6 moedas e deixar quieta em algum lugar escondido. Não use velas no local no leste. Se cair na sua cozinha é sempre chato por causa do fogão não há como evitar fogo.

Sudeste – 6 metal é uma estrela positiva de autoridade, emprego, poder. Se o quarto de dormir for aqui, sugere socialização e networking profissional. Se for na cozinha, sugere ajuda de outros. Na porta da rua é bom para a vida profissional.

Sul – 2 terra é problemática para saúde se cair no quarto ou cozinha. Use a cura de sal ou um sino dos ventos. Se houver uma mulher grávida se sugere que mude de quarto.

Sudoeste – 4 Madeira é uma estrela de romance chamada flor de pêssego – ela é ambígua, traz romance, mas também pode trazer caso extra-conjugal. Muito boa para estudo, estudantes, trabalho criativo, aprendizado.

Oeste – 9 fogo – é uma estrela boa para fama. No caso de cozinha traz um risco de incêndio. Para a porta, geralmente traz sorte no trabalho.

Noroeste – 8 terra é a segunda melhor estrela, associada com dinheiro e prosperidade material.

Vamos ver os trânsitos e aspectos mais importantes de 2020. Atenção, isso não é horóscopo – você não pode fazer qualquer previsão séria baseada em signo solar, para indivíduos se precisa do mapa natal.

Do ponto de vista eletivo – quando o planeta estiver aflito nós tentamos evitar fazer coisas referentes a ele, por exemplo evitar casamento com vênus retrógrada.

Do ponto de vista mundano – não são previsões reais, mas se espera que as notícias do período tenham ressonância com o estado dos planetas no céu. O único lugar onde vemos estas correlações em seu modo “puro” é em astrologia mágica – todo o resto temos que adaptar.

Do ponto de vista natal – os eventos no céu podem ser vistos como trânsitos ao mapa natal, mas essa é uma técnica muito básica de previsão. Para funcionar, você tem que usar os seguintes passos:
-Escreva seus planos para o período – perder peso, guardar dinheiro, processar o exmarido, ter filhos?
-Anote coisas que sabe que vão acontecer – abertura de concursos, semana de provas, viagem marcada, data esperada do parto, etc.
-agora sim veja o trânsito do período e tente pensar como um ressoa com o outro.

Júpiter em Capricórnio

Muitas pessoas já escreveram sobre o grande benéfico saindo de seu domicílio em Sagitário para sua queda em Capricórnio. O melhor comentário que lembro foi “bem, Júpiter estava em Sagitário 2019 todo e não foi lá grande coisa”. Lembre-se disso porque a posição por dignidade raramente é significante.

Júpiter como princípio primaveril de harmonia, novas oportunidades, fartura, está em exaltação no veranil e fértil câncer, e em queda no árido, invernal e montanhoso capricórnio. Você não gasta suas reservas no inverno, é o ponto onde você mais as economiza. Júpiter e Saturno em signos secos diminui chuvas (em geral) mas aumenta os extremos do tempo, tanto no inverno quanto no verão. Isso é piorado toda vez que o sol ou marte entrarem também em signos secos.

Para a bolsa de valores é uma simbologia de preferência pela liquidez e sentimento de curto prazo, aumentando volatilidade e diminuindo investimento do capital. Mas de acordo com Barbault, o trígono Júpiter-Urano é associado com crescimento econômico e novas descobertas científicas que abrem horizontes de investimento. Como Júpiter e Saturno estão quase unindo, isso também coincide com o trígono Saturno-Urano (se separando) com a direita e extrema direita perdendo espaço pelo mundo.

Júpiter vai para Aquário em 21 dezembro. Saturno vai de 26 março a 6 julho, quando volta para capricórnio até 17 dezembro.

Retrógrados Marte e Vênus

Marte é o princípio da ação, do conflito, da tempestade, do calor do verão. Ele fica retrógrado a cada 2 anos, por um período de quase 6 meses de desacelerar e pegar velocidade de novo. Já vênus é um princípio de reconciliação, harmonia, outono, sensualidade, tem retrogradação a casa 19 meses por cinco semanas. Em 2020 os dois ciclos coincidem de novo.

Em 2020 marte passará pelos signos de Sagitário a Áries. Seu movimento natural é de 1 mês e meio por signo, mas este ano teremos outro marte retrógrado: Marte desacelera e em 10 setembro fica retrógrado em 28 áries; em seguida volta até 15 áries, onde volta ao movimento normal em 13 novembro. Daí ele só consegue sair de áries já em 2021.

O último marte retrógrado atacou o Brasil durante o impeachment de Dilma, onde marte e saturno dançaram pelo céu em Sagitário, onde se viu de tudo um pouco. Outro que levou a carga foi o Reino Unido, que culminou com a votação do famigerado Brexit. Já este marte retrógrado vai ser em Áries, e dessa vez a dança com saturno será por quadratura. Dessa vez marte está muito mais favorecido, em seu signo e em quadratura sem recepção a Saturno. A aposta que temos é que durante setembro ao final do ano há um gosto mais de anti-establishment.

Vênus fica retrógrada de 13 de maio (21 gêmeos) a 24 Junho (5 gêmeos). Vênus tem um ciclo quase perfeito de 8 anos – veja o que aconteceu em Maio 2012 e Maio 2004, porque a retrogradação ativou quase os mesmos pontos e planetas natais. Casamentos são desaconselhados durante este período.

Mercúrio, o mensageiro, tem 3 períodos de retrogradação todos os anos por 3 semanas. Geralmente apenas se desaconselha a fazer coisas como reformatar seu computador – 17 de fevereiro a 10 Março; 17 de Junho a 11 julho; 13 outubro a 4 novembro.

Quadraturas e oposições

Com júpiter e saturno se aproximando, um aspecto para um é seguido pelo aspecto a outro. Aqui apenas os que acho mais relevantes.

  • 14 abril – sol quadratura júpiter
  • 21 abril – sol quadratura saturno
  • 14 julho – sol oposição júpiter
  • 20 julho – sol oposição saturno
  • 3 agosto – marte quadratura júpiter
  • 23 agosto – marte quadratura saturno
  • 11 outubro – sol quadratura júpiter
  • 17 outubro – marte quadratura júpiter
  • 18 outubro – sol quadratura saturno

Eclipses

Há dois eclipses solares, o primeiro em 21 Junho e outro em 14 dezembro. O primeiro vai percorrer mais ou menos o mesmo caminho que o eclipse de 26 dezembro pela Ásia.

Dessa vez pega boas partes da África, o Oriente Médio, novamente pega a India, china e Sudeste Asiático. No momento a Austrália está em chamas e a India tem fortes protestos pela nova lei racista do governo Hindu. Veremos como esses temas vão reaparecer em Junho.

Já o eclipse de Dezembro pega mais perto de casa, atacando toda a América Latina, reforçando o que já vimos desde o último eclipse latinoamericano – lembramos que desde essa época Chile entrou em tumulto, o governo argentino de direita foi substituído, o governo de esquerda do Peru caiu, e houve protestos limitados em outros países, como Colômbia (mas não no Brasil). Não espero repetição da história de protestos, acredito que é mais os ovos escolhidos começam a chocar.

O mês inteiro é marcado por Júpiter com o nodo sul. Apesar de Barbault colocar o ciclo de Júpiter-sol como indicador de acordos de paz, essa conjunção foi um eclipse – por uma parte Júpiter moderou os efeitos do eclipse, mas por outra júpiter está em sua queda (capricórnio) e como se isso não bastasse com o nodo sul – o princípio primaveril de fartura, sorte, sabedoria e abundância está aflito e com baixo poder em janeiro. Sentimentos de dúvida, dificuldades na justiça, nas notícias problemas com professores e juízes, baixo investimento no mundo durante o mês. Desconfie de promessas boas demais pra ser verdade, porque elas vêm com mentiras associadas.

Na primeira metade do mês temos mercúrio em capricórnio. e vênus em aquário e depois avançam de signo. Mercúrio em capricórnio é calculador e engenheiro, focado no pragmatismo e nos números duros. Dia 11 vai para aquário, onde tem uma imagem mais científica, profunda, focado no longo prazo e conhecimento. Vênus em aquário é retratada como neutra para amor, já que não tem maiores dignidades e é um signo de saturno. A partir de 13 vênus vai estar bem disposta, em sua exaltação. Ela forma um sextil com Júpiter no dia 23, mas também uma quadratura mais complicada com marte até 26. Marte em sagitário

Calendário

  • júpiter com o nodo sul o mês todo
  • 29/12 mercúrio foi para capricórnio
  • 02/01 marte vai para sagitário
  • 02/01 mercúrio com júpiter em capricórnio
  • 10/01 mercúrio com o sol em capricórnio nos termos de vênus
  • 10/01 lua cheia em câncer nos termos de júpiter
  • 11/01 mercúrio com saturno nos termos de saturno
  • 13/01 sol com saturno nos termos de saturno
  • 13/01 vênus entra em sua exaltação em peixes
  • 16/01 mercúrio vai para aquário
  • 20/01 sol vai para aquário, seu exílio
  • 23/01 vênus sextil júpiter
  • 24/01 lua nova em aquário nos termos de mercúrio
  • 25/01 mercúrio sextil marte
  • 26/01 vênus quadratura marte
  • Todos os horários variam com o dia do mês e dependem um pouco da latitude.
  • Difícil um momento do dia com benéficos angulares sem maléficos angulares.
  • Marte vai estar angular de manhã cedo até umas 9h e depois das 14h-16h
  • Saturno angular de 10h a 12h e de tarde das 17h-18h
  • das 13h-15h vênus angular, mas em quadratura com marte, que também estará angular

Nossa primeira incursão no terreno da Geomancia está aqui na parte 1. Falamos o básico de sua história e uso. Aqui vamos avançar um pouquinho mais.
Como mencionado antes, várias das técnicas de interpretação da geomancia astrológica (no estilo renascentista) têm paralelos com astrologia horária. Inclusive nomes como conjunção, translação de luz, parte da fortuna e perfeição reaparecem.
Neste artigo vamos tratar especificamente das técnicas de Perfeição, ou das respostas do tipo Sim/Não.

Geralmente esse não é o caminho ensinado – geralmente se fala dos princípios mais básicos e depois se discute cada um dos 16 símbolos, mais ou menos como se faz no tarot. No entanto não acho isso muito útil já que a maioria das perguntas da geomancia é respondida como na astrologia horária – vou pegar o emprego ou não? vamos ficar juntos ou não?

Para perguntas do tipo “onde está o relógio”, “devo fazer isso”, “esse investimento é bom“, é mais importante ver a natureza do 16 símbolos primeiro.

Mas no caso da Perfeição, primeiro queremos ver se a questão vai para Perfeição, e depois verificamos a natureza dos símbolos para aliviar qualitativamente.

Como sempre, é necessário ter o básico de astrologia horária e pelo menos das 12 casas para entender. Caso sinta que está lendo latim, veja nossos artigos de iniciantes.

Exemplo 1

Perfeição

Como eu disse, há um paralelo com astrologia horária, mas não é uma relação unívoca – por exemplo não há regentes, vemos apenas os símbolos dentro das casas. Num mapa horário, só podemos ter um marte, mas no mapa geomântico o mesmo símbolo pode se repetir várias vezes e é essa repetição que olhamos para ver se há perfeição, ou seja, conexão do querente (casa 1) com o quesitado (casa X).

A primeira maneira é ver se o mesmo símbolo ocupa as duas casas de interesse (não vale qualquer outra casa). Então por exemplo veja que no Exemplo 1, acima, o mesmo símbolo ocorre nas casas 5 e 12. Procure outros símbolos que ocorrem em duas casas e veja que perguntas teriam perfeição:
a-minha namorada vai conseguir fazer o mestrado?
b-meu pai vai ficar morrer?
c-meu amigo vai receber o prêmio?

Respostas abaixo da imagem

Resposta
Em (a) vemos que o mesmo símbolo ocupa as casas 7 (Namorada) e a casa 9 (viagens, mestrado) – eu não estou usando casas derivadas nem nada assim por simplicidade
Em (b) o símbolo da casa 4 não reaparece na casa 8 da morte.
Em (c) o mesmo símbolo está na casa 10 (prêmio) e 11 (amigo)

Exemplo 2

O segundo método de perfeição é ver se o símbolo reaparece do lado da casa desejada. No Exemplo 2 para uma conexão entre casa 7 e casa 10, o que temos? Os símbolos são diferentes, mas o símbolo da casa 7 reaparece do lado da casa 10 (na 9). Portanto há perfeição por estar do ladinho.

Que outras perfeição por estar na casa ao lado você encontra no Exemplo 1? Tente fazer e veja a resposta.

Carta Exemplo 1:

d-há uma conexão entre casa 5 e 1?
e-há uma conexão entre casa 7 e 10?
f-há uma conexão entre casas 4 e 11?


Respostas
d- sim, o símbolo que está na 5 aparece do lado da casa 1 (na casa 12)
e - sim, o símbolo que está na 7 está do lado da 10 (na casa 9)
f - não. O símbolo que está na casa 4 não aparece nem na 10 nem na 12 (as casas do lado da 11). O simbolo que está na 11 não aparece nem na 3 nem na 5 (as casas do lado da 4).

A terceira maneira de Perfeição é quando os 2 símbolos (das duas casas desejadas) se unem em qualquer parte do mapa. Basicamente é a mesma coisa que no exemplo anterior, mas é considerado como uma perfeição mais fraca.

No exemplo 3, veja a figura que está na casa 6 e a figura que está na 10. Há alguma conexão? Primeiro, elas obviamente são diferentes, então vamos ver se elas se movem para o lado uma da outra. A figura 10 não vai nem pra 5 nem pra 7. A figura 6 não vai nem pra 9 nem pra 11. Mas note que a figura 10 vai pra 3, e a figura 6 vai pra 4. Então as duas figuras se encontram juntinhas.

Obviamente este último vai ficando mais complicado de ver e precisa de prática.
Exemplo 3

Perguntas

No exemplo 1 há a terceira forma de perfeção (os dois simbolos juntos, num local totalmente diferente do mapa)

g- entre as casas 10 e 5?

h – entre as casas 2 e 7?

Como calcular o mapa?
Vamos falar sobre o cálculo geomantico só depois, mas você pode calcular suas próprias cartas usando esse site. Há também vários apps, mas cuidado para ver se não estão usando a versão “golden dawn” que pra variar está errada.

Resposta

g – sim, note que 1 – o simbolo na casa 10 é diferente do simbolo da 5. 2 – o simbolo da 10 não repete nem na 4 nem na 6; e o símbolo da 5 não repete nem na 9 nem na 11.
No entanto note que o símbolo da 10 reaparece na 11, e o símbolo da 6 reaparece na 12 que é o terceiro modo de perfeição (mais fraco).

h – não. o símbolo da 2 não reaparece em lugar nenhum da carta, e o símbolo da 7 não reparece nem na 1 nem na 3.

Eclipses são luas cheias ou novas onde os luminares caem junto aos nodos. Os nodos, a cabeça e o rabo do dragão, são os monstros que “engolem” os luminares, causando o mito do eclipse. Eclipses são situações fora do normal, principalmente os solares, onde em sua sombra os animais vão dormir e todo o ciclo da natureza é perturbado.

Uma dificuldade que temos tido é o de entender como um eclipse vai se manifestar. No eclipse americano, todos apostaram em Trump, que tem o ASC no ponto do eclipse, mas o que vimos foi uma série de desastres naturais, principalmente incêndios pelo país. No grande eclipse sul-americano, temos visto ainda seu efeito na forma de protestos no Chile, Colômbia, Argentina e no Equador com a queda de Morales. Mas no Brasil as coisas continuam como dantes e no Uruguai um governo mais de direita foi eleito, mostrando que não houve uma direção clara para direita ou esquerda nos movimentos. Também não vimos desastres naturais nesse caso.

Este eclipse vai fazer uma linha cruzando múltiplos países. No oriente Médio afeta todos os países como Omã, Arábia Saudita, Irã, etc. Vai pegar a Índia e Indonésia, mas também será parcialmente visível da tailândia a Hong Kong, Austrália e China.

Oriente Médio sempre será o barril de pólvora, mas a Arábia Saudita anda mais assanhada por conflitos com o Irã e massacres no Yemem, sempre com apoio do grande Império. Índia acabou de criar uma lei de cidadania racista que exclui a pessoas da religião muçulmana, e também colocou toda a região da Kashmira em estado de sítio. Toda a região marcada pelo eclipse, entre China e Austrália, é uma área onde o novo império chinês está abrindo suas asinhas e criando perturbações, desrespeitando águas nacionais, etc. Em termos de perigos naturais, vai pegar toda a região que foi dizimada pelo Tsunami de 2004.

Para a Índia, o eclipse tem efeito de 3 horas, e está perto do MC. Usando o método de Ptolomeu entendemos o efeito como acontecendo no segundo mês – fevereiro. mas os efeitos de longo prazo acontecendo no segundo ano, em 2021.

Marte na 9 diz pra não se esperar muito do jurídico do país. A concentração de planetas na 10 e 11 traz movimentação na política, mas muita coisa obscura, típica de eclipses. A combustão do senhor do ASC traz um período onde o povo tem pouca voz. Vênus com saturno na casa 12 não é bom para a minoria muçulmana.

Pro Brasil, o eclipse não será visível, então é tratado quase que como lunação normal, a não ser que o ponto do eclipse afete outros mapas, como natais (por exemplo o de Bolsonaro) ou o mapa de posse, etc.

%d bloggers like this: