Na astrologia mundana tradicional usamos cartas de fenômenos como a entrada do sol nos signos para falar sobre os fenômenos políticos e sociais. Como o ano novo astrólogico teve um ascendente em signo móvel, temos que fazer 4 ingressos ao longo do ano, de acordo com a escola de Mashallah. Então para os próximos 4 meses do ano temos que fazer o ingresso do sol no signo de câncer, o mapa está abaixo para Brasília.

Ingresso em Câncer 2020

Todos os planetas estão abaixo do horizonte fora mercúrio, e têm que ser expressados através dele – domínio do tema de leis, advogados e juízes, doença (regente da casa 6)

  • De 20 de Junho a 3 Julho – Saturno como regente da 2 sempre sugere contração econômica, mas nesse caso há uma melhoria controlada movida por vênus (consumismo).
  • 3 julho a 16 julho – Júpiter rege a casa dos inimigos secretos, com marte parece uma figura de fake news, ação de milícias contra o povo, em rodovias ou comunicação. Juízes em acordo com forças militares ou policiais. Muitas alianças por baixo dos panos
  • 16 julho a 29 julho – marte rege a oposição e isso representa ganhando poder com o apoio da justiça e por entrar em seu signo de áries, porque marte também rege a casa 11 da política. Marte também rege o solo, o país, as propriedades, imóveis, e em quadratura com lua e sextil júpiter mostra aumento de aluguéis, problema com inadimplência. Marte regendo a casa 11 representa às vezes ministros, então seria mudanças ministeriais.
  • 29 julho a 11 agosto – sol rege a casa 8 e está na 6a, dando um momento em que a epidemia pode retornar. Sol conjunto nodo norte regendo a 8 também parece variações grandes no cãmbio e exportações.
  • 11 agosto a 24 agosto – vênus rege a casa 10 do presidente e o governo, além de outros poderosos em geral. Vênus na 5a representa atividades artísticas. O regente da casa 10 na 5a pode trazer problemas de saúde ou queda de poder no período. A antiscia com vênus mostra os contatos ocultos do presidente com figuras do judiciário.
  • 24 agosto a 6 setembro mercúrio a 6a das doenças e é importante numa epidemia. Mercúrio oposto a parte da fortuna mostra danos à economia e à saúde em geral. Morte de pessoas importantes da educação ou judiciário.
  • 7 setembro a 20 setembro – lua rege a casa 7 e dá problemas com aliados, acordos internacionais e comércio pois está em quadratura com marte. Estando na casa 6 e eclipsada mostra um período ruim no geral.

Datas de ativação

  • Por volta de 11 de Julho haverá uma semana ruim com o trânsito de marte, trazendo revoltas, brigas, violência e problemas para o governo.
  • Dia 24 junho vênus acaba a retrogradação e muda a situação do presidente (vênus rege a 10).
  • 9 julho – problemas financeiros, com a bolsa ou com câmbio.
  • Dia 12 julho mercúrio sai da retrogradação – haverá uma mudança de trajetória nos rumos da epidemia no Brasil.
  • 22 agosto há formação de alianças ou melhoria comércio exterior.
  • 10 setembro – um dia ruim para o presidente com mercúrio cruzando o MC – problemas com juízes ou com inimigos (mercurio rege a 12 do MC).

Neste dia 22 de Maio temos mais uma lunação, marcando o mês lunar. O que gostaríamos de ver numa lunação no meio de uma pandemia? Gostaríamos de ver:

  • Benéficos angulares ou possivelmente na casa da doença (6)
  • Maléficos cadentes, mas de preferência não na 6 nem na 8,
  • O senhor do Ascendente para Brasília estar em uma boa casa, sem aspectos para os maléficos ou outras aflições.
  • O senhor da 6 fraco (combusto ou em casa cadente).
  • Os luminares da lunação sem aspectos com os maléficos e com aspectos com benéficos (geral par ao mundo todo)

No mapa abaixo vemos o mapa da lunação para Brasília

Análise

Apenas Júpiter (benéfico mas em queda) está em um ângulo (saturno já está na 5), mas não parece dar uma direção concreta, talvez melhora, mas por outro lado é senhor da 6, e queríamos o senhor da 6 fraco.

Maléficos – Saturno aflige levemente a casa 5, marte está cadente, mas na casa 6 é significador natural de infecções e epidemia, não é bom. A lunação forma um trígono com Saturno e uma quadratura com Marte, conhecido como sitiamento – isso mostra um mês ruim para o mundo em geral (ou seja, um potencial geral, mais ativado em uns países que em outros). No caso do Brasil, o potencial é bem negativo, com a lunação na casa 8 da morte, marte na casa 6 da doença.

O senhor da casa das doenças está medianamente forte porque está angular mas retrógrado (a dignidade importa pouco porque a carta é igual para todas as partes do mundo). * Gostaríamos de um senhor fraco, mas ele está razoavelmente forte. A retrogradação indica voltas. No momento em que escrevo Bolsonaro está ameaçando voltar com a história já desprovada da Cloroquina. Oscar Terra poderia também ser uma “volta” já que ele foi considerado no passado para Ministro (estou escrevendo isso na Sexta). E, sendo otimista, poderia ser uma regressão parcial dos números (retrogradar também significa perder força).

*mas a retrogradação não é igual para todas as partes do mundo? – sim, mas o planeta que rege a 6 não está obrigatoriamente retrógrado – dignidades são muito mais restritas, então contamos menos.

Brasil con contagio de la Covid-19 similar a Italia, según ...

O senhor do Ascendente

Por último o senhor do Ascendente durante uma epidemia deve dizer a força geral, que no caso está baixa (casa 9 é cadente, e vênus está retrógrada). Novamente, sendo otimista, a retrogradação poderia ser a diminuição dos números, mas não coloco muita fé, estou dizendo pra dar boa sorte.

Vênus na 9 traz coisas de educação (ENEN?), relações exteriores (andam estremecidas, poderia ser uma melhoria) e ciência (alguma boa descoberta, ajuda ao povo pela ciência – também porque o Senhor do ASC está conjunto mercúrio), ajuda ao povo vinda do exterior.

No entanto, o Senhor do ASC com o senhor da casa 12 me lembra mesmo é da promessa de lockdown (ou como virou agora, tranca-rua).

O gráfico acima é de casos Confirmados de Covid, em escala log (distorcido para que distâncias iguais mostram intervalor de 10x). Estados Unidos está convergindo para um pouco mais que 1 milhão. Do jeito que as coisas vão, Brasil arrisca chegar a 200 mil nos próximos 10 dias.

Na curva atual, corremos o risco de passar os 300 mil por volta do dia 22 de maio.

Na nossa série sobre Trump, o primeiro artigo foi uma breve análise sobre os potenciais da carta natal ativados por firdaria e direções primárias. Agora veremos o combo Profecção com Retornos Solares.

A técnica dos retornos solares foi muito empobrecida nos últimos 40 anos. Ficou em moda porque possibilitou a astrólogos fazer uma consulta anual, trazendo clientes de volta, mas virou bastarda pelo simples fato que as pessoas não estudavam e não tínhamos traduções das técnicas antigas – muitas vezes sequer Morinus era estudo e só víamos dicionários genéricos com banalidades como “veja o sol no retorno solar/veja o ascendente no retorno solar”, etc.

Vendo nossa hierarquia preditiva, já vimos que as promessas natais são ativadas ou não por períodos planetários, enquanto são modificadas e interpretadas pelas lentes de fatores de longo prazo como as direções primárias ou progressões. Resumindo o que vimos, o período planetário passou do Nodo Norte para o Nodo sul (negativo); as progressões passaram de positivas para neutras; as direções primárias passaram de positivas para neutro-negativas.

A profecção estava em gêmeos em 2016, ativando os potenciais já discutidos do sol do mapa natal, como eminência e poder. E em 2020 estará em Libra, ativando as promessas natais de Júpiter de dinheiro, ajuda, estudo, novos horizontes, otimismo.

Retorno 2016

O senhor de 2016 era Sol, senhor da profecção, na casa 11 da política e aliados, e junto a vênus, senhora do MC natal. Promessas de poder. O ASC do retorno pega por antiscia ao MC natal.

Retorno Trump 2020

No retorno desse ano, temos a profecção em Libra,dando o ano para Júpiter (a queda em capricórnio é irrelevante para retornos solares e lunares) em oposição ao senhor do MC natal (vênus) e a Saturno. Há um retorno do Nodo norte, que novamente está em contato com o sol, dando energia, atividade, trapaça, movimento, polêmicas.

Indicações de Reeleição ou não

No caso de eleições há um atalho que eu nunca ensinei antes, que facilita muito a análise e não tem que pegar todos os passos do retorno, mas só vale para o mapa do Rei, o candidato que já está no poder. Não vale para uma primeira eleição, como a de 2016, onde nem HIllary nem Trump tinham o poder.

Apenas veja a relação entre o regente do MC do retorno solar com o sol, se a relação for negativa, o candidato PODE perder… se tiver potencial para perder, daí sim vemos o mapa do candidato da oposição.

Isso deve parecer estranho para as pessoas que só se acostumaram a ver previsões de uma única maneira, mas vamos tentar explicar a lógica. Como mencionado no artigo anterior, a vantagem fica com o Rei, então só vale a pena ver o opositor se houver sinais de que ele pode, ao menos, perder. Que haja sinais de que ele vai perder não é automático que vá perder.

Supondo que haja sinais de que vá perder, agora vemos se há sinais de que o opositor PODE ganhar. Agora temos uma boa sinalização. O contrário não seria verdade – se o opositor tiver sinais de derrota, é óbvio que nada deve vir disso (o Rei já tem vantagem). Se o opositor tiver sinais de vitória, também não significa nada (para muitos candidatos, ser escolhido como candidato a presidente será o momento de maior visibilidade em toda sua vida).

Note também que o atalho só funciona porque estamos combinando a (realidade da situação) + (sinal astrológico) como uma imagem do resultado do evento já determinado (eleições). No caso de um ano não eleitoral, ver os mesmos sinais na carta de retorno só daria falsos positivos. Por exemplo, discutindo a questão do impeachment de Trump, como o impeachment não era algo exigido (ele não sofre impeachment todos os anos) não seria um método recomendado.

Abaixo o exemplo do mapa da reeleição de Obama

Note que o regente do MC em peixes é Júpiter, que está em um sextil com o sol. Independente de outros fatores, isso nos deixa bem confiantes de que Obama ia ganhar. Agora confira com o mapa do retorno de Trump abaixo

Já no mapa de Trump desse ano, temos o regente do MC marte e ele está em quadratura com o sol, um sinal que em outros mapas já vi resultar em derrota.

Como mencionado, é obrigatória uma derrota? Óbvio que não. Mas a possibilidade de derrota nos obriga a ver o mapa do candidato da oposição (Ben Sander e Elizabeth Warren não têm horários e Joe Biden é pelo menos classificação A de acordo com astro.com).

No próximo e último artigo da série, vamos analisar a eleição de novembro sobre a ótica da astrologia mundana (que é, por definição, superior às indicações do mapa natal).

O curso de Introdução à astrologia tradicional, voltado para iniciantes e alunos médios, com introdução a temas de fundamentos, horária, eletiva, natal, magia, astrometeorologia, volta agora em 25 março 2020!

Quem não puder começar no dia 25 aceitamos inscrições até o final do mês, mas já pode se inscrever desde hoje
Quem fez o curso comigo e gostaria de refazer sempre está aberto gratuitamente. Basta dizer que turma você fez, o email, etc.
Este curso permite os primeiros passos para quem quer aprender astrologia tradicional direito.


Curso de Introdução a Astrologia Tradicional.

Temas a discutir

  • fundamentos da astrologia tradicional
  • princípios de astrologia eletiva – elegendo seu cotidiano pela lua e sua carta natal, mansões lunares e trânsitos
  • princípios de astrologia horária – aprendendo cartas básicas de estado, principalmente amorosas e cartas de demissão, clima e objetos perdidos.
  • princípios de astrologia natal – aprender a calcular o básico de toda análise natal – senhor das maneiras (personalidade), temperamento, estado da mente, motivação da carta
  • magia astrológica – o que é, limitações, talismãs
  • Outras informações

Tempo por semana – difícil de saber, mas acho que pra ver os vídeos dá uma média de 1 hora. Para aprender e trabalhar as coisas exigidas, acho que depende muito do nível do aluno, o que é óbvio para uns é demorado pra outros, então pode dar umas boas 5 horas por semana.

Como fazer parcelado – se inscreva diretamente comigo e deposite a primeira parcela e me diga em que dia vai depositar as outras e se compromete a me avisar pelo email para eu não ter que ficar adivinhando.

Leituras ou apostilas – eu transformei o curso em aulas gravadas e tarefas, para quem ainda não conhece astrologia tradicional, recomendamos textos sobre o tema, além do blog e sites como skyscript.co.uk

Instalação – não é obrigado a instalar qualquer coisa – meu curso está em uma plataforma chamada udemy online. Para fazer mapas você pode fazer no astro.com. O software que eu recomendo é o morinus que é gratuito.

Formato

Curso semanal com áudio ou vídeo e pdf.
O curso é feito online, você vê as aulas no site.
Cada semana há uma uma lição de casa para enviar para mim
Preço – apenas R$ 160
Duração 12 semanas
Início: 13/07/2019
Pagamento por depósito, paypal ou cartão de crédito – para parcelar só pelo depósito bancário

Pagamento por depósito

Pagamento por paypal (aceita cartão de crédito)



Já falamos sobre o que é Geomancia, e um pouco de sua origem e método, distribuindo pontos para criar 16 figuras, similar em princípio ao I ching. No segundo artigo falamos sobre as técnicas de perfeição que são basicamente derivadas das técnicas da astrologia horária quando a geomancia chegou à Europa (provavelmente).

Finalmente vamos falar sobre as 16 figuras, coisa que adiei porque é facilmente encontrada na Net (tente dar uma olhada na wikipedia antes de continuar), e por isso mesmo vou dar mais uma passada nos gerais do que tentar fazer uma entrada enciclopédica sobre o tema.

Aqui todos as 16 figuras para referência… anote todas para ter uma melhor ideia antes de continuar o artigo e criar uma memória visual.
Via e populus

Primeiro temos Via e Populus. Os dois são da Lua. Via representa movimento e Populus é passivo. Populus tem uma imagem geral de povo, agrupamento de pessoas, Via de velocidade. Note que os dois são atributos lunares: povo em geral, pessoas, passividade, reflexividade, e também velocidade, movimento.

Laetitia e Tristitia

Laetitia (felicidade) vs Tristicia são fáceis. A ponta para cima mostra felicidade e é jupiteriana. A ponta para baixo é tristicia e é Saturnina, tristeza. São os significados básicos de benéfico e maléfico, otimismo e pessimismo.

Puer e puella

Puer (rapaz) é de marte, e Puella (moça) é de vênus. Os dois representam aspectos de sexualidade e o que chamaríamos hoje em dia de comportamento de gênero. Puer é sexual, agressivo, direto, competitivo e até violento. Puella é fofa, feminina, estética, hedonista. Onde um é paixão e sexo a outra é amor, calma, beleza.

Acquisitio (ganho) e amission (perda) têm simbologias de ganho e perda, principalmente financeiras. Curiosamente Acquisitio é júpiter, mas amissio é vênus. Por que Vênus foi associada com perdas? Pode ser por coisas como hedonismo, ou simplesmente porque é o planeta que sobrou. É um pouco difícil de entender o desenho, então pense assim: Acquisitio como dois “Vs”, representando taças cheias. Amissio são as mesmas taças, mas de cabeça pra baixo (os “V”s invertidos) mostrando perda e desperdício. Como Amissio é venusiano, muitos geomancistas dão significado positivo para Amissio em questões amorosas e negativo para o resto.

Caput draconis (nodo norte) e Cauda draconis (nodo sul) são simplesmente os nodos com as mesmas associações – o nodo norte é expansivo, material, elétrico, enganador, consumista. O nodo sul é introvertido, passado, imaterial, esotérico, parado, desvanece. Cuidado com as figuras, porque elas são meio que o contrário dos grifos normais dos nodos e pode causar confusão.

As duas figuras do Sol são Fortuna Major (sorte maior) e Fortuna minor (sorte menor). Estão ligadas ao sol e não à parte da fortuna ( a parte da fortuna tem outra associação em geomancia). Fortuna major é coisas boas (ou más dependendo do contexto) de longo prazo, como talentos, propriedades, nome, reputação. Fortuna minor é ligada com sorte, um palpite, um amigo que por acaso te pode dar uma ajuda, fatores de ajuda que são externos a você, que são provisórios, não são permanentes, que são por acidente.

Albus (branco – mercúrio) e Rubeus (vermelho – marte) são as mais difíceis de visualizar, se alguém inventar uma boa ideia me avise. Albus têm dois “bracinhos” e rubeus têm duas “perninhas”. Albus é fácil: pense em Albus Dumbledore como representante dos aspectos mercuriais de mago, escritor, inventor, sábio. Rubeus são os aspectos mais sujos de marte – ladrão, assassino, violência, engano, falsidade, vingança.

Por último Carcer (prisão) e Conjunctio (união). Esses dois não podem ser girados, mas são reflexos um do outro. Carcer é saturno, e é basicamente o significado esperado, prisão, restrição, confinamento, estrutura, lentidão. Conjunction é mercúrio e acaba tendo um significado quase “venusiano” de união, contato, relacionamento, comprar e vender, negociar, encontrar, conectar.

Figuras por Planeta

Como vimos os Planetas regem pares de planetas: O sol tem Fortuna Major e Minor, a Lua tem Via e Populus. Com o nodo norte e sul completamos 6. Restam 10 figuras para os cinco planetas restantes: cada um fica com dois, apresentados acima. Vamos rapidamente comparar os pares.

Saturno – Tristitia e Carcer são duas figuras bem negativas relacionadas a perdas, aprisionamento, solidão, decadência, perdas, derrota.

Júpiter – Laetitita e Acquisitio (felicidade e ganho) são as duas figuras mais positivas, adequadas à jùpiter, com o potencial de ganho emocional e financeiro.

Marte – Puer (rapaz) e Rubeus (vermelho) são figuras dos dois aspectos de marte – puer representa uma visão mais masculina, adolescente, competitiva, guerreira, sexual; rubeus representa um engano, um erro, um ladrão, vingança, etc. Rubeus na casa 1 é o equivalente às “condições antes do julgamento” da astrologia horária.

Vênus – Puella (moça) e Amissio (perda). Puella são características bem venusianas como coisas bonitas, amor, relacionamento, beleza, refinamento; Amissio é perda financeira e não cai muito bem com vênus mas é o que ficou. Lembre que em questões de amor, as pessoas geralmente colocam amissio como positivo.

Mercúrio – Conjunctio (união) e Albus. Temos os aspectos comunicativos, negociativos, de ir e vir, conectar de mercúrio, e em Albus temos mais sabedoria, técnica, palavra, estudo, entendimento.

Figuras vs Perfeição

No artigo anterior falamos sobre perfeição. A perfeição, como na Astrologia Horária fala mais sobre questões sim ou não. Dentro desse marco, as figuras dão ideias de facilidade (vem rápido e fácil vs difícil), ideia de resultados positivos e negativos (“vai conseguir o emprego mas não vai gostar”), e de outras coisas que não foram mencionadas na pergunta (“vai conseguir o emprego mas a figura xxxx indica uma pessoa invejosa”)

Depois da vitória esmagadora de Boris Johnson, o primeiro ministro finalmente conseguiu maioria para fazer o brexit instantâneo – então os países britânicos saíram oficialmente no dia 31 de janeiro de 2020, e a transição dura até o final do ano, mas já está valendo. O mapa está abaixo, às 23 horas para Londres.

Brexit oficialmente ás 23h de 31 de janeiro 2020

Pontos da carta – nenhuma carta eletiva deve ser lida sem uma carta que a enraize. Mas toda carta eletiva tem pontos gerais, entre eles o mais importante é a lua. A lua está crítica, em 29 áries. Seus últimos aspectos foram um sextil a mercúrio e uma quadratura a saturno. Agora ela muda de dignidade para touro e formará um sextil ao sol e um trígono a Júpiter – aspectos positivos.

Depois temos os planetas angulares ou de outras maneiras fortalecidos. Note que a lua é o único planeta acima do horizonte e recebe destaque em seus significados acidentais e naturais (mulheres, povo, mudança, irracionalidade, romantismo, maternidade, etc, etc). Temos saturno marcado (tradição, atraso, devagar, obstáculos, inverno, carência, solidão, escuridão, pragmatismo, medo), atravessando o IC (terra, do país, finais, edifícios, construção, partido da oposição). Os benéficos estão fracos, cadentes (e júpiter com o nodo sul – a queda não é importante em eletiva) – geralmente queremos benéficos angulares e maléficos cadentes.

No geral, a posição predominante de saturno na 4 mostra a vitória de tradicionalismo, fronteiras e muralhas em um processo de separação.

A posição do senhor do ascendente na 6 das doenças, inimigos, problemas em geral pode ser vista como a queda de status de parte da população – imigrantes europeus que não sabem como será sua residência na GB e ao mesmo tempo os britânicos perdem o poder de viajar e se estabelecer onde quiserem (na época antiga a casa 6 – e em certo ponto todas as cadentes – falavam de exílio, morar fora de sua terra, sem status ou propriedades, escravidão).

Posse de boris Johnson como primeiro ministro

Acima temos o mapa da posse de Boris, e ele serve como base, fundação ou “raiz” para as ações do Brexit. O mapa de Bóris também serviria, mas como Brexit foi uma ação multigovernantes, acho que assim é mais correto.

Brexit ativa com o ASC a casa 12 da Posse: acordos secretos, inimigos, maleficência, mas também separação e “estrangeiro”, uma boa imagem da separação da União Européia.

Os bancos vão começar a sair da Inglaterra? Marte de Brexit transita sobre Júpiter na casa 2 da Posse – há um efeito destruidor sobre as finanças populares e do país, já que marte é maléfico. É difícil saber o resultado real disso – por um lado há instituições financeiras que financiaram o Brexit porque queriam manter um status de quase paraíso fiscal, mas para outras, sair da Europa faz com que Hamburgo fique muito mais atraente.

Como fica o status dos imigrantes europeus/emigrantes britânicos? Saturno Brexit transita oposição a Vênus-mercúrio na 9 (posse). Os dois têm uma assinatura de artes, escrita e teatro, mas no contexto a interpretação mais simples são relações de direito, comerciais e de relacionamento social com a UE sofrendo um forte impacto. Interpreto como o parlamento querendo complicar a vida dos cidadãos da UE (ano passado uma primeira tentativa foi rejeitada logo por quem, pela câmara dos lordes, por ser xenofóbica…)

Resumo

Na carta do Brexit temos o Senhor do ascendente na 6a, mostrando a preocupação com estrangeiros, pobres e saúde (NHS). Saturno forte e angular no mapa mostra o movimento conservador, restritor ou criador de fronteiras. A lua passando para sua dignidade pode mostrar melhoras (pelo menos a indecisão passou) mas poder sendo transferido para o Primeiro Ministro. No longo prazo, o marte de Brexit ativando Júpiter na 2 da posse indica dificuldades financeiras (possivelmente a fuga de certas organizações, como as financeiras, que tinham status privilegiado em Londres e ao mesmo tempo podiam fazer comércio com a Europa. Saturno (conservatismo) do Brexit ataca a Vênus da posse, que representa o comércio e relações com outros países, que também serão afetados logo que o período de 1 ano passar (A Grã Bretanha não têm praticamente nenhum acordo internacional que não faça parte dos acordos europeus, e nesses três anos de Brexit tampouco se empenhou em criá-los).

Dia 5 de fevereiro começou oficialmente o ano do Rato para a astrologia chinesa – BaZi ou oito pilares. Para dar um gosto, vou analisar a carta de Bolsonaro usando o método acima.

O Senhor da carta é Yin metal -Xin, na coluna do dia, superior. A descrição geral do metal Yin no estilo horóscopo é

“adora atenção, gosta de estar em foco, ou então faz uma cena. Geralmente parecem rudes e difíceis, mas com prática podem ser facilmente persuadidos, mas geralmente com sutiileza. Valorizam relacionamentos e são sentimentais, mas sua tendência de roubar o show pode ser irritante. Gostam muito de aparências e isso pode ser um problema”

Joey Yap Destiny Code Revealed pag 37

O primeiro passo é determinar se o senhor é forte ou fraco (isso não é o mesmo que bom ou ruim – serve para escolher os elementos favoráveis). Apenas 3 elementos de terra na carta ajudam o metal, e a estação do Coelho é de primavera, que enfraquece o metal, que é outonal. A carta é fraca e portanto os elementos favoráveis são terra e metal.

Pilares da década e do ano do Rato

O Pilar dos 10 anos é Água yin (névoa) celestial e o Galo (metal de outono) no ramo. O galo é metal e ajudou Bolsonaro entre 2015 e 2020, não apenas por ser metal, mas por combinar com a Serpente no pilar do dia e criar ainda mais metal. O período no geral é fortuito.

2018

Ano de Montanha (yang terra) e Cachorro (terra outonal). As duas terras são bem propícias para Bolsonaro e dão força para o Senhor fraco. O Cachorro combina com o coelho da carta para gerar fogo. Fogo normalmente é ruim para uma Senhor metal fraco, mas lembre que o ano é favorável. Fogo para metal é o elemento de poder.

2019

Vamos explorar filhos, já que notoriamente Bolsonaro tem problemas com eles. Para um homem de Metal são representados por Fogo. Não há fogo na parte superior, mas há fogo escondido no Goat (cabra) e na serpente. A casa da HORA também representa filhos.

Em 2019, ano terra yin (celeste) e Porco (terrestre), a combinação entre a cabra na casa dos filhos e o porco cria o elemento madeira, ruim para bolsonaro. Além disso, faz uma colisão com a Serpente, retirando apoio no pilar do DIA.

Clashes ou colisões entre os ramos terrestres

Os dois ataques contra a carta explicam o ano ruim e a casa da HORA ajuda a especificar para filhos

2020

O ano de 2020 é de metal yang (armas) e do rato (água invernal). O metal ainda ajuda Bolsonaro mas a água do Rato exaure o elemento metal.

O rato cria uma configuração de Dano com a Cabra na casa da HORA. O dano traz repercussões emocionais longas, e dá sensação de traição.

O rato também cria uma combinação com o Coelho chamada de castigo ingrato e mostra que acontecem casos de falta de lealdade, morder a mão que o alimenta. Isso pode se referir a bolsonaro, seus filhos ou a outros aliados em geral.

Os dois fatores acima mostram que o ano de 2020 ainda vai ser complicado para as relações emocionais no clã Bolsonaro.

Muito se fala e escreve sobre eleições (geralmente depois delas) mas meu preferido é Chris Warnock que disse “astrólogos não devem prever eleições – a chance é de 50%, se você acertou é porque você teve sorte, se errou é porque você é estúpido” (parafraseando, claro).

O outro lado também vale, muita gente que se erra é porque “a eleição foi fraudada” ou etcs, mas se acerta por pura sorte, ele é o f#dão. Eu vi repetidas vezes o argumento de que “muitos astrólogos erraram a vitória de Trump por serem democratas”, mas o outro lado também funciona – muitos astrólogos que vi acertaram apenas por serem direitistas, ou seja, queriam que Trump ganhasse e “acharam” algo que dissesse isso.

No momento (janeiro) não sabemos sequer quem será o concorrente, mas é tradição americana que a pessoa em poder tente a reeleição, e mesmo sofrendo impeachment (e também por causa disso) seria um milagre que os republicanos simplesmente escolhessem outro candidato. Mas isso não é tão relevante quanto parece: como disse uma vez John Frawley, para uma reeleição, primeiro precisamos provar que o Rei vai cair, só a partir disso podemos interpretar sinais de vitória do contestante.

Além disso, a presidência é determinada por fenômenos da astrologia mundana, pois os ciclos menores são submissos aos ciclos maiores, e as cartas natais se submetem às cartas mundanas (Grandes Conjunções, Ingressos solares, eclipses, etc) e também à realidade política dos países – por exemplo nos EUA o presidente tem muita força para se reeleger, devido ao uso da máquina pública, e os poucos casos onde não consegue recebe o nome de “Lame Duck”. O último lame duck foi Bush pai em 92, quase 30 anos atrás. Mais sobre astrologia mundana terá que ser visto separadamente no futuro.

Para quem não está acostumado com astrologia natal, ao invés de se jogar em retornos solares ou trânsitos nós temos a hierarquia preditiva:

  1. promessas natais
  2. ativação e modificação por direções primárias
  3. períodos astrológicos ativando potenciais de planetas
  4. ativação menor por repetição em retornos solares, etc

Promessas natais
O sol rege o Ascendente dando uma promessa de personalidade atrativa, egotistica, chamativa. Isso é modificado pelo nodo norte, que traz malandragem, obsessão por fama, mentira, gostos terrenos, fraude (Trump tem vários processos, como as faculdades Trump, e além do impeachment, é investigado em Nova Iorque por fraude. Muitos de seus contratistas nunca foram pagos porque são jogados no limbo pelos advogados de Trump). Na casa 11, traz promessas em política ou sucesso por aliados e indicações. Em signo de ar, personalidade mutável que quer experimentar muito, sem interesses fixos mas gosta de aumentar horizontes, fala muito. As promessas de sucesso são ampliadas pelo trígono com Júpiter. Como Trump nasceu durante um eclipse sua vida acaba se misturando com eventos mundanos e é um pouco fora de seu controle.

Já a parte da fortuna está aflita por uma oposição ao maléfico marte, grandes quedas monetárias – Trump é famoso por várias bancarrotas e falências e há polêmicas se ele não evita mostrar seu imposto de renda porque teria dívidas gigantescas.

O MC que explicita promessas sobre carreira e seu relacionamento com poderosos, chefias e fama está em Algol, que é literalmente cortar a cabeça, e figurativamente pode ser toda uma gama de atitudes e acontecimentos, como agir irresponsavelmente, inimigos poderosos, violência sexual, mas que é mais fácil de entender com o nativo do que na vida pública. O regente está na 12 com saturno, mostrando problemas e preocupações e o regente por exaltação está eclipsado com o nodo sul – diminuição, infâmia, antipatia, problemas com mulheres.

Ativação das promessas

As promessas da carta funcionam todo o tempo em abstrato, mas para ter efeitos mais concretos precisam ser ativadas. A ativação é dada ao longo da vida, dividindo a vida em períodos astrológicos. Os que uso são firdaria e profecção, com alguns auxiliares como períodos das triplicidades.

Note que essas promessas dos períodos normalmente são cíclicas e simétricas, e são modificadas pela “influência maior” de direções primárias e progressões. Assim, a profecção se repete a cada 12 anos, e a cada 8 a 20 anos o mesmo planeta regerá a firdaria, mas os resultados serão modificados pelas direções primárias (e também pelas realidades da vida, entre ser criança e idoso, por exemplo).

O sol tem um segundo papel, separado de senhor do ascendente, que é de ser luminar da carta, e seus regentes de triplicidade governam grosseiramente a vida dividida em terços – a triplicidade do luminar no terceiro período da vida (velhice) é Júpiter (em trígono com o sol), marcando mais ou menos a época em que Trump ficou famoso com seu reality show e seus fracassos mais ou menos foram esquecidos pelo público americano e ficou a imagem de empresário vitorioso, cheio de dinheiro, com o famoso “you´re fired”.

A firdaria de 2016 era do Nodo norte que como vimos nas promessas dá fama, sucesso, trapaças, “fake news”, aumento, cobiça e está ligada à fama de Trump. Já esse ano há uma virada e vamos pra firdaria do Nodo sul, que é diminutivo, cansado, ligado ao passado, desvinculado do mundo, e diminui o senhor da exaltação da carreira e da popularidade. Voto negativo para este período comparado com a eleição.

Durante a eleição de 2016 Trump tinha uma boa lua progredida em câncer, separando de Vênus e se unindo a júpiter, com recepção. Em direções primárias o sol dirigido estava nos termos do combativo marte enquanto o sol natal recebia um trígono de marte (interpretando o trígono como os sinais positivos de marte, temos energia, competição e vitória sobre inimigos). Marte no Retorno solar de 2016 fazia trígono com Vênus natal (senhora do MC).

Em 2020 a lua progredida de Trump passou por um período crítico neste ano (estava Nova-escura) e agora vai reaparecer aos poucos, mas sem aspectos (fora de curso) uma ausência de forças contra ou a favor – Trump para vencer dependerá mais da inércia do que de qualquer força positiva. E as direções primárias? O SAN em sextil com Júpiter no começo do ano imagino que sinalize sua absolvição pelo senado com maioria republicana. Mas este ano também temos Marte dirigido a uma quadratura contra vênus (regente do MC natal) enquanto o sol está nos termos de mercúrio, apenas neutro. As promessas eram muito melhores em 2016,

Na próxima estudaremos o combo profecção-Retorno Solar.

A má notícia é que já acabou 1/12 do ano e a gente ainda não fez nada da lista de fim de ano! Só distribuímos memes.

Fevereiro surge sob as seguintes cores:

2/02 – mercúrio vai para peixes (sua queda); dia 17 fica retrógrado; 3 Março volta para aquário, onde só volta a ficar direto no dia 10 Março

7/02 – vênus sai de peixes, onde tinha exaltação, e vai para áries onde está corrupta, perdendo poder no processo, e fica lá até 4 de Março. Em peixes, vênus que representa umidade estava num signo de água, e ainda sobre quadratura de marte, sinal da chamada abertura dos portões (tempestades). Isso deve diminuir quando ela for pra Áries (signo seco). Durante o período vai fazer quadratura com Júpiter (23/02) e Saturno ( 3/03). A quadratura com Júpiter não é preocupante mas com Saturno é destrutiva para relacionamentos feitos no período.

9/02 – lua cheia em 20 leão com um trígono a marte promete calor para as próximas duas semanas. Se a lua cheia cai em contato com algum planeta natal, ele tende a ser ressaltado por uns 15 dias.

16/02 – marte vai para capricórnio, sua exaltação, onde está poderoso. Com ele, ficamos com todos os 3 planetas superiores (não usamos os 3 porquinhos em astrologia tradicional) em capricórnio, formando uma tremenda congestão até ele ir pra Aquário em 30/03. Todos eles em signo seco trazem desequilíbrio para o clima, no hemisfério norte mais frio, no sul, mais calor. Também são sinais de peste, e temos o coronavírus aí, mas atenção, nada de histeria! Até agora ele não tem tido um efeito nada comparado com pragas anteriores como SARS e MERS, e mesmo em estado de pandemia parece ser controlável.

18/02 o sol sai de seu exílio em aquário e passa para Peixes. Faz um sextil com marte (23/02), e em março sextis com Júpiter (11) e Saturno(19).

21/02 mercúrio fica retrógrado em 11 de Peixes. Mercúrio são os ventos, no signo silencioso de peixes prejudica bastante as comunicações. Sendo um signo de água, a retrogração traz chuvas e tempestades.

De 22 a 24 lua escura, com a Lua nova em 4 de Peixes, evitar coisas importantes até pelo menos a reaparição da lua. Se a lua nova cai em um planeta natal (ou mesmo em qualquer casa que caia no mapa natal), às vezes as pessoas sentem uma diminuição desse planeta ou casa durante duas semanas.

23/02 sol sextil com marte – o sextil não é violento como outros aspectos de marte, então pode ser um carnaval mais “sexual” se isso faz sentido. Mas note que qualquer aspecto de sol com marte é muito ruim durante o verão pra quem não gosta de calor.

25/02 – conjunção do sol com mercúrio retrógrado em 6 peixes. Outro sinal de chuvas, calor e tempestades.

Eletivas do mês

Lembre que as eletivas tem a ver com começos, e não com o que você faz no dia, e nem são horóscopos. Essas são algumas oportunidades gerais para começar eventos de maior importância ou de longo prazo.

02 de fevereiro – Lua em touro (exaltada) trígono com Saturno (estabilidade) e sextil com vênus exaltada (e já separada de marte).

13/02 – Lua em libra trígono com sol (mas sem recepção), quadratura com saturno (mas salva pela recepção)

19/02 Lua em conjunção com Júpiter (mas sem recepção, pega ele a partir da queda), Médio

20/02 Lua em conjunção com Saturno (apesar da lua exilada e saturno ser maléfico, há recepção). Médio, mas útil para coisas que você sabe que serão lentas, burocráticas ou “frias” independendo de seu esforço.

28/02 lua em touro trígono com marte, sextil com sol

As más notícias é que já passou um mês inteiro do ano e a gente ainda não fez nada útil! Abaixo a astrologia para fevereiro

Lua nova do dia 24 Janeiro

Nessa sexta tivemos a lua nova. Há polêmicas se devemos usar a lua nova, a nova e a cheia, ou apenas a lunação anterior à entrada no signo, mas na dúvida vou usar essa (acima). Todos os planetas estão no horizonte da direita, que sugere foco em relações exteriores. A lunação está angular, perto do Descendente, sugerindo a ativação do período e sua importância, e também que a lunação “ataca” o ascendente, trazendo dificuldades (talvez por isso coincidiu com forte chuvas e enchente em lugares como Belo Horizonte. Além disso os contatos de vênus com marte fazem parte da chamada “abertura dos portões” – sinais de chuva, basicamente.

Na carta para o verão (22 dezembro – ingresso do sol em capricórnio) temos Saturno angular para boa parte do país, representando frio. Como não se espera um verão frio, a ideia é que ele no verão traz tempo ruim, fechado, nevoeiros, chuvas.

O ASC da lunação está nos primeiros graus de Leão, na casa 10, do governo e governantes, oposto a Vênus do Ingresso, representando alianças, povo, câmbio, acidentes: aqui a
Carta Menor ativa um potencial da Carta Maior (ingresso) representado pelo que Vênus significava. Esses potenciais são expressos ou modificados pela Carta Menor (lunação).* Como vênus regia a casa 1, é um sinal ruim para o mês, sofrimento popular. Vênus regendo a casa 8, aumento juros ou diminuição comércio. Vênus naturalmente sendo festas e alegria, causa problemas nessa área (mas não vai pegar o período do carnaval, já no mês que vem).

*O grau da lunação também cai perto da Vênus do ingresso, mas isso é um fator para o mundo todo, não apenas para o Brasil.

Marte está transitando também a parte da fortuna do ingresso, em sagitário, afetando durante o mês as finanças populares. Isso é sinal de aflição – inflação, queda de poder de compra ou excessos.

Bolsonaro e outros governantes (nas esferas estadual e municipal) e pessoas de poder em geral – No ingresso estava em mau estado, representados pela Lua em queda, mas dentro da casa do povo, resguardados. Nesse mês estão exaltados, mostrando seu poder – mas por outro lado em quadratura com marte. Indicações contraditórias, mas no geral os poderosos estão sujeitos à cirurgias e a ser pegos em ações criminosas, mas protegidos pelo judiciário e medicina (júpiter).

Além dos problemas das enchentes e da crise hídrica do Rio de Janeiro, onde graças a desinvestimento do governo estão servindo esgoto nas torneiras, outra preocupação de saúde pública é a pandemia chinesa de coronavírus – Júpiter rege a casa 6 do ingresso, aflita pelo nodo sul, e na lunação esse júpiter volta para a casa 6 – sinal de preocupação da saúde, então eu diria que provavelmente teremos o primeiro caso até o final da lunação

%d bloggers like this: