Mercúrio retrógrado Novembro 2019

Mercúrio novamente ficou retrógrado e já está no meio de seu movimento que vai até lá pelo 24 do mês. Durante este período é costumeiro colocar a culpa no mensageiro dos deuses por tudo de mal que acontece nos céus e terra.

mercúrio estacionário indo para retrogradação

No mapa acima vemos a situação semana passada – mercúrio ficou retrógrado no dia das bruxas nas estrelas da balança, mais conhecida pelos antigos como as garras do Escorpião. Todos os planetas estão ocidentais, menos Marte, que está sozinho no hemisfério Oriental, o que não é uma posição calma, pois Marte sozinho causa problemas sem supervisão, e vimos muitos problemas atualmente, principalmente na América Latina, resultado do Eclipse de Julho. Também foi aprovada a Reforma da Previdência (22 out) e a eleição da Argentina (27 out) transcorreram sobre a configuração.

A lua passa e observa a conjunção mercúrio retrógrado com vênus nas estrelas da pata do escorpião (comércio, equilíbrio, vingança). O mensageiro vai transmitir por “debaixo dos panos” a mensagem de vênus entre os hemisférios, acabando em Marte.

mercúrio cazimi

Depois, mais ou menos no dia da queda de Evo Morales, os astrônomos estavam empolgados com mercúrio cazimi, pois dessa vez teria uma ocultação. Vênus passava pela estrela maligna Antares de poder e ambição, enquanto Marte transitava Spica da benção (provavelmente a única razão porque Morales não foi assassinado).

Por último, semana que vem já temos mercúrio parando e voltando ao movimento direto. A lua observa novamente, dessa vez Mercúrio passando sua mensagem recebida de Vênus para Marte, nos pés de Virgem. Vênus e Júpiter fazem uma bela conjunção nas estrelas violentas do Arqueiro.

Discussão

Vênus passando sua mensagem para Marte parece positivo, mas há múltiplas maneiras de se manifestar nas notícias do mundo. Por exemplo, escândalos sexuais. As estrelas fixas dão a ideia de equilíbrio, compra e venda, o poder da Ordem e do Rei. O movimento retrógrado traz na vida cotidiana o retorno de coisas antigas, ou temas desenvolvidos em outros retrógrados. Foi mais ou menos nessa energia que Macri teve seu período limitado a um termo.

O cenário na queda de Morales já é outro. As eleições contestadas em 20 de outubro, ainda fora do período oficial de retrogradação, desenrolaram em crise com a participação da OEA. No momento atual temos uma prefeita indígena que foi pintada, desnudada e urinada, uma senadora que se autodeclarou presidente e um outro que entrou no palácio com uma Bíblia sobre a bandeira boliviana. A situação está basicamente nas mãos do Exército e ninguém sabe quem manda, mas o mais provável é que o caminho para a extrema-direita tenha se aberto. Mercúrio em ocultação é muito mais impactante que o típico mercúrio combusto, trazendo abundância de notícias falsas (fraude nas eleições ou a acusação de fraude?) e mostrando que o mensageiro trouxe para o rei a notícia combinada por baixo dos panos. Já vênus em Shaula mostra que o apoio dos ricos e poderosos mudou e está cheio de veneno – traições e até os traidores sendo traídos. (seria interessante ver a relação das eleições com este mercúrio retrógrado e outros mercúrios retrógrados nas cartas bolivianas).

O ciclo de mercúrio termina na próxima semana. Marte está forte no hemisfério oriental, antes sozinho e agora com o mensageiro. Eles discutem mensagens de guerra, rebelião e conflito aos pés da Virgem. Os pés conectam o princípio da paz e perfeição celeste com à vida concreta e suja da terra. Já vênus decide apoiar Júpiter, o príncipe regente, nas estrelas violentas e guerreiras do Arqueiro.


Posted in astrology

Astrologia de Novembro

Terminamos o mês com a lunação em escorpião, desenhando o cenário para os próximos 15 dias. Lembre que isso é astrologia mundana ou política, e não horóscopo. Para tentar ver se ele afeta algo no seu mapa pessoal, veja onde o ASC cai e se o grau da lunação aspecta algum planeta ou grau no seu mapa natal, mas mesmo assim o correto seria ver seu Retorno Lunar.

O mapa tem ASC em Leão, e se compararmos com o Ingresso em Libra, vemos que ele cai na casa 12 do mapa do Ingresso, abrindo um potencial para lentidão, dificuldades, inimigos do povo, segredos revelados, coisas se tornando secretas, prisioneiros, traições, apatia, aprisionamento. Nem o ASC nem o grau da lua caem em pontos importantes do mapa de Ingresso.

Os maléficos cadentes, no geral, dão um ar suave para a quinzena, mas marte na 3 pode trazer protestos online, com correios e coisas ligadas à mídia e estradas e viagens. Saturno na 6 tem simbologia de doenças ligadas a velhice, e também problemas de saúde de idosos sendo comentados. Júpiter na 5 frequentemente representa eventos esportivos ou de aprendizado. Eles formaram sua quadratura, o que é mais importantes para os países e regiões onde for angular.

Os planetas mais angulares são vênus e mercúrio num signo de água, isso dá uma quinzena mais chuvosa ou úmida dependendo do clima da região, e também mais ventos. Notícias sobre mulheres, casamento e família na mídia.

O presidente e líderes em geral – eram representados por mercúrio conjunto a vênus em libra (no ingresso). Agora eles estão na casa 4, casa da oposição, e com vênus corrupta em escorpião, imagem de problemas para o governo, provavelmente na forma de problemas familiares, discórdia, emoções e rancor.

Quem sofre mais são os ministros, assistentes, apoiadores do presidente e a política em geral – Lua que representava a casa 11 está muito mal em sua queda em escorpião. No momento atual temos muitas polêmicas com a família Bolsonaro, esse poderia ser um motivo. Outra coisa que me ocorre é a queda de ministros.

Ingresso em Libra

O povo em geral – se pegarmos a regência natural da lua como povo, não está muito contente por estar em escorpião, mas isso vale para o mundo todo, e portanto tem pouco valor específico. Vale mais leão como ascendente da região, pois o ascendente sempre mostra o que está enraizado, o cruzamento entre tempo e espaço. Sol na 3 dá viagens, comunicações, muito movimento, mas pouca ação.

Mercúrio representava o povo e Bolsonaro no Ingresso, um sinal de que o apoio ao governo poderia tremer, mas não iria cair, pois são guardados pelo mesmo planeta. Nesta quinzena, a popularidade de curto prazo está baixa pela posição na casa 4.

Calendário

  • 31/10 – mercúrio fica retrógrado até o dia 20
  • 01/11 vênus sai de sua queda em escorpião
  • 11- mercúrio conjunto sol – 18 escorpião
  • 12 – marte sextil júpiter no grau 25 libra. Segunda lunação do mês em touro.
  • 13 vênus em 14 sagitário antiscia Saturno em capricórnio. Mercúrio retrógrado sextil saturno.
  • 18- marte sai de seu exílio e vai para seu domicílio em escorpião, onde é mais digno, e tem uma imagem de pragmatismo, agressividade pensada, planejamento, energia internalizada.
  • 20 – mercúrio para no grau 11 escorpião e volta a seu movimento direto.
  • 22 -sol sai de escorpião
  • 23-vênus faz conjunção com Júpiter em 27 sagitário.
  • 25 – vênus sai de sagitário e vai para capricórnio.
  • 26 – lua nova em 4 sagitário.
  • 29-mercúrio direto de novo sextil Saturno – preste atenção ao que aconteceu lá pelo dia 13.
  • 03/12 – Júpiter vai sair de seu domícilio em Sagitário, onde ficou alegremente por um ano, e vai direto para sua queda em Capricórnio. Quem precisar aproveitar a energia de Júpiter para talismãs ou trânsitos, têm apenas esse mês.
Posted in astrology, Eventos e política, semanal Tagged with: ,

Conflitos no Chile

Nas últimas semanas, aos protestos em Hong Kong, somaram-se conflitos no Equador, Líbano e agora no Chile. O caso do Chile é interessante porque, apesar de financeiramente ter um crescimento bem maior que o Brasil nas últimas décadas, também destruiu o estado de bem estar social na época da ditadura. Numa situação parecida com o Brasil de 2013, repentinamente um monte de coisa veio à tona ao mesmo tempo.

Sem fazer uma investigação muito profunda, vamos olhar os mapas dos ingressos – O de áries tinha um signo dual no ASC, por isso temos que ver dois ingressos – áries e libra. O ingresso imediatamente anterior foi o de libra, que colocamos abaixo.

Ingresso em áries para a capital do Chile

Chile, Equador, Colômbia (que teve um protesto de estudantes, de menor escala), estão todos mais ou menos com o mesmo horóscopo, por estarem quase na mesma linha meridional, tendo o mesmo MC e quase o mesmo ASC. Aqui temos a oposição entre lua e saturno cadente, o que seria bom em eletiva, mas em mundana temos que considerar que são casas maléficas. O Ascendente em leão tem como regente para a região o sol, que acabou de entrar em sua queda (o ingresso em Libra sempre terá uma casa com o regente em queda no mínimo, mas é importante quando o ASC é em leão, do que por exemplo, uma casa qualquer como a 3).

A ativação da carta é dada pela lunação (abaixo). O ascendente no final de peixes cai na casa 8 do Ingresso (revoltas, problemas, acidentes, dívidas, mercado financeiro, variações, incertezas, alterações de comércio e juros). Mas além disso se espera a ativação de um planeta, e no caso é o sol do Ingresso em 0 Libra, em antiscia com o ASC da lunação.

Quais são os potenciais que vemos nesta carta? O governo que era vênus está ruim na casa 8, e o regente do MC agora também está na 12 de si mesmo. O povo era representado pelo sol, também na 8. A lua na casa 1 regia a casa 12, inimiga do povo. Geralmente em protestos vemos marte na casa 6, mas neste caso marte na casa 7 acho que também cumpre o seu papel.

Em resumo:

  • potenciais ruins para uma região são dados pelos ingressos com maléficos nos ângulos (ou casas ruins) e regentes mudando de dignidade e recebendo aspectos de casas ruins.
  • Esses potencias só têm sentido preditivo quando comparados com cartas de fundação, que no caso ainda não tenho. Pode ser a fundação do país, mas também poderia ser a posse do presidente atual.
  • Os potenciais são ativados por cartas de lunação.
  • nas cartas de lunação podemos ver como a posição dos regentes se repete ou se modifica.
  • Um dos grandes problemas da astrologia mundana é que em geral ninguém está observando – os sinais estão lá, mas 99% do diálogo é fagocitado por astrólogos americanos querendo falar sobre Trump.

Posted in astrology Tagged with:

A Heptarquia na cultura popular

O que é a Heptarquia

Se você (como a maioria das pessoas) começou sua jornada com PopAstrologia, o primeiro choque que teve com a Astrologia Tradicional foi com a ausência dos onipresentes Signos e sua substituição em poder pelos 7 Planetas. Essa é uma diferenciação muito mais importantes do que, por exemplo, o uso de Urano ou Quiron no baseamento da Astrologia versus sua vertente mais pop.

Enquanto para 99% das pessoas a astrologia se resume a signos, qual é seu signo, eu sou taurino, na Astrologia Tradicional isso quase nunca é discutido, e o objeto foco de nossa atenção é sempre nos planetas. Como eles são sete, um bom nome é a Heptarquia, ou governo dos sete.

Mas por que isso seria importante? Porque nosso princípio básico é que Todas As Coisas do Mundo Podem Ser Divididas em Sete. Não em 12, 3 ou 4. São outras opções populares sim, mas em astrologia geralmente dividiremos em 7. Podemos subdividir com maior ou menor profundidade dependendo do escopo. Então por exemplo, podemos dizer que todas as músicas são de Vênus, mas há músicas de saturno (dor de corno, morte, tristeza), músicas de vênus (amor e diversão), etc. Todas as flores são de vênus, mas flores com espinhos são de marte, flores que nascem em pântanos serão de saturno, etc.

Profissões, árvores, frutas, flores, tipos de pessoas, tipos de investimento, personalidades, objetos cotidianos, são todos objetos que dividimos ou subdividimos dentro da heptarquia.

Por toda a história clássica a heptarquia apareceu em fontes religiosas e culturais (sete pecados capitais, sete cidades, sete mares, sete artes) e não é de se surpreender que até hoje ela reaparece em várias formas de arte e cultura.

A Heptarquia nos quadrinhos

A primeira que eu vou colocar é uma das mais conhecidas, a Liga da Justiça:

A atribuição mais óbvia é Super Homem (sol), Mulher Maravilha (lua), Batman (saturno -cavaleiro das trevas), Flash (mercúrio -velocidade), Lanterna Verde (vênus, seu poder vem de um anel – objeto de decoração – que cria objetos de luz), Aquaman (júpiter – o rei dos Mares), e por último Ajax, o caçador de marte (Marte – todos os guerreiros são de marte, mas aqui temos um marciano literal).

Os perpétuos

Não tão conhecida, mas bem clássicos, são os perpétuos de Sandman, criados por Neil Gaiman

Os perpétuos não são deuses, mas as 7 forças “originais e eternas que regem a realidade”. Eles são Morte, Destino, Destruição, Sonho, Desejo, Desespero e Deleite/Delírio. Eles têm uma certa ligação com sua imagem oposta: Morte define a vida, Destruição a eternidade, sonho define a realidade, Destino define a liberdade.

Se colocarmos pela ordem caldeica do mais velho para o mais jovem, temos Morte (saturno – fim), Destino (Júpiter – futuro, também definindo a liberdade), Destruição (Marte – fácil), Sonho (sol – nosso protagonista, que define a realidade), Desejo (vênus, óbvio), Desespero (mercúrio, pensamentos obsessivos), e Delírio (louca, de lua). De todos o que menos combina é Sonho, mas fica por eliminação.

O Espectro Emocional

O Lanterna Verde é um personagem razoavelmente conhecido, com um filme fracassado e participação em desenhos animados. Ele faz parte da Tropa dos Lanternas Verdes, que representam Will* e patrulham o universo inteiro. O conceito foi depois ampliado para termos 7 Tropas:

  • Lanternas Índigo – Empatia, por algum motivo têm o poder de teleportação e obediência. Provavelmente Lua
  • Lanternas Violeta – amor, mas a gente chamaria de paixão, obviamente venusiana
  • Lanternas Azul – esperança, essência jupiteriana de sabedoria.
  • Lanternas Verde – Will – não existe uma tradução exata para Will, e os próprios quadrinhos variam entre Força de Vontade e Determinação/Coragem. Seria a mais ligada ao Sol.
  • Lanternas Amarelo – medo, mas como uma tropa de seres assustados não seria muito interessante, foi interpretada como psicopatas que gostam de causar medo.
  • Lanterna Laranja – cobiça. Nada a ver com o sol ou com as interpretações clássicas de laranja. Imagino que pensaram a partir de “ouro”. É uma emoção mais saturnina.
  • Lanterna Vermelho – raiva, a tropa marcial.

Note que as cores tradicionais não são as do arco iris (apesar de supostamente Isaac Newton as dividiu em 7 justamente para que elas se adequassem com o número). Por exemplo Lua é representada por Branco e prateado, sol com laranja e amarelo, mercúrio com cores misturadas, vênus com cores pasteis e claras, como rosa, marrom claro, verde claro, Júpiter com azul e violeta, e também vermelho, Marte vermelho, Saturno todas as cores pretas e escuras, chumbo. Estou pegando mais pela simbologia das emoções.

As 6 + 1 jóias do Infinito de Thanos

Como visto (mais ou menos) no filme, Thanos, o titã assassino, consegue 6 jóias que todos creem ser inúteis, mas que juntas têm o poder de controlar o Universo. Seu primeiro presente para a Morte (diferente da Morte de Sandman, acima) é matar metade da população do universo. Mas isso acontece mais ou menos na página 5 do gibi, o resto é bem diferente.

As 6 jóias são o que restou da divindade criadora do Universo, que solitária, cometeu suicídio (detalhe que foi, sabiamente, retirado na hora de fazer filmes). Elas são Tempo (saturno), Espaço (vênus?), Mente (mercúrio), Alma(Júpiter), Poder (marte) e Realidade (lua). Agora eles adicionaram uma sétima, Ego (sol).

Por último, como você distribuiria os personagens da Caverna do Dragão? (Contando a Uni) Coloque nos comentários.

Posted in astrology

Outubro 2019

Calendário

  • 01/10 – mercúrio sai de libra
  • 3/10 – marte sai de virgem, vai para seu exílio
  • 7/10 – sol faz quadratura com saturno (com recepção)
  • 8/10 – vênus sai de seu signo e vai para exílio
  • 13/10 – mercúrio faz sextil com saturno.
  • 13/10 – sol sextil júpiter
  • 14/10 – lua cheia
  • 20/10-vênus sextil saturno
  • 23/10 – sol sai de sua queda e vai para escorpião
  • 27/10-marte exilado faz quadratura com saturno (com recepção)
  • 28/10 – lua nova em escorpião
  • 31/10 conjunção vênus mercúrio (mercúrio estacionário ficando retrógrado no grau 27 escorpião)

Vamos aos poucos nos livrando do acúmulo de planetas em Virgem, que depois meio que foi pra libra. Finalmente alguns planetas vão para um signo de água, o que pode melhorar o clima no nível mundial

O mês começa com mercúrio indo para escorpião, que é um signo silencioso, mas sendo de marte tem uma simbologia de estudo prático ou matemático. Ao invés de passar pelo signo em 3 semanas, ele vai ficar mais lento e no dia das bruxas vai ficar oficialmente retrógrado (Brexit está programado para este dia, mas como já foi notado por outros astrólogos, marcar a saída da Inglaterra da Europa no dia de mercúrio retrógrado nunca foi um bom sinal).

Dia 3 Marte vai para Libra, seu exílio, onde funciona de forma limitada. A simbologia é do general na corte do rei, cheia de fofocas, mimos, festas e duplipensar. O general ou age como um elefante na loja de cristais ou perde sua capacidade de ser direto e ativo.

Dia 7 o sol faz uma quadratura com Saturno, o que geralmente mostra conflito, mas Saturno recebe o Sol. No entanto, o Sol está em sua queda em Libra e tem pouco ou nenhum poder = a simbologia é de líderes caídos recebendo ajuda de poderes escuros, da burocracia, etc.

Vênus sai no dia seguinte de seu signo de libra e vai para escorpião, onde está em exílio. A beleza e tato de vênus não funcionam bem no signo da decomposição material, dos pântanos, dando a imagem conhecida de ciúmes, dramas e exageros.

Dia 13, mercúrio em escorpião faz sextil com saturno. Escorpião, como mencionado, é um signo silencioso ruim para comunicação mas favorável aos estudos e profundidade, o que é ajudado por um sextil com saturno – imagem de estabilidade, estudos sérios.

No mesmo dia o sol faz sextil júpiter, temos a ajuda dos ricos ao rei, ou a ajuda dos poderes aos professores, juízes, doutores, etc. Uma assinatura razoavelmente positiva e pacificadora.

No dia seguinte, 14, temos a lua cheia em áries. Para Brasília, ela vai pegar bem no eixo ASC-DSC. Lua no ASC traz uma quinzena movimentada, com altos e baixos. Lua rege a casa 4 do terreno, país, terra, moradias.

Na segunda metade do mês temos vênus sextil saturno no dia 20, uma boa imagem para inícios de relacionamentos, pois manifesta seriedade e estabilidade, apesar de vênus estar exilada.

No dia 23 sol sai de sua queda e vai para escorpião, o que já é uma melhora significativa para assuntos de poder, visibilidade, congressos.

Dia 27 marte exilado no signo de Libra faz quadratura com saturno (com recepção). Novamente, a quadratura não é um aspecto suave, mas a recepção mostra que Saturno cumpre com as petições de Marte. Marte exilado traz uma certa corrupção, mas entendemos no geral uma aliança temporária entre os maléficos. Imagem de aliança entre bandidos, entre forças militares, entre forças conflitantes.

Em 28 de outubro temos a lua nova em escorpião. Eu diria que há chuvas nessa quinzena pelo Brasil, apesar do ASC em fogo. Todos os planetas estão abaixo do horizonte, uma imagem de escuridão, traição, por debaixo dos panos, introversão, segredos, pouca atividade.

E finalmente no dia das bruxas, 31, temos a conjunção de vênus e mercúrio, geralmente uma imagem de artes como escrita, pintura, etc. Mercúrio está parado no grau 27 escorpião e vai ficar retrógrado pelas primeiras três semanas de Novembro.

Curso Astrologia Natal

o curso de astrologia natal começa em outubro e dura 20 semanas. Pode se inscrever até o final de outubro. Veja mais em nossa página e participe, oferecido anualmente.

Posted in astrology

Ingresso Libra 2019

A astrologia mundana fala sobre os países, povos, civilizações e as ondas que eles sofrem. Ao contrário da pop astrologia, não usamos cartas natais para prever, e sim um conjunto de cartas, incluindo lunações, ingressos, eclipses, Grandes Conjunções, Posses presidenciais, etc.

Os ingressos são a entrada do Sol no primeiro grau do signo. O básico é o ingresso em áries. Se o ingresso tiver um signo cardinal no ASC, Mashallah e outros dizem para calcular os 4 ingressos. Já vamos no terceiro ingresso do ano, em Libra.

O ingresso em Libra para Brasília está abaixo.

Ingresso em libra 2019 – Brasília.

A grande concentração de planetas em virgem passou para Libra ao longo de Setembro, e da casa 12 da última lunação para a casa 1. Um grande número de planetas na casa 12 de um ingresso geralmente não é positivo, afeta o povo (geralmente acúmulos de planetas representam brigas de forças). A lua se separa de Saturno e tenta um aspecto com Marte, que não recebe o aspecto por ele vir de sua queda, representando falha em comunicações, infraestrutura, contratos ou investimentos. Lua também mostra os Ministros do governo e a Política em geral, cometendo gafes ou falhando em acordos.

Note júpiter angular no IC. A linha de longitude que corta Brasília (por exemplo o mapa para São Paulo é quase idêntico.) estarão todas sobre esta influência – moderadora do clima e de uma primavera úmida. O Ascendente nos termos de vênus adiciona umidade ao clima em geral. Eu dou o senhor do período para Mercúrio, porque ele rege o ASC e está em contra-antíscia ao ASC. Mercúrio dá ventos e variação de clima de semana a semana. Mercúrio na casa 2 mostra que a ênfase é em questões da economia.

A oposição Lua com nodo norte versus Saturno é igual para todas as partes do mundo. Para Brasília, pode ser um mau símbolo para quem é contra a Reforma da Previdência – representa a política da casa 11 afligindo os mais velhos e pobres.

Comparando com a posse Bolsonaro

O ASC do ingresso está em oposição à parte da Fortuna da Posse – grandes gastos ou perdas do tesouro (fortuna na 11). O senhor do trimestre, mercúrio, está transitando a casa 6 do mapa da posse, período difícil para o presidente e sua popularidade.

Comparando com a Lunação em Peixes

A lunação em Peixes fala sobre prosperidade (ou não), fertilidade, cultivo e economia. O ASC do período em 14 Virgem está oposto diretamente à lunação em 15 Peixes. Qual era o potencial da lunação que é ativado?

Na lunação temos o senhor do ascendente reentrando na sua queda, por estar retrógrado, uma condição de quem saiu do fogo, mas decidiu voltar. A lua tenta dar seu aspecto para júpiter, mas é interrompida por Saturno, condições financeiras fracas para o período. A ativação dessa carta confirma a posição de mercúrio na 2 como um período ainda fraco para a economia. Mercúrio também pode ser muitos boatos na área financeira e altos e baixos na Bolsa.

(Adicionado 02/10)
Reforma da previdência inicialmente aprovada dia 01/outubro/2019.
Note marte no ASC da carta – semanas bem estranhas no período – Janot (ex-procurador da República) dizendo que “devia ter dado um tiro em Gilmar” (STF). Não se sabe se Lula vai ser libertado (ou até mesmo se poderia simplesmente sair por sua decisão?) e se as decisões da Lava jato vão ser canceladas a granel.

Posted in astrology

Curso iniciantes 2019 2o semestre

Olá, senhores, como anunciado vamos abrir o curso de astrologia natal – nível avançado, agora no dia 7 de outubro. Se não puder começar neste dia, não se preocupe porque aceitamos uma ou duas semanas de atraso. Também parcelamos sem problema (mas tem que entrar em contato diretamente comigo).

Quem já fez o curso sempre pode refazer.

Pagamento
Preço: 270
Inscrição até no máximo duas semanas depois do início.
Duração 20 semanas (sujeito a modificação)
Pagamento pelo paypal ou cartão de crédito direto no botão abaixo
Pagamento por depósito bancário abaixo
Se precisa parcelar ou algo assim entre em contato pelo email, não tenho problemas
Pagamento pelo paypal ou cartão de crédito

paypal




 

 

Posted in astrology, Mapa natal

Astrologia Setembro 2019

O mapa da lua nova é uma das cartas de início que usamos para Astrologia Mundana. No caso começa bem no início de setembro e estabelece um bom padrão para o mês.

Abaixo o mapa da lunação. Ele deve ser comparado com outros mapas, como o Ingresso de Câncer, eclipses, posses, etc. A primeira coisa a notar é que essa é a lunação Super virginiana – temos o impressionante número de 5 dos 7 planetas tradicionais jogados lá. O Ascendente também está em 29 de virgem, e todos estes planetas caem na maléfica casa 12. Oh, felicidade para todos!

O acúmulo de planetas em virgem afeta as coisas representadas por Terra – enquanto Capricórnio é terra montanhosa, rocha, dura, e Touro são campos e pastos, Virgem pode ser plantações, como as de trigo, e também florestas e campos “virgens”. Não apenas a Amazônia está sofrendo muito com as queimadas, mas neste momento há também grandes focos na África. Havia um na Tanzânia, mas não sei se como está agora. Isso simboliza bem com mercúrio e marte combustos neste signo.

Lua nova para Brasília

O excesso de planetas na casa 12 não é agradável. Algumas possibilidades são

  • Falta de atividade, mês parado e sem novidades
  • Traições, segredos revelados
  • Doenças, crise de saúde de famosos e líderes.
  • Crises, problemas em prisões.

O único planeta angular neste mapa é SAturno, que volta para a casa 4, como estava no Ingresso. Problemas e destruição em coisas relacionadas a terra, terreno, imóveis, pessoas velhas (reforma da aposentadoria se for neste mês).

Abaixo o mapa do Ingresso em Câncer. Vemos que virgem era a casa 12 desse mapa, portanto novamente temos a simbologia da casa 12 afetando.

Entrada do Sol no signo de Câncer para Brasília 2019

Ativações e temas em evidência durante o mês
30/8 a-3/9 – segredos, informações, comércio internacional, o presidente, traições ou coisas escondidas, crimes ou aflições contra o povo.
4/9 a 8/9- crise em cadeias, assassinatos ou crimes hediondos, muito movimento no feriado.
9/9 – 12/9 – ponto importante na crise da Amazônia. Votação da previdência neste período pode ser crítica e muito negativa para os aposentados.
13/9 a 17/9- movimentação de férias, temas de sistema de comunicação, viagens internacionais, infraestrutura, decisões judiciais, investimentos, calmaria.
18/9 a 21/9 – período difícil, pode ser crimes, traições, aumento de incêndios.
21/9 a 25/9 – Presidentes ou poderosos tendo segredos, ou enfrentando doença, ou no mínimo se escondendo e viajando.
25a 29/9 – Relações amorosas escondidas ou proibidas sendo reveladas.

Posted in astrology

Se haverão chuvas no mês – bebendo na Fonte

De Bonatti, Capítulo sobre as Chuvas, página 1453 tradução Ben Dykes

1 -Se em qualquer mês quiser saber se haverá chuvas, faça o mapa da conjunção do sol e lua, e você verá que planeta os aspectam, de que casas, e de que mansões lunares. Porque se aplicarem planetas que trazem chuvas ou de mansões úmidas, indicam um mês chuvoso. Mas se os aspectos dos planetas que trazem chuvas vierem de signos secos isso diminuirá as chuvas para um terço ou um quarto do previsto.

2 -Se vênus aspectar saturno (especialmente se vênus transferir a luz de marte, mercúrio ou júpiter) poderá prognosticar chuvas sem dúvidas.

3 -E se além disso um dos planetas acima aplicar ao sol, indicarão alguma forma de chuva, porque a natureza do sol neste caso representa mais o úmido do que a secura.

4 -Também haverá chuvas fortes se o sol e vênus estiverem conjuntos e na mesma mansão, da natureza de um dos dois, e além disso devem estar em uma boa casa e receber aspecto do dispositor do signo onde estão.

Na última lunação temos um exemplo razoavelmente parecido, com vênus bem próximo do Sol.

sol e vênus estão conjuntos (e com marte), numa mansão lunar que é chuvosa. O dispositor é o próprio sol. Estão numa boa casa, não angulares. Saturno está no IC, prometendo frio, névoa e tempo fechado.

5 -O dia de grandes chuvas será quando a lua transitar (em algum momento depois) o grau da sua conjunção do sol na carta que fizemos, e ao mesmo tempo aspectar júpiter ou mercúrio, em um signo de ar ou água (principalmente se júpiter ou mercúrio tiverem latitude sul). E isso é ainda mais forte se houver recepção entre os planetas.

(Mashallah diz mais ou menos o mesmo, mas ele não se importa com o grau da lunação, e sim com os ângulos da carta de lunação. Isso permite “localizar” os efeitos para onde a carta foi criada, enquanto o grau da lunação é igual para todas as partes do mundo. Mashallah também não menciona Júpiter e fala mais de vênus e mercúrio).

6-E você verá se um planeta inferior (mercúrio, vênus ou sol) se aplicar a um planeta superior (marte, júpiter ou saturno), especialmente com latitude (ou declinação?) sul, pois isso indica chuvas.

A aplicação de um planeta inferior a um superior é comumente chamada de abertura dos portões. Mas Bonatti não está colocando a doutrina completa – a abertura dos portões ocorre quando um planeta encontra o regente do signo oposto, ou seja, vênus e marte, mercúrio e júpiter, lua e sol contra saturno. Por exemplo, no mapa de (4) veja que marte e vênus estão conjutos, portanto abrindo os portões, já que regem signos opostos, como áries e libra, touro e escorpião. Também não vemos normalmente essa condição de planetas ao sul.

7-E Abu Mashar diz para ver se a lua está fazendo aspecto separativo a vênus, pois isso diminui as chuvas […]

Comentário

Este capítulo é típico para a previsão de chuvas e é quase idêntico a outros de Mashallah ou Abu Mashar. Se cria um mapa para a lunação (lua nova, mas geralmente lua nova ou lua cheia) e este momento é usado para julgar as chuvas.

Um dos problemas desse tipo de texto é que todas as considerações são gerais, iguais para o mundo inteiro. Por exemplo “veja se o grau da lunação está conjunto a vênus” é igual para todo o mundo. Pode ser um bom indicador de tendência, mas não explica se isso afetará o Brasil ou a China.

Para “localizar” as tendências para uma região, uma solução é pegar apenas locais onde planetas prometendo chuvas estão angulares.

O único lugar onde Bonatti se destaca é no uso das Mansões lunares, uma adição posterior ao jogo que quase não se encontra em textos mais antigos. No entanto é sugerido a leitura sobre as Mansões antes de encontrar Bonatti, já que o texto tem inúmeros erros na nomeação das mansões.

Outra pequena diferença é que Mashallah só menciona vênus, mercúrio e lua como planetas de chuva, Bonatti parece admitir Júpiter, pelo que entendo do texto.

Comentário irrelevante: apenas para desopilar o fígado, quero comentar as horríveis notas de tradução que Ben Dykes coloca: são inúmeras, atrapalhando o texto e não esclarecem absolutamente nada, enquanto as partes do texto que necessitam desesperadamente de um bom comentário de contextualização passam sem nada.

Posted in astrology

Boris Johnson

Boris Johnson foi “escolhido” para ser o (que já dizem) “último” Primeiro-Ministro da Grã-Bretanha. Ele é o terceiro PM conservador escolhido indiretamente* e já impopular que vai carregar o Brexit.

Da direita para esquerda: Theresa May, Boris Johnson, Michael Gove, geralmente satirizado como uma “mean girl” e David Davis

Boris Johnson não é horrível como Trump (os britânicos não foram tão burros), mas é uma figura esquisitíssima da TV inglesa com sua refrão sendo “PWA FWA”, cabelo à la Trump, filhos ilegítimos, declarações grosseiras contra líderes de estado (enquanto era ministro do Exterior), etc.

Mapa de boris Johnson, Rodden A

É engraçado Lua na casa 1 pela aparência lunática de Johson, mas para nós ela é a Sra da casa 10. Júpiter também é importante porque é exaltação da 10 e aspectado por Fortuna. Vênus é Sra do ASC e está conjunta ao Sol, regente natural de carreira.

O eclipse do sol anterior para Londres mostra a queda de May, afinal Eclipses mostram um mês de inícios e finais, principalmente para os “reis”. E a renúncia de May teve que ter sido organizada privadamente antes do anúncio público, que foi depois do eclipse da lua do dia 16. Note a vênus desse eclipse transitando a vênus e sol de Johnson no grau 28 gêmeos, ativando seu poder e aliados.

O Astro.com coloca o evento dele como PM como a data da escolha, mas isso apenas mostra o momento em que ele virou líder do partido Conservador. Para a astrologia tradicional, a posse é mais importante, e é quando a Rainha pede que ele forme um Governo em seu nome, ele se ajoelha e beija seu anel.

Não consegui achar o horário, mas May fez a última discussão com o Parlamento às 11h30, fez seu discurso de despedida para as câmeras e só depois do almoço dirigiu até a Rainha oferecer sua renúncia, Johnson chegando logo depois. Uma discussão no skyscript diz que ele entrou no Palácio às 15h08 e dá algo de 15h11 a 15h20. Para todo o período temos um ASC em escorpião.

Posse estimada de Johnson quando a Rainha pede que forme um novo Governo em seu nome (o mapa diz 14h, mas o correto seria 15h ajustado pelo horário de verão, dando o mesmo mapa)

A carta de posse cai na casa 2 de BJ, possivelmente em oposição ao seu Júpiter natal, e marte transitando em quadratura a este Júpiter natal. O único aspecto da lua é uma quadratura com mercúrio na cúspide da 8. Sahl diz que um planeta combusto, retrógrado ou cadente vai “vomitar” o aspecto de volta, mas havendo recepção (mercúrio em câncer) haveria melhora. Um ponto positivo é ter o senhor do ASC na casa 10 em trígono com júpiter.

Vênus transita por oposição ao eclipse da lua de 16 Julho, novamente vênus parece significar a Johnson. Vênus representa alianças e estava na casa 4 do eclipse lunar, e mostra que seu papel será em definir o que é “nação”.

Em resumo, apesar de não termos evidências para dizer se o governo dele realmente será catastrófico, aparentemente ele será louco o suficiente para realizar o Brexit sem nenhum tipo de acordo de segurança.

*Por definição no Parlamentarismo o PM nunca é escolhido diretamente, mas há coisas que deixam a população se sentindo ainda mais excluída – David Cameron pegou o cargo depois que o povo votou no Partido Liberal, fazendo o primeiro governo de coalizão em décadas e décadas (e levando à destruição do partido liberal, que até então era visto como centro esquerda e mais parecido com o Trabalhista do que com os Tori). Depois do Piggate e do desastre do Brexit (dica: nunca faça mudanças constitucionais na base do plebiscito e ônibus divulgando mentiras nas ruas), ele renunciou e passou a batata quente para Theresa May. May fez um terrível trabalho de negociação com seu “brexit means brexit” e derrotada e humilhada largou tudo. Bóris, um dos originais culpados pela palhaçada Brexit, foi escolhido em reuniões fechadas pelos membros do partido Conservador, sem nenhum tipo de fingimento de que a opinião do povo importava.

Agora Brexit está marcado para o Dia das Bruxas. Para ter uma ideia do colapso, a economia Britânica cresceu significativamente nos últimos 20 anos vendendo para a Europa. A GB não têm acordos comerciais independentes com nenhum membro do bloco. Desde produtos básicos até os de tratamento de Câncer não se sabe se estarão disponíveis depois de Outubro. O estado de britânicos aposentados que moram na Europa também é desconhecido, já que o governo xenófobo britânico não quis garantir os direitos dos europeus morando lá.

Por isso mesmo Johnson já está sendo chamado de “último PM da Grã Bretanha”. Irlanda e Escócia que votaram majoritariamente contra a bobagem do Brexit (eleito principalmente por pessoas velhas da Inglaterra, com medo de estrangeiros e islamismo) estão se coçando para sair de vez do bloco e ficar mesmo com a Europa.

Posted in astrology, Eventos e política

Aprenda mais astrologia

Veja o que perdeu

%d bloggers like this: