Quais são seus termos ?

“Às vezes, o termo pode ser comparado ao último refúgio de um planeta”

Todo mundo sabe que os planetas regem os signos. Por exemplo, marte rege áries e escorpião. Saturno rege Capricórnio e Aquário, etc. Os planetas exteriores, Urano, Netuno e Plutão, na verdade não regem nada, antes que perguntem. Muito menos os asteróides como Ceres, Quiron, e os corpos inexistentes como Lilith, então se alguem falou que sim, etc, desconsidere, bitte.

Mas, o que menos gente sabe, é que existem várias outras “regências”. Em ordem de importância, elas se chamam exaltação, triplicidade, termo e decano. Hoje vamos dar uma olhadinha nos chamados Termos.

O que são os termos ?

Todos os signos tem um planeta regente. Por exemplo, Áries é regido por Marte. Mas áries também tem outros regentes. Por exemplo, o Sol tem sua exaltação em áries, etc. Além disso, áries (e todos os outros signos) é dividido em cinco partes desiguais, cada uma dessas partes é dedicada a um planeta. Essas divisões do signo são chamadas de termos.

No caso de áries, os primeiros 6 graus (de 0 graus de áries a 5 graus e 59 minutos, para ser exato) pertencem a Júpiter. Os próximos 6 graus são domínio de vênus. Mais oito graus são de mercúrio. E daí temos 5 graus para marte e os últimos 5 para Saturno, completando os 30 graus do signo de áries.

Mas de onde vem isso ?

Totalmente desconhecido. Não sabemos porque a ordem foi estabelecida dessa maneira (primeiro júpiter, depois vênus, etc) para o signo de áries, ou para os outros signos. Em cada signo, a ordem muda um pouco, a única regularidade é que, em geral, os últimos graus dos signos ficam para os maléficos, marte e saturno.

O tamanho de cada termo também é irregular e não sabemos o motivo disso. A única pista, é que se somarmos o número total de graus dedicados a um planeta, temos os seus chamados “anos maiores”. Por exemplo, a Saturno foi atribuido o período de 57 anos, e somando todos os termos de saturno, ao longo do zodíaco, temos exatamente 57 anos.

Note também que a Lua e o Sol não tem termos. Segundo o Steven Birchfield isso acontece porque os “termos” do Sol (chamado “Domínio”) se extendem de 0 grau de Leão até o último grau de Capricórnio. E o  domínio da Lua se extende do início de Aquário até o final do signo de câncer. Mas esse conhecimento também tem sido basicamente ignorado.

A tabela completa dos termos egípcios

(Clique na figura para ver uma versão maior)

A tabela é fácil de ser compreendida. Digamos que eu tenha o ascendente em 12 graus de câncer. Vou em câncer e vejo que os primeiros 7 graus (número da esquerda) estão nos termos de marte, e os próximos 6 graus estãos nos termos de vênus.

Como o ascendente está em 12 graus de câncer, e os termos de vênus vão de 7 de câncer a  12 graus 59 minutos de câncer (veja os números da direita), então dizemos que vênus é o regente do termo do ascendente.

Outros exemplos:

  • Sol em 28 Escorpião : Veja na tabela que o grau 28 está determinado a Saturno.
  • Lua em 17 graus e 01 minuto de Virgem: veja que até 16 graus e 59 minutos de Virgem, temos o termo de vênus. Mas, em 17 graus e 1 minuto, a Lua já está nos termos de Júpiter. Note que não temos o conceito de “orbe” aqui… a Lua está nos termos de um ou em de outro, não está “mais ou menos”.

Termos egípcios ou ptolomeicos ?

A tabela acima é dos termos chamados “egipcios” que são os mais antigos. Mas tem alguns astrólogos que usam outro conjunto de termos chamados Ptolomeicos. A discussão seria muito complicada sobre os méritos dos sistemas, mas pra simplificar: Ptolomeu escreveu um trabalho muito importante chamado “tetrabiblos”. Esse trabalho era basicamente “revisionista”, ou seja, Ptolomeu desprezou grande parte da astrologia de sua época, e criou “sua própria versão” do conhecimento astrológico, sem dar fontes ou citações, como fez em outros trabalhos. Também é de nota que ptolomeu não era astrólogo, e que o trabalho é considerado por James Holden como sendo de menor qualidade comparado com a obra ptoloméica.

E, uma das revisões de Ptolomeu foi colocar uma outra série de termos, que para ele “funcionavam melhor”. Mas pelo que se descobriu, os gregos nunca usaram os termos ptoloméicos, e sim os egipcios. Os árabes preservaram a tradição grega dos termos egípcios.

Apenas depois das guerras de Europa e Islã, que os europeus tentaram “purgar” a astrologia de todo o “falso conhecimento árabe” e se voltaram para o único livro que tinham disponível dos gregos: o tetrabiblos.

Assim, em obras como as de Lilly, você verá ele usando os termos ptolomeicos, e em obras mais antigas, como as medievais e árabes, se verá os velhos termos egipcios. Morin me parece que simplesmente apagou os termos de seus estudos pois considerou que era “mais uma tolice dos árabes”

E como funciona ?

O propósito dos termos foi esquecido ao longo dos tempos. Os renascentistas (que usavam a tabela de termos ptolomeicos) já não os usavam praticamente, e esqueceram seu sentido. Sua única função era dar graus de força a um planeta. Mesmo assim eram considerados uma fonte menor de dignidade.

Quando vemos o uso dos termos nos gregos temos mais pistas de sua importância primordial: os termos simbolizam  a qualidade mais limitadora das coisas, em geral seu corpo físico.

Exemplos

Na carta de início de um jogo de futebol, temos dois times rivais, representados pelo ascendente e pelo descendente. O problema é descobrir qual lado é qual. Uma das maneiras de descobrir os lados é pelos termos… Vamos supor que o ascendente está nos termos de saturno (negro) e o regente do ascendente está nos termos de marte (vermelho). Se um dos times estiver usando a combinação dessas cores, voilá !

Em horárias, os termos podem representar a qualidade “mais física” do problema. Vamos supor que um documento importante se perdeu. Se ele está nos termos de vênus, ele pode estar num setor de “atendimento ao cliente” ou talvez na cafeteria da empresa.

Em cartas natais, por exemplo Zoller conta que no Livro Hermetis uma maneira de terminar  a classe social dos pais do nativo era ver os termos do Sol e da Lua. O Sol nos termos de marte e saturno (ou a Lua) era um indicador de padres “escravos ou estrangeiros” ou, lido com lentes contemporâneas, de classe baixa. (Atenção: esse não é o site oficial do Zoller, já que ele tem uma briga de direitos autorais com esse site, que usa a cara dele como propaganda. O site oficial dele é http://robertezoller.com/).

Também em cartas natais, um dos cálculos mais polêmicos que há é o do Hyleg. O hyleg basicamente representa a “força vital”, então era uma medida de “expectativa de vida”. Para saber quantos anos o hyleg podia oferecer, se olhava outro planeta chamado “alchocoden”. E o primeiro candidato a alchocoden era sempre o termo, pois como dito antes, ele tem uma representação peculiar do “corpo físico”.

 Artigos Relacionados

Posted in astrology
6 comments on “Quais são seus termos ?
  1. fligue says:

    Muito bom o texto não sabia da história dos termos do sol e da lua, a Pepita em uma ilustração separa essa parte como hemisférios do sol e lua.
    Não sabia da história desses 2 sites de Zoller, estranho com uma ultilização clara da imagem dele ele já devia ter ganhado e tirado o q não concorda do site.

  2. Qual seria a importância do termo do ascendente natal?

  3. Ricardo says:

    Interessante o conceito de termo. Como até ontem, literalmente, eu só conhecia a astrologia dita moderna, nunca havia ouvido falar de termo e da importância do Ascendente.

    Você diz que o significado do termo foi perdido com as Eras. Mas eu talvez possa dar uma pista: vendo o termo do meu ascendente, percebi que ele é Marte (meu Ascendente está a 25 graus de Virgem). Já faz um certo tempo que, em qualquer ambiente que eu entro (com exceção de academias e aulas de artes marciais – estranhamente) logo aparece alguém que “não vai com a minha cara” e tenta me prejudicar.

    CLARO que podem haver muitíssimos mais fatores envolvidos nisso, mas eu me pergunto: será que isso não tem ligação com esse termo no Ascendente? Ele pode dar um ‘tom’ ariano à minha aparência e/ou personalidade, o que pode fazer com que pessoas mais dispostas a um antagonismo resolvam arranjar encrenca comigo. Claro também que isso é um “achismo” baseado somente na minha vivência, mas depois de 42 anos vendo isso acontecer em quase todos os ambientes que já frequentei, você começa a se perguntar o porquê disso.

    (Antes, eu achava que era devido a ter Plutão em Libra interceptado na primeira casa).

    • yuzuru says:

      Obrigado pelo comentário. Achei a pergunta interessante, mas a resposta é provavelmente náo
      O termo do ascendente (outros fatores constantes) geralmente mostra algo sobre o rosto.
      Inimigos sao mostrados pela casa 6, entao é mais provavel que seja mercúrio ou sol.

      Como voce mesmo disse, é provável que múltiplos fatores estejam envolvidos, como por exemplo temperamento. Um temperamento colérico ou melancólico geralmente tem mais possibilidade de ser o “elefante na loja de cristais” sempre ferindo as sensibilidades sem querer. Além do mais, o brasileiro também tem certas hipocrisias que todos sabemos, vide os Big Brothers da vida.

  4. Ricardo says:

    Dando uma rápida olhada no meu mapa, o que temos? Marte e Lua na casa 6! kakakakaka

    Ou seja, inimigos irados e temperamentais? Isso explica MUITA coisa. E Marte está perto da cúspide do Descendente, não sei se isso “piora” a situação.

    E eu que pensei que só significasse que tenho certa dificuldade em manejar minhas energias (a não ser quando me deixo levar pelo emoção, o que já me fez tomar atitudes muito estúpidas).

  5. Adriana says:

    Olá tenho uma dúvida, no caso do planeta que esta no termo exemplo lua a 3º de virgem é termo de mercurio, a pessoa representada terá o perfil de mercurio em virgem? como vejo isso.obrigada!

4 Pings/Trackbacks for "Quais são seus termos ?"
  1. […] ou com o aspecto com outro planeta. Na astrologia tradicional se olhava para a a distribuição dos termos que o ascendente ia caminhando. Os termos são divisões desiguais dos signos entre os planetas […]

  2. […] dos aspectos com os demais planetas natais, as conjunções do sol com cúspides, mudanças de termos e estrelas […]

  3. […] Quais são seus termos ? […]

Leave a Reply

Aprenda mais astrologia

Veja o que perdeu

%d bloggers like this: