Profecção e Direções da Profecção

O leitor Astrochato (ele que escolheu o nome, não eu!) me escreveu nos comentários do post sobre disposição e recepção:

yuzuru, help! tava brincando com as revoluções solares e me deparei com um problema. de acordo com o lilly devo pegar o grau do meu ascendente, 21° de touro, contar na ordem dos signos até o vigésimo terceiro (tenho vinte e dois anos), e então marcar o 21° grau desse signo como ascendente do mapa da revolução. o restante do mapa fica onde está quando o sol volta pro mesmo grau da minha natividade. ou seja, ele quer que eu use as casas nos mesmos graus da natividade, trocando só os signos. o que vc acha? anyway, o ascendente da minha revolução solar pro 23° ano, com sol a exatos 10° e 01′, se deu em 23° de virgem. considero 21° ou 23°? eu sei que vc vai me dizer pra eu ir com calma com as revoluçoes, mas esse ano é meio importante, sendo que no segundo semestre pode ser que eu repita outro semestre no meu curso (medicina) que já é muito longo, e dependo, por um milagre, de conseguir uma disciplina de verao específica em outra universidade, e pedir inclusão na minha. é uma disciplina pouco ofertada durante as férias, e essa rs pode ser uma luz pra eu me tranquilizar, ou mesmo ir me conformando com mais um semestre nessa universidade. sem contar a volta da minha mãe pra áfrica, daqui pouco mais de um mês, fora que saturno tá pertinho do ascendente, na 1 e retrógrado, oposto a parte da fortuna, e regendo a 6, e júpiter natal que tá na 12, na rs tá na 6, e marte na rs rege a oito da rs, e faz quadrado a júpiter natal. o ponto é, tô com medo de adoecer, entende? afinal, uso os mesmo graus, ou não?de acordo com o lilly o ascendente fica a 21 de aquario, no mapa normal da hora da revolução fica em 23 de virgem. todos os planetas da RS que eu citei são referentes a RS com asc em virgem 23. é que eu tinha prova de patologia, e escrevi correndo pq tava atrasado. rs.
abço.

Bem, como diria jack o estripador, vamos por partes:

Idéias muito muito tontas sobre profecção

Tem um picareta falando que a “chave secreta da profecção” de William Lilly se encontra no Tarot. Picaretagem pura. De uma maneira ou de outra, astrologia tradicional está começando a entrar “na moda” por causa de seus nomes estranhos e “exóticos”. É claro que isso abre a porta para picaretas brasileiros inventarem bobagem, sem se dar ao trabalho de pesquisar.

Depois aparece as astroperuas falando que “fulano é um excelente astrólogo”. Não, não é. Se fosse, não estaria inventando bobagem que não sabe. O primeiro critério para se conseguir conhecimento é humildade, mas não a falsa humildade dos tolos e dos preguiçosos, mas a humildade dos que vão realmente à fonte e estudam, não inventando coisas sem o menor cabimento.

Como diz uma figurinha carimbada de uma comunidade de bolsa de valores: “o povo tem mais preguiça do que vontade de ganhar dinheiro”. Se isso é para quem está investindo seu dinheiro, imagina para astrologia!

O segundo critério para conseguir o conhecimento é saber diferenciar o joio do trigo. Se a pessoa não sabe ver que vincular profecção e tarot através de uma “chave secreta”, e atribuir a um autor morto, sem nenhuma citação, é um indício da mais picaretagem, vá para outro lugar, please, não leia esse blog, e muito menos comente. Existe diferença de opinião e existe preguiça e incompetência.

Idéias não tontas sobre profecção (mas que mesmo assim não funcionam)

Robert Zoller difundiu entre seus alunos a idéia de que a profecção era feita por casas.

Exemplo, se fulano tem o ascendente em 15 Aries , e a casa9 em 5 Virgem, a profecção iria para a casa 9, 5 de Virgem, e não para leão, o nono signo.

Isso está incorreto. Nunca encontrei nenhuma citação que dissesse isso na astrologia tradicional. A profecção sempre se fez por signo. Num ano 9, sua profecção vai para o 9 signo, não importando onde está sua casa 9.

Outra idéia de Zoller (e essa está em algumas fontes da tradição, como Agrippa) é que você pode profectar casas. Por exemplo, profectar a casa 2 para saber sobre dinheiro. Isso na minha opinião e experiência, ou não funciona, ou funciona muito pouco a ponto de ser irrelevante em relação a outros fatores. Eu gostaria de explicar os motivos filosóficos disso, mas acabaria tomando o post inteiro.

A terceira idéia do zoller, muito difundida, é que a profecção vai mudando a ordem das casas: por exemplo, você tem marte na casa 11. No ano 2, a casa 2 natal viraria ascendente, e portanto a casa 11 viraria 10. Novamente, se isso funciona, eu nunca achei evidencia.

Outra idéia falsa, derivada desses ensinamentos, é que um ano 8 estará ligado à morte, por exemplo. Isso é falso. Voce não terá uma experiência de morte todo ano 8, nem elas serão concentradas apenas nos seus anos 8. Os anos 8, PODEM ser negativos, como explicaremos abaixo, mas a essência da profecção não é essa.

Na época de Lilly, vários conhecimentos já estavam em decadência, a profecção sendo um deles. Acho que foi Lilly que sugeriu que se o ascendente profectado estivesse na metade de touro, metade do ano seria regido por venus e a outra metade por mercúrio. Isso também está errado.

Como se faz a profecção

A profecção como já mencionado anteriormente nesse blog (veja os links no final do artigo), se faz através da progressão de um signo (e não dos graus – veremos isso mais adiante), velocidade de um signo por ano.

Não se faz a profecção apenas do ascendente, mas dos pontos hygelicos, do mesmo modo que nas direções primárias. Nao se profecta as casas.

A profecção se compara com o mapa natal (e suas promessas) e com a revolução solar. O motivo que astrólogos modernos não sabem interpretar o mapa do retorno solar (a não ser depois que o ano passou) é que a técnica do retorno solar existe desde os gregos, e foi criada justamente para comparar com outras técnicas como profeccoes, firdaria e direções primárias! Ficar olhando o mapa com técnicas modernas é pura perda de tempo, já que o retorno solar é uma técnica tradicional. É como usar uma bússola para tentar medir a temperatura.

O importante não é a casa para onde vai a profecção. A profecção num ano 8, nao faz com que a profecção seja maligna. O importante é encontrar o senhor da profecção.

O senhor da profecção é encontrado através de experiência e regras (não existe método mecânico em astrologia verdadeira). Basicamente se procura um planeta que esteja nesse signo natalmente. Depois um no retorno solar. Depois o regente natal. Em cada caso deve ser considerado coisas como dignidades acidentais e essenciais, aversão, etc.

O tema da delineação de um senhor da profecção é muito complicado para se escrever num blog. Eu planejo fazer finalmente um curso de astrologia natal até o meio do ano. Interessados devem já ter um background em astrologia horária, sem o qual a pessoa não sabe realmente fazer astrologia tradicional.

A direção do ascendente profectado.

Há duas coisas diferentes aqui: o ascendente profectado e a direção do ascendente profectado.

O ascendente, desde os gregos, se profecta por signo inteiro. Ele não “anda”, ele “salta”. Se hoje está em Touro, ano que vem estará em gêmeos.

Os árabes fizeram uma adição ao conceito. A partir do ascendente natal, se pega esse mesmo grau no signo profectado (no caso 21 de virgem), e se dirige esse grau simbolicamente à velocidade de 1 grau a casa 12 dias e pouco, assim em um ano andará 30 graus.

Não confunda a direção com a profecção! O regente da profecção não muda durante o ano!

A direção do ascendente profectado deve ser considerada como uma técnica AUXILIAR para ajudar a descobrir, no Retorno Solar, quais as datas aproximadas de quando os eventos prometidos se cumprirão!

Por exemplo, se marte em oposição ao ascendente é interpretado como “acidentes”, quando o ascendente profectado entrar nos termos de marte, ou fazer aspecto ao marte do Retorno, esse seria uma data de ativação do potencial. Para verificar esse potencial, o Retorno Lunar deveria ser considerado.

Meu conselho

Meu conselho sobre seu caso particular é “desencane”. Voce provavelmente está lendo seu RS errado. Uma característica de todo iniciante é abrir o mapa do RS e enxergar tragédias sobre tragédias. Abra todos os seus Retornos solares nesses 22 anos de vida e verá quantos retornos trágicos você teve. Agora abra seus retornos lunares e verá quantos centenas de Retornos Lunares horríveis você escapou incólume.

Depois disso, se não mudou sua opinião, apenas assuma que algo ruim vai acontecer e se prepare! Se se sente mal, vá ao médico. Não abuse. Não encha a cara. Não faça como o Rodolfo, saltando de muros, etc. Deixe seus problemas resolvidos, etc.

Ab

Artigos Relacionados


Posted in astrology, Mapa natal, Previsao e Técnicas, Temas Avançados Tagged with: , , , , ,
22 comments on “Profecção e Direções da Profecção
  1. Gisela - Gi says:

    Eu já aprendi. E o Rodolfo ajudou outro dia, além de você mesmo ter me dito que era o “signo profetado”. Agora fico de olho. Adorei aprender mais sobre a ordem caldeica e vi que faz um baita sentido. Aliada à Firdaria então! Nossa!

    Para confortar nosso amigo da carta, de repente, isso vai ajudar:

    Vivo a profecção em Leão, casa 12. Nada em Leão. Mas na RS Marte está em Leão e na casa 6 e o Sol está em Áries na casa 2. Recepção mútua que se diz? Mas não se aspectam. No mapa natal Marte rege a 3 (isso intensifica todo o problema que vivo com parentes e irmãs mais velhas) e a 8. Aliás, não sou eu quem tenho problema! São elas. E isso me afeta porque morei 3 meses com minha irmã e agora tive de vir para cá novamente. O problema com outra meia-irmã (todas são meias/duas filhas de mãe e outra de pai) era referente a uma herança. Enfim, resumindo, isso acabou. Agora onde me concentro? Não tem tanto a casa 8, apesar de haver ainda uma certa angústia, porque é por causa de uma morte que estou vivendoisso. E essa tem o rancor pq apesar de ter sido criada pelo meu pai, não tinha direito a nada. Espero que ela ou minhas sobrinhas não venham aqui. Vou até tirar da lista de favoritos. ;-))

    Esse Marte na 6 tem muito a ver com problemas de saúde de minha irmã, ou estou errada, Yuzuru? Mas é muito isso. Ela é infernal no cotidiano. O meu Sol ali na 2 pode até ter a ver com gastos em excesso, mas de certa forma tem a ver com eu estar vendo isso tudo agora, as coisas ruins da personalidade dessas pessoas que agora estão me afetando, vindo à tona? Acho que tem a ver com assuntos da casa 12,que eram latentes e com Marte transitando desde outubro por essa casa acordou o oculto. Achei pavoroso o que vi, mas agora estou mais esperta. E ainda tem o fato desse planeta ser o dispositor de meu Sol, Mercúrio e Júpiter.

    Bom, enfim, eu sempre falo do meu mapa, porque isso me ajuda e pode servir de exemplo para outras pessoas, além do que faz com que eu aprenda, estude mais, mesmo que seja apenas por aqui.

    Abração a todos

    • yuzuru says:

      Eu pessoalmente acho que assuntos relacionados diretamente a outras pessoas devem ser vistas pelo mapa delas.

      Por exemplo, sua irma fica doente, veja no mapa dela.

      Sua irma fica doente e voce fica cuidando dela, influenciará o mapa das duas.

  2. Astrochato says:

    Yuzuru,
    você tem razão, já tenho tendências pessimistas/catástróficas, às vezes parece que só tem Marte e Saturno no mapa, rs.
    Sobre o meu “pseudônimo”, eu até ensaiei escrever um longo discurso, daqueles bem prolixos (minha especialidade), mas vou resumir. As pessoas super inteligentes e informadas do Tocantins, e do Brasil de modo geral, não sabem nada de astrologia, certo? Pois é, como a astrologia me toma muito tempo, sempre que alguém me pergunta “e aí, que tem feito da vida?”, eu só penso em reponder “estudado muita astrologia”, rs.
    Volta e meia me pego no meio DAQUELE discurso ultracomplexo sobre a dificuldade de coisas que eu mesmo não entendo bem, como direções primárias, e a pessoa com aquela cara de “Aham Cláudia, senta lá!”. Eu me sinto o mais incoveniente do universo, e saio de fininho. Devido ao meu nonsense, eu já ouvi algumas vezes, principalmente de amigos próximos que sou um verdadeiro “astrochato”. Claro que é uma brincadeira, mas como a carapuça serviu, eu resolvi adotar.
    Mas é engraçado que não é difícil achar um amigay para debater o impacto da hipotética aprovação da PLC122 sobre a família brasileira, ou um estudante de filosofia pra discutir o relativismo antropológico moderno, ou mesmo um de arquitetura pra falar do contexto estético das igrejas góticas do Himalaia. Entendeu o meu ponto? Todo mundo tem uma opinião sobre o assunto de todo mundo, quando é sobre o meu assunto as pessoas só querem saber se o signo delas combina com o do novo peguete. Saca só:

    – Ai Filipe, fique sabendo que vc entende tudo de astrologia. Falaí, meu signo é Libra. Combina com o quê?

    Aí você responde o que a tia moderna te ensinou: Libra combina com Gêmeos, Leão, Sagitário e Aquário. Daí a pessoa não se contenta e solta:

    – Não sei, não. Você tem certeza? É que a mãe da vizinha da tia da professora… blábláblá… da minha amiga é aquariana. E eu acho ela super nojenta…

    Essa eu ouvi semana passada. Tá bom ou quer mais? rs.
    E fica tranquilo que pular muros está fora de cogitação. Aliás essa é uma história que me deixa bastante curioso. O que estava fazendo o Dr. Rodolfo pra cair de um muro? Deve ser uma história no mínimo cômica.
    No mais, por enquanto é isso. Eu ia te perguntar como fazia pra saber se um Planeta estava lento ou rápido de movimento, mas daí recebi um presente de Deus chamado Morinus, e lá tem as velocidades. É só eu comparar com as velocidades médias e pronto, né?
    Eu não estou fazendo direções, pq estou seguindo seu conselho de ir com calma. Mas estava lendo a respeito e me deu vontade de te perguntar o que vc acha das direções placidianas em comparação com as ptolomaicas.
    É isso. Abraços,
    Filipe.

    • yuzuru says:

      Bem, todas as direcoes, de uma maneira ou outra, sao baseadas em ptolomeu.
      Mas, se voce quer saber se eu uso as direcoes in mundo de placidus, nao, eu acho um invencionismo do italiano, sem sentido nenhum

      Quanto a questao de signo sempre me impressiona como as pessoas 1 – reduzem o conhecimento a uma bobagem 2 – depois reclamam que nao funciona

      Dr Rodolfo se machucou uns anos atrás, é possível ver a odisséia procurando no blog dele.

  3. Gisela - Gi says:

    Eu concordo também. No mapa das pessoas tem de ser visto. No mais, eu linko pessoas com as quais simpatizo e, às vezes, não necessariamente concordo e isso pode se dar, tanto com um colega “da tradicional”, quanto um “colega da moderna”. Gosto de “surfar” em todos os caminhos até para decidir realmente se um dia farei um curso mais detalhado, mas acho sim que no futuro um dos meus “afazeres”, digamos, será este e me vejo fazendo crochê e mapas, analisando também. ;-))

  4. Aldis says:

    oi, yuzuru.
    eu também sou um astrochato e quero perguntar uma duvida meio maluca. Profecção ou direções podem ser úteis ao fazer talismãs? estou determinado a aproveitar jupiter em peixes ao máximo e quero chegar aos limites das possibilidades de talismas e amuletos.

    • yuzuru says:

      Eu acredito que nao… parece demasiado minuncioso.
      TALVEZ a profecçao disesse, dentro das características juperianas do amuleto, que aspecto da carta natal seria mais beneficiado, mas obviamente essa é apenas uma hipótese.

  5. Paulo Felipe says:

    Olá Yuzuru, fico feliz com o artigo sobre profecção, pois é um assunto que vira e mexe me dá dúvidas sobre como proceder. Então, aproveito para fazer algumas perguntas:

    Qual fonte vc aconselha pra estudar profecção? Não me lembro de nenhum livro que exiba o assunto em detalhes, e isso me deixa muito no achismo.

    Quais sinais vc usa da profecção pra “timear” eventos? Vc a progride até que o AC aspecte o regente do ano nela mesmo ou o regente do ano na RS? Conta signos e dá 1 mês pra cada até que se chegue naquele em que o regente do ano está natalmente? Observa se há direção primária e/ou secundária envolvendo o regente do ano e o da coisa prometida na natividade? Observa o ingresso do AC no termo do planeta relevante (já vi que isso vc observa…)? Mais alguma dica sobre isso?

    PS: quando for dar seu curso, quero participar, é sempre bom ver como outros astrologos praticantes fazem seu trabalho natal ^_^

    PS2: de onde vc tira os exemplos desses malucos que inventam técnicas? Eu juro que procuro mas só encontro astrologia “muderna” na net…

    • yuzuru says:

      Todos falam sobre profecçao, mas como é costume da época, quase nenhum dá exemplos. A única exceçao que me ocorre é Valens.

      Aqui precisaria de um pouco de esclarecimento.
      A direçao primária é de uma “escala superior”. A idéia de que ela “mostra o dia dos eventos” é moderna, falsa e geralmente feita com os cálculos todos errados.
      Supostamente, quando queremos “timear” 🙂 um evento, já temos uma boa idéia do que queremos ver (por exemplo casamento).
      Eu pessoalmente estudei mais retornos lunares como técnica de timing (o que dá um trabalho do cão).
      Eu ainda nao fiz um trabalho descente com as “profeccoes mensais”: o Rodolfo sugere que a profecçao mensal até o regente da profecçao anual, o planeta onde está na RS, ou ainda os signos desse regente, dará o gatilho. Mas note que isso nos dá como 5-6 possibilidades por ano.
      As direçoes primária do ascendente sempre devem ser observadas em relaçao aos aspectos natais, aos aspectos progredidos secundariamente, e aos termos. Quanto ao ascendente da profeccao dirigido, eu sugiro observar os aspectos dele à RS, que me parece ser o conselho dos antigos. Mas na prática eu aidna estou estudando. Talvez essa semana eu consiga descobrir se realmente é útil.
      Como diria Zoller, só podemos dizer se uma técnica funciona depois de aplicar em 200 mapas pelo menos.

      PS: estaria muito contente de ter vc e outros no curso.

      PS2 basta procurar nas revistas que gostam muito de “constelacoes”

  6. Aldis says:

    oi, yuzuru
    tenho uma duvuda sobre profecção que é também sobre horária e natal: as órbitas ou orbes. só vale aspectos exatos? e quando é fora de signo, a orbe é menor ou não existe mesmo que a distancia entre os planetas é pequena? pergunto isso especialmente por que tenho mercurio a 28 de aquário e júpiter a 1 de peixes. eles estão em conjunção ou é coisa de astrologia moderna? tentei procurar a resposta em postagens mais antigas do blog mas não achei nada.

    • yuzuru says:

      As orbes variam de acordo com os planetas envolvidos.
      Aspectos fora de signo sao polêmicos. Minha sugestao é evitar, a nao ser que a distancia seja realmente muito pequena. Eu geralmente só uso aspectos fora de signo da lua.

  7. Aldis says:

    muito obrigado, yuzuru.
    os livros de astroloogia moderna só desorientam a gente!

  8. Aldis says:

    yuzuru, a interpretação da profecção fica mais clara observando a idade? por exemplo, na idade de venus o planeta venus teria mais influência em relação ao signo profectado? caberia aqui a discussão de qual seria a idade de venus. André Barbault afirma que adolescencia é idade de mercurio, eu acho que a idade de mercurio começa quando as crianças aprendem a falar e a adolescencia seria a idade de venus. então enus teria mais importancia na profecção dessa idade?

    • yuzuru says:

      Tanto quanto eu saiba, nao, as idades do homem sao muito vagas, mas teria que ver… as firdarias com certeza nao teriam importancia, porque a ordem das firdaria e das idades do homem sao iguais para todo mundo.

      As idades do homem sao dadas por ptolomeu, na ordem caldeica inversa.
      lua 0-4 anos
      mercúrio 4-14
      venus 14-23
      etc

  9. windyvisions says:

    não tem nada a ver com o post, mas eu li isso num site e comecei a rir muito, achei que você poderia rir um pouquinho também:

    “Possibilidades no mapa do indivíduo ter AIDS:
    – Mercúrio Retrógrado
    – Regente do Asc. entre Plutão e Netuno
    – Estélliun em Virgem
    – Regente da casa XII em qualquer aspecto com Júpiter
    – Enquadramento do Asc., Netuno, Nódulo e Lua em qualquer posição
    – Ter algum planeta a 16º de Sagitário”

    poxa, e quando não existia aids? hahahhahah

    • yuzuru says:

      Oi Windy
      ridiculo é mesmo, rir já é mais dificil devido a falta da vergonha da pessoa…

      astrólogo gosta de reclamar que nao é respeitado, mas agora dar-se ao respeito ninguém quer, né?

      Imagino que esses resultados sejam de uma suuuuuper investigacao feita com uma “pesquisa científica” e blá, blá, blá…

      e também imagino que se voce for pegar todos os critérios, metade dos mapas do astrodatabank encaixariam.

      ab

  10. Aldis says:

    oi, yuzuru.
    é verdade que em astrologia tradicional os angulos só fazem conjunção e não outros aspectos?
    a astrologia moderna tem tantos aspectos que é fica parecendo que só os planetas fazem aspectos na verdade.

  11. xripblix says:

    pelo que eu saiba, só os nodos lunares é que fazem exclusivamente conjunção, não é Yuzuru?

    • yuzuru says:

      Depende do que voce está falando.
      Mas na védica os nodos fazem alguns aspectos de acordo com a regiao da India…
      Na tradicional ocidental só se usavam a conjuncao e as vezes os “extremos”… o planeta está nos extremos quando está numa quadratura aos nodos, mas isso em si nao tem nada a ver com um aspecto ao nodo, esse é o ponto de maior latitude norte ou sul.

  12. Wadalsky says:

    Saudações Yuzuru!

    Minha dúvida é a seguite:

    Nste ano de 2011, meu Ascendente profectado será Áries, o qual no mapa radical e encontra-se interceptado na casa 5.

    Tenho dois planetas neste signos, Marte a 9º16 e Vênus a 17º25! E meu Ascendente natal está a 9º29.

    Além disso, neste ano de 2011, eu terei Júpiter em conjunção exata com meu marte natal no meu Mapa de Revolução.

    Neste caso, qual é o planeta dentre os que citei, devo considerar como o senhor da profecção?

    Agradeço desde já pela explicação!

    Feliz 2011
    Abrçs

    • yuzuru says:

      O fato de estar interceptado é irrelevante, vamos olhar o regente.
      Veja se marte ou venus estao aspectando o signo de áries. Se nao estiverem, provavelmente o regente é júpiter. Se um deles estiver aspectando, provavelmente será ele. Se os dois estiverem aspectando, provavelmente será marte.

Leave a Reply to Anonymous Cancel reply

Aprenda mais astrologia

Veja o que perdeu

%d bloggers like this: