O segredo da astrologia natal

O segredo da astrologia natal
segredo astrologia natal

Nesse artigo vamos dar, totalmente de graça, o segredo do sucesso na astrologia natal. Então, leia até o final, porque esse pequeno segredo pode mudar (ou pelo menos deveria) a maneira como você entende a astrologia natal.

Por que astrologia natal é uma droga?

Porque ela compreende toda uma vida.

Warnock costuma reclamar que a astrologia horária para ele é como um laser, e a natal como uma luz estroboscopica e difusa. A sua casa 11 é sua casa 11 aos 2 anos de idade e aos 82. A mesma configuração que existe na sua carta existe para uma pessoa nos EUA, em Uganda, e na Alemanha do século 12, que no entanto tiveram vidas diferentes.

Um dos motivos pelos quais se recomenda aos alunos de astrologia que NÃO estudem astrologia baseados em seus próprios mapas é que se a pessoa é muito jovem (leia-se, antes de pelo menos 38-45) ela ainda não tem a menor idéia sobre sua personalidade, área de trabalho e vida amorosa. O fato de que, aos 30, a gente acha que sabe qual é o nosso caminho só mostra o quanto o destino ri de nossa inocência. Para saber se sua vida amorosa é turbulenta, espere até os 35 pelo menos, e não, seu namoro de 2 anos indo e voltando com aquela menina não conta.

Por que os astrólogos são uma droga na astrologia natal?

Por que eles não fazem diagnósticos. Só fazem autópsias.

O diagnóstico é uma coisa que você faz em uma carta astral viva, que ainda pode se desenvolver. Fazemos previsões sobre os fatos e tentamos dar informações úteis.

A autópsia, por outro lado, é feito numa carta astral morta. Olhamos sobre fatos que já aconteceram e fazemos posvisões. Pegamos o cadáver da carta e o abrimos e dissecamos o fato que já aconteceu. A posvisão é sempre muito divertida, porque não podemos errar. Frawley, que é excelente, escreveu recente uma análise de RS em que comenta como a casa 2 da pessoa mostra o seu ferimento no pescoço… mas em nenhum momento se lembra de comentar como o astrólogo saberia, a priori, que o homem se feriria no pescoço? Ou olharíamos cada casa procurando por um ferimento em uma área do corpo?

E olha que Frawley é um astrólogo sério, por isso que falo dele. Eu nem me digno a comentar o povo de Orkut que agora migrou para o facebook e continua com as mesmas bobagens de grandes configurações, calendários maias e interpretações new age aleatórias.

Por que a astrologia horária é tão superior a astrologia natal?

Warnock está errado. A astrologia natal, usando as ferramentas corretas, não é pior nem melhor que a horária. Claro que você precisa saber decidir qual ferramenta usar, mas a natal não é mais “confusa” do que a horária.
Então porque a horária deu um salto tão grande 10 anos atrás quando a astrologia horária tradicional voltou forte, enquanto astrólogos tradicionais, ou que se dizem tradicionais, como Lee Lehman, mostram uma total incompreensão de como prever com astrologia natal (e quem duvida, por favor, compre o livro dela de Retornos Solares – eu tenho livro de astrólogos modernos que são melhores).

A resposta é simples: quando os astrólogos voltaram a fazer astrologia horária usando regras, repentinamente eles podiam ERRAR.

Ninguém gosta de errar. Como comentei acima, é muito mais divertido brincar de fazer posvisões. Todo mundo é culpado disso. Eu sou, você é, a Lee Lehman, e os new age. Mas é importante saber que isso não é astrologia de verdade.
Como diz a teoria econômica do risco e retorno, um precisa do outro. Astrólogos que nunca correm um risco, tampouco têm nenhum retorno em seu aprendizado. É necessário sair fora da zona de conforto.
No entanto, como fazer isso com a astrologia natal?

Como aumentar nossa possibilidade de errar?

Como dissemos acima, olhamos o mapa para toda uma vida. Olhamos o mapa de Obama e sabemos que ele teve sucesso na vida. Seja porque o planeta X está em Y, ou Z ou está W, é problema de opinião. Eu posso dizer com toda certeza que é porque o regente do MC dele está em trigono com o regente do ASC. E se eu estiver errado e na verdade for algo totalmente diferente?
Daí caímos na terrível ferramenta da estatística, que é muito ruim para se interpretar astrologia. Enquanto a estatística é indispensável para chegar a conclusões frias, como a eficiência de um medicamento, ela não foi criada para ser útil em diagnósticos de casos individuais, para isso que se criou o profissional pensante.

Chegamos ao dilema da astrologia, que explica porque, mesmo a astrologia tradicional que voltou com tanta força 10 anos atrás deu uma brutal estagnada… a astrologia não evolui não porque não temos inovação (deus sabe que temos inovação demais… a cada dia é uma moda diferente) e sim porque os astrólogos não querem errar e nem podem, porque suas técnicas não permitem que errem. E sem errar, não é possível uma pratica consciente. E sem prática consciente, não há melhora de nossas habilidades de interpretação.

Como errar mais em astrologia natal?

Adicionando um fator que você sempre se esqueceu, os new age não sabem que existe, e que a astrologia hindu e chinesa usam constantemente: o tempo.

Ouça bem esse segredo e ele vai te permitir errar muito mais constantemente.

E, se você errar mais constantemente, você vai poder aprender. Pessoas certas não aprendem.
Todas as técnicas tradicionais tem embutidas um método de previsão, progressão, ou divisão da vida em períodos. Firdaria, profeccao, aphesis, progressões secundárias, o que seja. Pegue o de sua escola ou guru, eu não vou falar qual o correto. Mas escolha um e fique com ele. Não adianta usar 25 métodos e, na autópsia, ficar escolhendo qual o conveniente para ajustar ao fato já conhecido. Isso se chama colar na prova.

Escolha um método de ativação do mapa no tempo. Pode ser trânsitos se você quiser. Eu sugiro firdaria. Agora use a seguinte regra.

Vamos supor que você tenha a seguinte teoria: Obama conseguiu ser presidente por ter um senhor do ascendente digno (saturno em capricórnio) em trígono com marte (senhor do MC). Como você pode decidir se você está errado?
A regra é simples: se durante o período de sucesso que você está estudando na sua autópsia, nem marte, nem saturno estavam ativados (pelo seu método) então você está errado.

É muito fácil chegar a conclusões genéricas “olha, saturno está na casa 10 dessa pessoa e ela teve muito sucesso”. Como você sabe que ela não teve sucesso APESAR de saturno? Olhe o período em que saturno estava ativo. Se nesse período a pessoa caiu na sarjeta, então você está errado, saturno na casa 10 não causou sucesso, ele atrasou sucesso. Ou vice-versa.

PS: Seja honesto e coloque nos comentários uma vez que você errou profundamente e que lição você aprendeu com isso! 🙂

2 comments on “O segredo da astrologia natal
  1. Mateus DK says:

    Challenge Accepted – Errei feio e errei rude quando disse que Camarões ia ganhar do Brasil no jogo da Copa 2014. Fiz uma horária porque alguém me perguntou e pediu a resposta. Considerei o Brasil no ASC, me esquecendo completamente que o ASC é o querente! Todo mundo zuou.

  2. Mateus Santana says:

    Muito bom o texto!

    Eu tenho um pouco de birra com a astrologia tradicional, porque tenho jupiter e lua na casa 12 (tirando plutão e nodo lunar sul que dentro da astrologia tradicional tem papel secundario, ou até mesmo o jupiter que é mais geracional que pessoal, em minha opinião, pois todos que nasceram com ascendente em sagitário no ano de 94 têm jupiter na 12… e ta ai uma curiosidade, na minha primeira infancia tive bom peso, talvez porque logo aos 1 ano de idade jupiter passou pela casa 1 em sagitário… mas com o passar do tempo fiquei conhecido pela minha magreza e canela/pernas finas, o completo oposto do ascendente em sagitário quem têm como caracteristica cochas fortes e grandiosas, vide neymar também, suposto ascendente em sagitário mas conhecido por ser pequeno), e na astrologia tradicional eu só iria ouvir coisas ruins sobre tais posicionamentos. Mas agora você levantou que dentro da astrologia tradicional, esse meu mapa natal teria pouca influencia. Legal. Eu ainda gosto muito da astrologia natal, porque o que me interessa na astrologia é realmente descobrir como a configuração dos astros afetam o nosso mundo, que hoje é pluricultural, multicultural e tudo mais. Resumindo, como os astros ajudam na criação de seres humanos tão diferentes e de uma sociedade tão confusa e ao mesmo tempo bela!

    A firdaria ou Dasha (na astrologia vedica), são mesmo de suma importância.

    O júpiter na casa 12, na minha opinião (e por favor, queria sua opinião sobre o assunto se não for pedir demais, ou de qualquer estudante da astrologia) não é algo essencialmente ruim. Mas o seu dasha ou sua firdaria me afetaram bastante. Por exemplo, o dasha de jupiter na minha vida seria de 90 a 98 (nasci em 94), nessas 4 primeiros anos o que aconteceu em minha vida? Enquanto ele estava em sagitario (95) eu fui forte, saudavel, fiz amigos, e era querido na minha familia, que me bajulavam bastante pela minha beleza e vitalidade (Eu era muito, muito capetinha, todos falam que eu parecia com um furacão, a casa em que passava ficava toda revirada), mas nos anos subsequentes, aonde jupiter passou pelo seu detrimento/queda/exilio (capricornio) -que eu não sei qual estado cosmico que ele fica, mas sei que é algum ruim-, aconteceram coisas estranhas na minha vida. 1 – Na minha primeira creche, me dopavam pelo excesso de energia e consequente dificuldade em cuidar de mim, eu não era o unico, mas davam dramin pra toda a sala. 2 – Na segunda escola, aonde minha mae trabalhava como professora – talvez ela ate tentou se aproximar de mim e cuidar melhor, pra não acontecer o que aconteceu na antiga creche, por confusão de uma professora, ingeri cloro ao invés de água! kkkk Felizmente, não fui afetado de forma drastica, e no final do dia eu ja estava em casa me alimentando normalmente, embora tenha sido o que mais bebeu cloro entre todos que ingeriram, alguns cospiram quando sentiram o cheiro, outros deram uma pequena bicada…. eu dei 2 grandes goles. Mas me lembro do episódio como se fosse hoje, mesmo tendo 20 anos, e lembro que na sala de espera do consultório médico eu brincava normalmente rindo e atiçando todos a minha volta, inclusive os diretores da escola, que deviam estar muito preocupados com o incidente, que falavam que me levariam ao mcdonalds depois do médico e eu ria falando que queria ir mesmo. 3 – Numa viagem a MG de onde sou natural, num dia de alagamento – ou seja, estavamos presos na roça em que minha mãe foi criada, Cai de uma janela, bati a cabeça fortemente, de forma que desmaiei, regorgitei (Não sei o termo correto, mas fiz aquele vômito caracteristico de pessoa que tem convulsão) tive algumas convulsões no caminho, e nos dias seguintes tive que re-aprender a engatinhar e depois andar, novamente por felicidade do destino, em 3 dias ja andava e conversava normalmente.

    Então tem muito do significado primordial da astrologia tradicional dentro do meu mapa, não deixei de ter a sorte e a saúde de ferro do ascendente de sagitário, mas fui posto em situações que nem de longe poderiam ser chamada de “sorte” (casa 12).

    O acidente da janela foi tão sério, que houve um momento que o meu pai precisava de atravessar uma ponte que por causa do alagamento não existia mais – ou seja, ele teria que atravessar a ponte me carregando no colo com a altura da água acima da cintura e uma forte correnteza que é comum durante enchentes. Antes de entrar em tal empreitada ele rezou e pediu pra Deus, que se eu sobrevivesse, ele iria na igreja todo domingo o resto da sua vida. E como estrou escrevendo esse texto, a 16 anos ele o faz, tendo poucas “recaidas” durante esses anos.

    Pra astrologia Natal, o jupiter na casa 12 não é tão ruim assim, pode indicar humildade, desapego, eremita, e tudo mais (Eu sei que você não concorda com isso). Mas usando a firdaria (Dasha), agente vê que se na parte do caráter o significado pode não ser tão ruim, no plano física os significados tão longe de serem positivos!

    Ps: na védica eu deixo de ter ascendente em sagitario, mas não deixo de ter jupiter na 12. Talvez la seja ainda pior, já que meu marte esta na casa 8 – sideral e tropical não têm mt diferença sobre as casa no quesito posição dos planetas por casa, mas lembrando que na védica o sistema de casas é por signo inteiro- e la meu ascendente é escorpião….
    To fudido mesmo em ? kkkk
    Em uma o regente da 1 ta na 12, na outra na 8 , fudeu! kkkk

    Ps 2 : como voce abordou no topico sobre a RS de Ayrton Senna usando o conceito de “placebo” ou olhar pra um mapa já sabendo o que procurar. Tanto na vedica quanto na ocidental podemos achar explicações pra essas coisas na minha vida, mas de forma diferente. Na tradicional seria a perspectiva Ascendente-casa 12, la seria ascendente casa 8, ja que na vedica a minha venus passa da casa 11 pra 12, estando em signo moolkitrana (regente), e mesmo essa sendo uma casa maléfica, o regente da 12 na 12 ameniza os seus efeitos negativos!

1 Pings/Trackbacks for "O segredo da astrologia natal"

Leave a Reply