Posse presidencial 2019

Editado 2 – afinal de contas a data não mudou – o projeto nunca foi aprovado. A data realmente é de 01 de janeiro de 2019 e o resto do artigo continua valendo.

(Editado – agora me avisaram que foi mudado a data da posse para 5 Janeiro de 2019, fazendo toda a análise praticamente inútil 🙁
só mantenho aqui pra não ficar criando confusão para as pessoas.)

Agora, em outubro 2018, temos dois candidatos para o segundo turno – Bolsonaro e Haddad. Supondo que nada extraordinário ocorra, a posse de um dos dois será no dia 01 de janeiro de 2019. Infelizmente não há horário fixo, como nos EUA, mas a última posse foi algo como 15h, e estou supondo que seja ao redor desse horário.

A astrologia eletiva é a arte de escolher melhores e piores momentos a partir da astrologia. Por exemplo, a abertura de uma empresa ou o início de um casamento. O momento escolhido não diz se o evento será bom, portanto não garante que o tio bêbado não vai cair na piscina no casamento, mas fala sobre os efeitos que virão no projeto. O início do evento é a semente e os resultados são a árvore. No entanto, note que como tudo na vida a eletiva não dá garantias – a árvore precisa de uma boa semente, mas também de um bom terreno e ser regada. Por exemplo há pouco valor de fazer uma eletiva para um casamento de pessoas incompatíveis e esperar que elas sejam felizes, ou de abrir uma empresa sem caixa ou experiência e achar que ela vai competir com a Microsoft.

A eletiva tem dois componentes – o geral e o particular. O lado geral é igual para todos os projetos iniciados naquele momento, como todos os casamentos iniciados num sábado às 6 da tarde. O lado particular é a interação do mapa eletivo com o mapa natal dos envolvidos. O mapa geral diz certas tendências, e usamos principalmente para evitar probabilidades negativas. A parte particular dará potenciais na carta natal do envolvido sendo ativados pelo mapa eletivo.

Antes de começarmos a análise, deve-se entender dois princípios – nenhuma eletiva é perfeita, e mesmo que pudéssemos escolher um momento para a posse, sempre haveria pontos positivos e negativos. O nosso trabalho como astrólogos é justamente de evitar os momentos mais negativos. Em segundo lugar, quando o momento é “fixo”, ou seja, ele necessariamente tem que acontecer no dia 01 de janeiro a cada 4 anos, muitos fatores se tornam inúteis, pois eles sempre acontecerão da mesma maneira para todas as posses. Um exemplo para esclarecer – o sol sempre estará em Capricórnio no dia 01 de janeiro, então isso não pode fazer parte de nossa análise. Mas nesse caso especial, o sol estará conjunto com saturno, o que não repete sempre e portanto é importante para nós.

Note que uma boa carta não diz que será um governo bom para nós – e sim que é um governo bom para o governante ou seja, que não será derrubado como a Dilma, por exemplo, que assumiu com uma lua oposta a saturno.

Mapa da posse

No mapa acima feito para Brasília, a posse eu coloquei para 15h. A lua está em escorpião. Se fosse uma eletiva, teríamos que evitar esse dia para algo tão importante, pois escorpião é a queda da lua. Como é exigido fazer a posse nesse dia, pelo menos temos dois lados positivos – apesar da lua estar caindo de luz, ela ainda longe da lua nova, e ela está conjunta com vênus, mas exilada. Todos esses fatores seriam iguais independendo do candidato a vencer, e não indicam quem seria a pessoa a tomar posse, poderia ser Mariana, Amoedo ou os de fato. A lua só ultrapassará vênus e ficará fora de curso de noite, e não se costuma fazer a posse durante a noite.

Outro aspecto importante é o sol conjunto a saturno. É um sinal de dificuldades, depressão econômica, problemas políticos e sociais. Há recepção, mas em eletiva geralmente evitamos contato dos luminares com maléficos, mesmo digno e mesmo com recepção.

O melhor horário seria algo como 12h, que jogaria Marte numa casa cadente. No horário mais provável das 15h, nós teríamos marte entre a 11 e a 10, e ainda afligindo a parte da fortuna, trazendo problemas tanto políticos quanto econômicos. Na faixa das 14h-15h temos o sol representando o país e povo, regente da casa 4, disposto por saturno, o Rei. Outras questões é melhor ver apenas quando tivermos um ascendente conhecido.

Comparação com os candidatos

O fator principal é ver onde o sol, lua, ascendente e parte da fortuna da posse caem no mapa natal dos dois candidatos. Isso ativa configurações natais que trazem pontos positivos e negativos. Também vemos que planetas, benéficos ou maléficos, fazem aspecto aos luminares natais.

No mapa de Haddad acima, vemos que o sol da Posse em 11 Capri faz sextil com Júpiter na 5 do mapa – Ponto positivo: governo favorecido por fatores jupiterianos – acordos, leis, letrados, pensadores, juizes, doutores, compromisso. Mesmo sendo positivo, pode trazer excesso de otimismo.

Júpiter rege as casas 2, 5 e é exaltação da 9, na 5 – educação será um ponto de foco do candidato.

Lua da posse (22 de escorpião) no mapa acima de Haddad faz sextil com mercúrio e quadratura com marte.
– sextil com mercúrio na 3 – ponto positivo – ativa o potencial de boa comunicação de Haddad. Como mercúrio rege a 11, ativa o potencial de acordos políticos. Como rege a 8, mostra a necessidade de negociar acordos internacionais ou dívidas internacionais.

– quadratura com marte na 10 – ponto bem negativo – ativa o potencial de conflito na área de poder de Haddad – muitos ataques e atacantes, dificuldade de estar no poder, inimigos e competição. Marte também rege a casa 1 o que mostra que os ataques são pessoais ou que haddad terá respostas curtas e grossas que causarão problema. Marte regendo a 6 pode mostrar que ele terá doenças (lua rege o corpo)  ou que o governo será desestabilizado por greves e problemas no SUS.

Júpiter também está transitando sobre a Lua de Haddad, dando um bom estímulo em geral. Marte da posse a 0 áries faz um sextil distante ao sol de haddad – a influência deve ser pequena, mas pode dar eventos inesperados.

 

No mapa de Bolsonaro, temos que o sol da posse (11 capricornio) faz um trígono distante com marte na 10 (praticamente fora de orbe, é difícil saber se está ativo):
– ponto positivo para seu poder – mesma configuração que a de Haddad (a diferença é que está oposto a saturno) – nesse caso o conflito em relações de poder funciona a seu favor. Se fosse uma eletiva eu evitaria o contato com um marte exilado na 10 oposto a saturno de qualquer maneira, pois indica altos e baixos, lutas, competição, disputas, polêmica. Mas o trígono implica vitória sobre inimigos.

A lua da posse (em 22 escorpião) está conjunta a saturno natal, trígono a júpiter natal e quadratura vênus natal. Os múltiplos aspectos confundem, mas a conjunção é superior aos outros:

  • Lua sendo a figura pessoal do candidato mostra conservadorismo, rigidez, depressão, isolamento, tristeza, problemas de saúde. Como a lua da posse também significa o povo em geral, pode ser um sinal de quda da popularidade. A imagem pessoal é dura ou fria. Saturno regendo a 7 e 8 na 4 dá foco para sua figura pessoal nos temas de povo, terreno, propriedades e imóveis, contratos, também temas de família, tradição, raízes. A casa 8 dá altos e baixos e também problemas na área de comércio exterior, câmbio e contratos internacionais.

Marte durante a posse estará transitando muito proximamente o sol de bolsonaro – se esse marte estiver transitando a 11 ou a 10 do mapa da posse, isso significa muitas, muitas polêmicas, conflitos e uma guerra aberta pelo poder e com o congresso. Se Marte estiver na 12, o problema será minimizado, e a simbologia afeta mais o humor do candidato, tornando-o agressivo, competitivo, impulsivo ou energético.

Resumo da análise

Lembrando que essa análise é limitada ao candidato, o que o astrólogo diria para ele, e não diz para nós a qualidade real do mandato para o povo. O mapa da posse mostra tendências gerais para o dia

  1. Lua em escorpião é ruim, conjunção com vênus dará apoio ao candidato durante seu governo (vênus representa os apoiadores – hoje em dia seria marketing e mídia provavelmente).
  2. Sol com saturno dá lentidão, burocracia, obstáculos, falta de popularidade, conservadorismo, falta de fé ou energia.
  3. SE fosse possível mudar a data, escolheríamos algo melhor, sem a conjunção com saturno e com a lua fora de escorpião.
  4. As melhores horas para a posse deveriam evitar marte na 11 ou 10, ou ainda marte com a parte da fortuna – marte na 11 e 10 trará problemas graves na estabilidade do mandato, muito mais forte para bolsonaro.

Ativação dos potenciais natais pelo sol – o poder do candidato, a relação com outros poderosos, sua sustentação.
O sol da posse ativa o potencial de Haddad de Júpiter – educação, acordos, estudo, relações internacionais, fertilidade e economia.
O sol da posse ativa o potencial de Bolsonaro de Marte – vitória sobre inimigos, competição, conflito, impulso, velocidade, sucesso com polêmicas.

Ativação dos potenciais natais pela lua – relação com o povo, a imagem do candidato percebida pelo eleitorado, sua saúde, o estado do povo.
A lua da posse ativa o potencial negativo de Haddad sobre sua imagem pessoal, sua saúde e na relação do povo com ele: conflito, polêmica, muitos ataques pessoais, problemas com protestos ou greves ou na área do SUS.
A lua da posse ativa o potencial negativo de Bolsonaro sobre sua imagem pessoal, sua saúde e na relação do povo com ele: depressão, lentidão, obstáculos, burocracia, frieza, problemas de saúde, falta de conexão com o público.
A posição da lua é, portanto, negativa para os dois candidatos.

Posted in astrology, Eventos e política, Mapa natal, planetas, Previsao e Técnicas Tagged with: , , , , , , , ,
7 comments on “Posse presidencial 2019
  1. Juliana says:

    Tenho um fato para agregar. Em 2015 foi votado que os próximos presidentes e governadores tomarão posse nos dias 04( governadores) e 05 ( presidente). Isso mudaria muita coisa, não? Pelo o que eu vi colocaria a lua quase sem luz, combusta,aflita por saturno além do fato de estar em exílio. Como analisaria levando em consideração esse novo dia?
    O link da tal mudança: http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/POLITICA/490039-CAMARA-MUDA-DATA-DA-POSSE-DE-PRESIDENTE-DA-REPUBLICA-E-DE-GOVERNADORES.html

  2. Rodrigo Pereira Herrmann says:

    SERÁ DIA 1 DE JANEIRO, SIM.

  3. Rodrigo Pereira Herrmann says:

    Houve antecipação da posse, dia 01 de janeiro, das 17h para 15h.

    • yuzuru says:

      não sei se é antecipação, o cerimonial varia um pouco, acho que o da dilma tambem foi lá pelas 15h

Leave a Reply

Aprenda mais astrologia

Veja o que perdeu

%d bloggers like this: