Talismã de união separação

O Imaginibus de ibn Qurra é um livro de magia baseado em talismãs astrológicos. Thabit Ibn Qurra era um astrólogo e mágico do 9o século que vivia em Baghdah, mas wikipedia, óbvio, só fala sobre seus trabalhos em matemática e etcs. O Imaginibus fala de vários talismãs que são diferentes dos que estamos acostumados – nada de talismãs de planetas, estrelas fixas ou mansões lunares, Thabit gosta de fazer talismãs basedos em horárias ou mapas natais.

Talismã do Imaginibus para união e separação

O método básico do Imaginibus é o seguinte:

Pegue um mapa natal ou melhor, um mapa horário. Analise se o desejo é possível. Se for, vamos usar os elementos do mapa horário para criar, através da astrologia eletiva, um talismã.

Para exemplificar, este é o mapa horário do momento em que comecei a escrever o artigo, e decidi fazer uma horária sobre separação. Eu sou a casa 1. Meu inimigo hipotético seria o senhor da casa 7, ou seja a Lua. Se fosse fazer uma separação amorosa, eu pegaria a casa 7 da 7, ou seja a 1 (eu mesmo não sou um ator na carta e portanto não tenho importância). Mas achei mais divertido fazer uma de “separar o inimigo do seu chefe”, causando discórdia.

horária da pergunta hipotética para separar um inimigo e seu chefe

A lua está sem maiores dignidades, mas está num signo fixo. Nosso inimigo imaginário está parado em seu posto e não parece sair. Mas está no final do signo, mostrando que logo perderá algo de estabilidade. Ele se separa de um benéfico, mas não há nenhum sinal claro como ir para seu signo de queda, combustão, quadratura com um maléfico, etc. Está fora de curso e quando mudar de signo seu primeiro contato será um trígono com um maléfico.

O “chefe” é marte (áries é o 10o signo a partir da 7) e está no signo de câncer, e muitos leriam que está sob o domínio da lua. Mas note que está na casa 6 por divisão, que é a casa 12 da 7, ou seja, apesar do inimigo ter um certo domínio sobre o chefe, o chefe também causa dano ao inimigo.

Essa é apenas a leitura geral da horária, então o que fazemos?

Eletiva para Talismã 1

Primeiro pegamos fixo no ASC o signo da pessoa para o qual é feito o talismã, no caso, Câncer. Ou eu espero que marte saia de câncer (para que a lua não tenha mais influência sobre marte) ou pego este maléfico em queda e coloco ele na casa 12, danificando o inimigo. Note que a lua continua regendo o inimigo e Marte regendo seu chefe.

Queremos agora escolher um dia em que a lua (inimigo) esteja tão ruim quanto possível e em nenhuma relação de amizade com marte, uma quadratura ou oposição contra marte por exemplo. No caso eu escolhi a carta abaixo, onde lua e marte não se aspectam nem por signo inteiro, e a lua está muito ruim por estar combusta pelo Sol (marte pelos próximos 15 dias, de um jeito ou outro, vai estar oposto a saturno).

eletiva para talismã1, usando como ASC o signo que estava na casa 7 original

O Imaginibus não fala sobre rituais, apenas fala para criar uma imagem da pessoa (como um boneco vodu? Uma foto do ex?), escrever o nome (e pedido?) na imagem. Na verdade Thabit diz que “qualquer material mais conveniente vai bastar, e que a força do trabalho vem da precisão do ascendente e dos planetas e aspectos e condições do mapa”.

E isso nos leva à segunda parte, o segundo talismã.

Eletiva segundo talismã

O segundo talismã deve ter o ASC no que era a casa do chefe do mapa original (casa 4 em áries), ou seja, temos que colocar o ASC 2 em áries.
Neste segundo mapa, o importante é garantir o aspecto bom ou mau dos dois regentes (lua e marte).

talismã 2 usa como ASC a casa do chefe na pergunta original.

Neste mapa acima, o ASC tem que estar obrigatoriamente na casa do chefe do mapa original, ou seja, áries, e lua e marte devem estar em mau aspecto porque queremos separar os dois.
Novamente, Thabit não fala sobre detalhes, mas temos que criar o segundo talismã, na imagem do Chefe. Os talismãs devem ser juntados. Talismãs de amor geralmente são face com face, então imagino que talismãs de ódio seriam fundo com fundo.

Posso usar essa eletiva para meus inimigos?


Se você prestou um pouco de atenção, é óbvio que a resposta é não. A horária fictícia foi feita para um inimigo fictício, mas mesmo que eu decidisse usar contra alguém, esse seria o “meu” alguém. Se você fizer uma horária pra você, provavelmente não terá o mesmo grau nem as mesmas condições, seu inimigo provavelmente não seria representado pela lua, por exemplo.

Nota: lembro aqui do comentário de Christopher Warnock que diz que muita gente é atraída por magia negra porque no fundo não acredita que funciona: como o adolescente satanista, acha tudo muito chique, mas só faz porque na prática não acha que essas forças são reais. Não use a lâmpada se não sabe colocar o gênio de volta.

Nota 2: Se você achou o esquema difícil, ele foi EXTREMAMENTE fácil pelo fato da lua ser um dos significadores. Quando os dois significadores são lentos, haja paciência para encontrar aspectos.

Posted in astrology

Leave a Reply

Aprenda mais astrologia

Veja o que perdeu

%d bloggers like this: