Trânsitos de 2020

Vamos ver os trânsitos e aspectos mais importantes de 2020. Atenção, isso não é horóscopo – você não pode fazer qualquer previsão séria baseada em signo solar, para indivíduos se precisa do mapa natal.

Do ponto de vista eletivo – quando o planeta estiver aflito nós tentamos evitar fazer coisas referentes a ele, por exemplo evitar casamento com vênus retrógrada.

Do ponto de vista mundano – não são previsões reais, mas se espera que as notícias do período tenham ressonância com o estado dos planetas no céu. O único lugar onde vemos estas correlações em seu modo “puro” é em astrologia mágica – todo o resto temos que adaptar.

Do ponto de vista natal – os eventos no céu podem ser vistos como trânsitos ao mapa natal, mas essa é uma técnica muito básica de previsão. Para funcionar, você tem que usar os seguintes passos:
-Escreva seus planos para o período – perder peso, guardar dinheiro, processar o exmarido, ter filhos?
-Anote coisas que sabe que vão acontecer – abertura de concursos, semana de provas, viagem marcada, data esperada do parto, etc.
-agora sim veja o trânsito do período e tente pensar como um ressoa com o outro.

Júpiter em Capricórnio

Muitas pessoas já escreveram sobre o grande benéfico saindo de seu domicílio em Sagitário para sua queda em Capricórnio. O melhor comentário que lembro foi “bem, Júpiter estava em Sagitário 2019 todo e não foi lá grande coisa”. Lembre-se disso porque a posição por dignidade raramente é significante.

Júpiter como princípio primaveril de harmonia, novas oportunidades, fartura, está em exaltação no veranil e fértil câncer, e em queda no árido, invernal e montanhoso capricórnio. Você não gasta suas reservas no inverno, é o ponto onde você mais as economiza. Júpiter e Saturno em signos secos diminui chuvas (em geral) mas aumenta os extremos do tempo, tanto no inverno quanto no verão. Isso é piorado toda vez que o sol ou marte entrarem também em signos secos.

Para a bolsa de valores é uma simbologia de preferência pela liquidez e sentimento de curto prazo, aumentando volatilidade e diminuindo investimento do capital. Mas de acordo com Barbault, o trígono Júpiter-Urano é associado com crescimento econômico e novas descobertas científicas que abrem horizontes de investimento. Como Júpiter e Saturno estão quase unindo, isso também coincide com o trígono Saturno-Urano (se separando) com a direita e extrema direita perdendo espaço pelo mundo.

Júpiter vai para Aquário em 21 dezembro. Saturno vai de 26 março a 6 julho, quando volta para capricórnio até 17 dezembro.

Retrógrados Marte e Vênus

Marte é o princípio da ação, do conflito, da tempestade, do calor do verão. Ele fica retrógrado a cada 2 anos, por um período de quase 6 meses de desacelerar e pegar velocidade de novo. Já vênus é um princípio de reconciliação, harmonia, outono, sensualidade, tem retrogradação a casa 19 meses por cinco semanas. Em 2020 os dois ciclos coincidem de novo.

Em 2020 marte passará pelos signos de Sagitário a Áries. Seu movimento natural é de 1 mês e meio por signo, mas este ano teremos outro marte retrógrado: Marte desacelera e em 10 setembro fica retrógrado em 28 áries; em seguida volta até 15 áries, onde volta ao movimento normal em 13 novembro. Daí ele só consegue sair de áries já em 2021.

O último marte retrógrado atacou o Brasil durante o impeachment de Dilma, onde marte e saturno dançaram pelo céu em Sagitário, onde se viu de tudo um pouco. Outro que levou a carga foi o Reino Unido, que culminou com a votação do famigerado Brexit. Já este marte retrógrado vai ser em Áries, e dessa vez a dança com saturno será por quadratura. Dessa vez marte está muito mais favorecido, em seu signo e em quadratura sem recepção a Saturno. A aposta que temos é que durante setembro ao final do ano há um gosto mais de anti-establishment.

Vênus fica retrógrada de 13 de maio (21 gêmeos) a 24 Junho (5 gêmeos). Vênus tem um ciclo quase perfeito de 8 anos – veja o que aconteceu em Maio 2012 e Maio 2004, porque a retrogradação ativou quase os mesmos pontos e planetas natais. Casamentos são desaconselhados durante este período.

Mercúrio, o mensageiro, tem 3 períodos de retrogradação todos os anos por 3 semanas. Geralmente apenas se desaconselha a fazer coisas como reformatar seu computador – 17 de fevereiro a 10 Março; 17 de Junho a 11 julho; 13 outubro a 4 novembro.

Quadraturas e oposições

Com júpiter e saturno se aproximando, um aspecto para um é seguido pelo aspecto a outro. Aqui apenas os que acho mais relevantes.

  • 14 abril – sol quadratura júpiter
  • 21 abril – sol quadratura saturno
  • 14 julho – sol oposição júpiter
  • 20 julho – sol oposição saturno
  • 3 agosto – marte quadratura júpiter
  • 23 agosto – marte quadratura saturno
  • 11 outubro – sol quadratura júpiter
  • 17 outubro – marte quadratura júpiter
  • 18 outubro – sol quadratura saturno

Eclipses

Há dois eclipses solares, o primeiro em 21 Junho e outro em 14 dezembro. O primeiro vai percorrer mais ou menos o mesmo caminho que o eclipse de 26 dezembro pela Ásia.

Dessa vez pega boas partes da África, o Oriente Médio, novamente pega a India, china e Sudeste Asiático. No momento a Austrália está em chamas e a India tem fortes protestos pela nova lei racista do governo Hindu. Veremos como esses temas vão reaparecer em Junho.

Já o eclipse de Dezembro pega mais perto de casa, atacando toda a América Latina, reforçando o que já vimos desde o último eclipse latinoamericano – lembramos que desde essa época Chile entrou em tumulto, o governo argentino de direita foi substituído, o governo de esquerda do Peru caiu, e houve protestos limitados em outros países, como Colômbia (mas não no Brasil). Não espero repetição da história de protestos, acredito que é mais os ovos escolhidos começam a chocar.

Leave a Reply