Tentando novamente fazer vídeos com respostas. O áudio parece péssimo, comprei novo microfone com usb, mas nao parece ter ajudado nada. Por favor diga se conseguiu ouvir bem.

6-retrogrado

Comments

  1. Escutei o audio bem, mas estava com fones de ouvido.

    Sobre os motivos da histeria, acredito que o fato do planeta ficar 3 vezes por ano retrógrado, certamente seja um empurrãozinho neste sentido (o fato de ficar combusto 6 ou 7 vezes ao ano, curiosamente, pouco assombra aos curiosos), e talvez por que hoje em dia, muitos de seus atributos já padeçam de mal crônico (comunicação, raciocínio, comércio, conversas).

  2. oi, Yuzuru.
    Robert Hand disse numa palestra que os gregos tinham um tipo de Vênus Guerreira. Isso teria a ver com Vênus retrógrado?

    1. Oi, Aldis
      Note que RH nao diz que os “gregos”. na verdade ele nao dá absolutamente referencia ou contexto para o que está falando, citando um pouco de Ishtar, um pouco de Incas ou o que couber.
      Eu entendo que ele queria dizer com sua historia das “duas venus” sobre a venus oriental vs ocidental

      Vale a pena prestar atencao nisso? Nao, devido a falta total e absoluta de fontes. RH é, no coracao, astrólogo moderno e está fazendo “análise mitológica”, muito comum nos dias de hoje, mas que nao tem relacao com a astrologia

  3. É bom saber disso, Yuzuru.
    Eu pensei que essa história de Vênus guerreira explicaria o lado guerreiro do Islamismo, que deve ser considerado. Mas parece que o conceito de jyhad do Alcorão significa “empenho” ou “esforço” e não propriamente “guerra santa”. Apesar do símbolo do Islamismo ser uma lua crescente e eles usarem um calendário lunar, o dia sagrado é a sexta-feira, a cor sagrada é o verde, etc, que são ligados a Vênus. Seria o Islamismo ligado tanto a Vênus quanto à Lua?

    1. De acordo com a wikipedia o símbolo do crescente e da estrela com crescente (um raro evento astronomico) já estava consolidado entre os turcos, otomanos e persas bem antes do islamismo, que apenas herdou o simbolo, contrário aos desejos do islamismo original, contrário ao uso de um símbolo geometrico para representar a religiao.

      De acordo com Abu Mashar, a religiao é dominada por venus. Mas note que Abu Mashar nao se baseou em fatores externos (calendarios, dias, simbolos) que sao acidentais, ou seja, eles deixam escapar uma verdade essencial, mas cada um deles é imperfeito: Mashar baseou/se mesmo foi nos seus grandes ciclos, ou seja, uma abordagem top down> a Grande Conjuncao na qual havia uma mudanca de triplicidade, e que antecedia o surgimento da religiao, foi feita durante o dawr de venus, com essa proeminente por profeccao.

      1. E a questao do islamismo ser “guerreiro” para mim é questao de ideologia. Circunstancias politicas e sociais nao devem ser confundidas com questoes religiosas, ou entao o cristianismo seria uma religiao torturadora por causa da Inquisicao

  4. Yuzuru, embora eu concorde que a histeria sobre mercúrio retrógrado é exagerada, eu pondero que isso não se deva apenas à ignorância geral ou aos maus astrólogos, mas à qualidade dos assuntos de domínio do planeta.
    Mercúrio governa meios muito básicos de organização social, de que todos dependemos muito. No limite, todos os planetas são assim. A diferença, a meu ver, é que os problemas de mercúrio retrógrado são mais evitáveis do que aqueles trazidos por outros planetas sujeitos a retrogradação, e acho que é por isso que os astrólogos insistem tanto no assunto. Digamos que para tomar uma decisão x e, para isso, devo analisar o conjunto de informações y. Se eu sei que mercúrio está retrógrado, essa é mais uma informação que eu acrescento para pesar a minha decisão, o poder do arbítrio fica revelado de uma maneira mais consciente. Isso é mais executável e mais tangível que Júpiter ou Saturno retrógrados, como vc exemplificou.
    Entendo bem o que vc critica, mas é bom advogar o diabo às vezes e tentar entender a validade dessa aparente histeria…

    1. Não, as pessoas têm uma mania de usar regra de aritmética (menos com menos), mas astrologia não funciona assim.
      Primeiro vamos ser precisos, é melhor a expressão “cruel” da astrologia védica – marte e saturno são cruéis porque representam coisas “cruéis, difíceis, ásperas da vida” – se júpiter é o sabor doce, marte é apimentado e saturno é azedo.

      Mas a diferença entre o veneno e o remédio é a dose.

      Um planeta retrógrado enfraquece seu significado essencial (exemplo – marte coragem, inimigos, etc) mas principalmente enfraquece as casas que rege. Isso é independente de ser um planeta gentil ou cruel

      Exemplo marte regendo as casas 2 e 7, ele enfraquece os temas de dinheiro e de relacionamentos, e também, marginalmente, coisas como irmãos e outros temas de marte.

Deixe uma resposta